Judiciário

Terça-Feira, 26 de Janeiro de 2021, 10h:50 | Atualizado: 26/01/2021, 10h:54

FLAGRANTE DE PROPINA

Defesa de ex-Casa Civil pede retirada de tornozeleira e critica demora em inquérito

A defesa do ex-secretário-adjunto da Casa Civil Wanderson de Jesus Nogueira pediu que seja retirado o monitoramento feito por tornozeleira eletrônica e quer a devolução do aparelho de celular apreendido com ele pelo Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco). Wanderson chegou a ser preso em flagrante pelos agentes, em 24 de setembro do ano passado, mas foi solto com pagamento de fiança.

Reprodução

Wanderson Nogueira, adjunto da Casa Civil

Wanderson de Jesus Nogueira foi exonerado da Casa Civil no dia seguinte à sua prisão

A defesa, feita pelo advogado Francisco Faiad, argumenta que há demora na apresentação de acusação formal contra o ex-adjunto e que ele sofre prejuízos com o uso da tornozeleira e também com a falta do aparelho celular. Os pedidos foram feitos à 7ª Vara Criminal de Cuiabá, onde o caso tramita sob responsabilidade do juiz Jorge Luiz Tadeu Rodrigues.

A operação do Gaeco apreendeu R$ 20 mil em espécie dentro de uma mochila com Wanderson que seriam de propina supostamente paga pelo empresário Thiago Ronchi Adrien Eugênio, dono da TMF Construções e Serviços Eireli. A empresa tinha contratos para reforma de partes do Palácio Paiaguás, incluindo a Governadoria, e recebeu R$ 3,2 milhões em pagamentos durante 2020.

O Gaeco recebeu uma denúncia anônima e fez campana para tentar flagrar o então adjunto. Na noite de 24 de setembro, os agentes acompanharam Wanderson da saída da Casa Civil até um prédio na avenida do CPA, onde o abordaram e encontraram o dinheiro e documentos. No dia seguinte, Wanderson foi demitido do cargo comissionado na Casa Civil, onde exercia posição de confiança do secretário Mauro Carvalho, com quem trabalhou por mais de 20 anos.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

EP na batalha por vacinas e insumos

emanuel pinheiro 400 O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (foto) entrega nesta segunda (8) PL para a aquisição de vacinas para combate à Covid-19, medicamentos, insumos e equipamentos. O documento foi elaborado pela Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) e será votado na Câmara. Esse é mais um movimento...

Fúrio volta à carga contra secretário

celio furio 400 curtinha Depois de se enganar ao abrir investigação contra o secretário de Saúde Gilberto Figueiredo e ter de pedir desculpas, o promotor Célio Fúrio (foto) voltou à carga. Fúrio entrou na Justiça para que Gilberto seja condenado à perda da função...

TJ e posse em cartórios após 7 anos

maria helena _ curtinha O Tribunal de Justiça, sob Maria Helena (foto), marcou para 31 de março a posse coletiva dos aprovados no concurso para os cartórios extrajudiciais de Mato Grosso. O certame vem se arrastando desde 2013 e foi interrompido diversas vezes por causa de recursos judiciais de concorrentes inconformados com os...

Setores vivem tensão e são castigados

Gilberto Figueiredo Artigo O governo acerta ao estender o horários de funcionamento dos supermercados. Afinal, desde que o decreto entrou em vigor, as filas se multiplicaram pela Capital, aumentando o risco de transmissão do novo coronavírus. Há a expectativa de que novas medidas possam ser tomadas diante do evidente colapso da...

Limpeza e obras no entorno da Arena 

Beto 2x1 400 curtinha   Apesar da Arena Pantanal ser um cartão postal do Estado, o entorno do estádio vive situação crítica com lixo nas ruas, episódios de esgoto à céu aberto e matagal. O secretário estadual de Esporte e Cultura, Beto 2 a 1 (foto), em visita ao Rdnews, assegura que os...

VI de R$ 18 mil garantida na Câmara

juca 400 curtinha A verba indenizatória de R$ 18 mil para os vereadores da Câmara de Cuiabá está garantida, pelo menos por enquanto. Depois de diversas ações judiciais, derrubando a alta indenização por gastos do mandato, os vereadores implantaram o benefício novamente em dezembro. O...