Judiciário

Terça-Feira, 01 de Dezembro de 2020, 15h:02 | Atualizado: 03/12/2020, 08h:58

FRAUDE NO PLANO

Ex-presidente do MT Saúde é condenado por desviar R$ 3,3 mi do convênio público

O ex-presidente do Mato Grosso Saúde (MT Saúde) Yuri Alexey Vieira Bastos Jorge foi condenado por desvio de R$ 3,3 milhões do plano de saúde dos servidores públicos do Estado. Além de devolver o dinheiro, ele recebeu pena de três anos e quatro meses de prisão, que serão cumpridos inicialmente em regime aberto. Pode recorrer da sentença em liberdade.

Rdnews

 yuri bastos

O ex-presidente do MT Saúde Yuri Alexey Bastos Jorge foi condenado por desvios no plano

A decisão foi dada pelo juiz Jorge Luiz Tadeu Rodrigues, da 7ª Vara Criminal de Cuiabá. O magistrado condenou o ex-presidente do plano por desvio em um contrato entre o MT Saúde e a Connectmed – CRC Consultoria, Administração e Tecnologia em Saúde Ltda para implantação e administração do plano.

O contador Hilton Paes de Barros também foi condenado a três anos e quatro meses de prisão, em regime aberto. Ele e Yuri Bastos Jorge deverão devolver os R$ 3,3 milhões desviados dos cofres públicos de maneira conjunta, com correção monetária. O magistrado substituiu as penas de prisão por penas restritivas de direito, que terão condições fixadas pelo Núcleo de Execuções Penais do Tribunal de Justiça. O empresário William I Wei Tsui, dono da empresa, foi absolvido.

De acordo com a denúncia do Ministério Público Estadual (MPE), a Connectmed foi a segunda colocada em uma licitação para administrar o plano de saúde dos servidores. O Serviço Social da Indústria (Sesi) foi o primeiro colocado no processo e firmou contrato que durou entre fevereiro de 2004 e outubro de 2005.

Depois de atrasos nos pagamentos, o Sesi acabou rescindindo o contrato, que passou para responsabilidade da Connectmed no mesmo dia por determinação do ex-presidente do MT Saúde. Em janeiro de 2006, Yuri Bastos Jorge assinou aditivo ao contrato sem justificativa, segundo o MPE. A Connectmed teria, em seguida, firmado outro acordo com uma segunda empresa para repassar recursos “de volta” ao ex-presidente do plano.

 

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • pedro | Quarta-Feira, 02 de Dezembro de 2020, 17h14
    3
    0

    lembra blairo maggi pagot, eder moraes, todos fizeram os cuiabanos na epoca de bobo cheira cheira

  • Abroncio | Quarta-Feira, 02 de Dezembro de 2020, 16h00
    1
    0

    Esse é o perfil de candidato que todas as mulheres gostam: bonito, educado, fala mansa, pois foi bem votado, são lobos em pele de cordeiro, outro bem votado: João Emanuel que foi vereador por Cuiabá, Éder Moraes não se candidatou.

  • Paulo Goncalves | Quarta-Feira, 02 de Dezembro de 2020, 15h51
    0
    0

    Paulo Goncalves, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Orlandir Cavalcante | Terça-Feira, 01 de Dezembro de 2020, 17h38
    8
    0

    Justiça tarda mas não falha a exatos 10 anos ele veio em minha cidade com o engodo do MTSaude ... num programa da TV Descalvados em Caceres, comandado pelo Jornalista Ildefonso Rosa questionei ele sobre a lisura desse tal MT Saude pois na época o SINTEP/MT tinha um estudo que previa que esse roubo dos servidores chamado MT Saude teria como se sustentar por no maximo dez anos... ele rio, desdenhou de meu questionamento ...kkkk toma cego kkkkkk

  • marta | Terça-Feira, 01 de Dezembro de 2020, 17h17
    10
    0

    turminha que causou o deficit na previdencia do estado, cade o governador mauro pra investiga-los? fica ai garganteando querendo ser o ultimo biscoito do pacote.

  • marcos | Terça-Feira, 01 de Dezembro de 2020, 17h06
    8
    1

    o antigo ipemat(ate governo dante de oliveira) , que virou mtprev e mt saude,(a partir do governo blairo maggi) era certinho, ate no governo dante de oliveira, entrou o governo blairo maggi, começou o deficit na previdencia e outros problemas, sera por que? o extinto ipemat de tão bom que era e funcionava seu setor de previdencia bem e saude tbém muito bem, resolveram extingui-lo. ai virou a anarquia dos entendido. não sei o que os deputados na epoca estavam fazendo, alias deviam estar fazendo vistas grossas, e ai esta o deficit milionario e quem esta pagando são os servidores publico ativos inativos e pensionistas...

  • José Carlos de farias | Terça-Feira, 01 de Dezembro de 2020, 16h41
    15
    0

    Ja tinha que ta cadeia a muito tempo.

  • Hélio Cervantes | Terça-Feira, 01 de Dezembro de 2020, 16h23
    15
    0

    Esse nó cego está soltinho da silva, por que?

  • Geraldo | Terça-Feira, 01 de Dezembro de 2020, 15h48
    15
    0

    Antes tarde do que nunca

Extremista vai ter que se explicar na PF

Marcelo Stachin 400   O barulhento militante de extrema-direita Marcelo Stachin (foto) tem perdido o palco desde que teve um pífio desempenho nas urnas e acabou com apenas 0,8% dos votos para prefeito de Sinop. Em sua busca incessante por aparecer, o bolsonarista, que é investigado pelo STF por espalhar fake news, decidiu ironizar e...

Prefeitos, MPE e afastamento do cargo

jose antonio borges 400 Prefeitos de MT que descumprirem as diretrizes do decreto estadual que impôs o toque de recolher em todo o território podem até mesmo ser afastados do cargo. O alerta é do procurador-geral de Justiça, José Antônio Borges Pereira (foto), e reforçada pelo procurador Domingos...

Prefeito se rebela e é enquadrado

vander masson 400 curtinha O prefeito de Tangará da Serra Vander Masson (foto), do PSDB, bem que quis ser rebelde, mas acabou enquadrado pelo MPE. Vander fez um decreto mais ameno que o do governo do Estado, impondo toque de recolher a partir das 23h, mas teve de recuar após ser notificado pelo MPE. Nas redes sociais, para evitar desgaste com...

AL realiza lockdown de faz de contas

Funcionários da AL se mostram revoltados com o lockdown de “faz de contas” promovido por deputados. Isso porque, apesar de estar com as portas fechadas, funcionários estariam sendo obrigados a ir trabalhar e entrando por outras portas. Atendem parlamentares que preferem trabalhar presencialmente. Pelo menos 36 funcionários estariam infectados e os servidores temem que mais pessoas sejam contaminadas pelo coronavírus. O pânico ficou ainda maior...

EP na batalha por vacinas e insumos

emanuel pinheiro 400 O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (foto) entrega nesta segunda (8) PL para a aquisição de vacinas para combate à Covid-19, medicamentos, insumos e equipamentos. O documento foi elaborado pela Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) e será votado na Câmara. Esse é mais um movimento...

Fúrio volta à carga contra secretário

celio furio 400 curtinha Depois de se enganar ao abrir investigação contra o secretário de Saúde Gilberto Figueiredo e ter de pedir desculpas, o promotor Célio Fúrio (foto) voltou à carga. Fúrio entrou na Justiça para que Gilberto seja condenado à perda da função...