Judiciário

Sexta-Feira, 08 de Novembro de 2019, 10h:11 | Atualizado: 08/11/2019, 17h:26

GRAMPOLÂNDIA

Defesa de Zaqueu cita pena exagerada e vai pedir a revisão de perda da patente

O advogado Francisco Monteiro da Rocha, responsável pela defesa do coronel Zaqueu Barbosa, avalia que a pena de oito anos de prisão e perda da patente aplicada ao militar foi “exacerbada”. A defesa pretende recorrer às instâncias superiores para reverter a sentença, que fica suspensa até o trânsito em julgado.

Rodinei Crescêncio

Advogado Francisco de Assis Monteiro

Advogado Francisco de Assis Monteiro adianta que prepara recurso para reduzir punições

Zaqueu foi condenado pelos crimes de operação militar sem ordem superior, falsidade ideológica e falsidade material em meio às interceptações telefônicas ilegais – este último crime não foi analisado no processo. O julgamento foi finalizado na noite de quinta (7) e o coronel foi punido por liderar a operação dos grampos.

Eventual perda da patente ainda passa por ação da Procuradoria-Geral de Justiça (PGJ) no Tribunal de Justiça. “A decisão foi bastante sucinta e se centrou basicamente em não acolher as falsidades como uma parte da interceptação ilegal. Julgou cada crime de forma independente e aí, dessa forma, acabou dando uma pena absolutamente incompatível com aquilo que foi feito, com o que foi confessado. A nossa luta, e deixamos isso bem claro, é no sentido de ter uma pena compatível, proporcional, razoável, com aquilo que ele confessou. O que a defesa entende é que a pena foi exacerbada por esse fato”, avaliou.

O cabo Gerson Correa Junior, considerado o principal operador do esquema, obteve perdão judicial. Os coronéis Evandro Alexandre Lesco e Ronelson Jorge de Barros, além do tenente-coronel Januário Edwiges Batista, foram absolvidos no processo.

Os antecedentes do coronel Zaqueu, o militar de mais alta patente no Estado e um dos mais condecorados, foram levados em consideração no voto de Faleiros. A colaboração também: com relação ao crime de falsidade ideológica, praticada por sete vezes, a condenação foi reduzida de sete anos para dois anos e quatro meses de prisão.

“Evidentemente não era o que a gente esperava. Vamos interpor um recurso de apelação no Tribunal de Justiça, no qual vamos sustentar os mesmos pontos, que a gente entende que deveria ter sido a decisão proferida. A Justiça militar entendeu de outra forma, não acolheu nossos recursos e vamos recorrer”, disse Monteiro.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Marlon | Sábado, 09 de Novembro de 2019, 16h52
    0
    0

    Senhor advogado. Encontre afronta a algum dispositivo da Constituição Federal e recorra ao STF. Até o Ministros julgarem o recurso, o seu cliente já nao estará mais entre nós. Vai demorar uns 50 anos.

Matéria(s) relacionada(s):

"Choque" de agenda de EP e de MM

mauro mendes 400 curtinha   Prefeitos e primeiras-damas estão sendo convidados para dois eventos programados para o mesmo dia e horário, em Cuiabá. Um partiu do prefeito Emanuel Pinheiro, que entrega 100% do Hospital Municipal de Cuiabá em 18 de novembro, às 20h, e espalhou convites para tanto gestores municipais,...

Mutirão já negociou quase R$ 40 mi

O Mutirão Fiscal Fecha Acordo do Governo de Mato Grosso, em parceria com o Judiciário, já negociou, na primeira semana, R$ 22.430 contratos, somando brutos R$ 37,7 milhões. E, com os descontos, ficaram em R$ 20,8 milhões, sendo R$ 12 milhões à vista. As negociações são feitas por meio da PGE e da Sefaz. O mutirão começou em 1º de novembro e segue até o próximo dia 29. Funciona no segundo...

Parceiros pra eventos de final de ano

emanuel pinheiro marcia 400 curtinha   Esta semana o prefeito da Capital Emanuel Pinheiro e a primeira-dama Márcia, que faz trabalho social voluntário, iniciam a maratona de reuniões com empresários em busca de apoio e parcerias para realização de festas natalinas e do réveillon. A ideia é,...

Fora da disputa e elogios à prefeita

toninho domingos 400 curtinha   Irmão do ex-prefeito Murilo Domingos (já falecido), o empresário Toninho Domingos (foto), que foi vice-prefeito por duas vezes, das gestões Nereu Botelho (94/98) e Jayme Campos (2001/2004), disse neste domingo que não está animado para concorrer à sucessão em...

Troca da Secretaria-Geral por gabinete

jairo rocha 400 curtinha   Jairo Rocha (foto), que teve atuação marcante em Cuiabá nos 22 anos de militância no PT e hoje filiado ao PSB, pediu exoneração do cobiçado cargo de secretário-geral da Câmara de Cuiabá para voltar a atuar como chefe de Gabinete do vereador Marcelo...

Relator, o silêncio e Abílio na forca

marcrean santos 400   O vereador Marcrean Santos (foto), relator na Comissão de Ética da Câmara de Cuiabá da representação contra o colega Abílio Brunini (PV), optou pelo silêncio. Evita revelar até o cronograma de atuação dos trabalhos. Sabe o tamanho da responsabilidade...