Judiciário

Terça-Feira, 22 de Outubro de 2019, 11h:55 | Atualizado: 22/10/2019, 18h:41

QUADRO NEGRO

Delações de Silval, Nadaf e de empresária deram corpo a investigações contra Piran

Pedro Nadaf e Silval Barbosa

Pedro Nadaf e Silval Barbosa deram detalhes sobre esquema envolvendo os contratos

As delações premiadas do ex-governador Silval Barbosa, do ex-secretário da Casa Civil Pedro Nadaf e da empresária Marilena Aparecida Ribeiro, dona da Construmóveis, ajudaram a “dar corpo” às investigações da Operação Quadro Negro, deflagrada nesta terça (22).

Eles indicaram que os R$ 10 milhões desviados em dois contratos do antigo Centro de Processamento de Dados do Estado de Mato Grosso (Cepromat) seriam destinados ao empresário Valdir Piran.

Os contratos tinham como objetivo o fornecimento de softwares educacionais para a secretaria de Estado de Educação (Seduc) e não foram cumpridos.

Foram presos hoje Piran, o ex-presidente do Cepromat Wilson Teixeira, o Dentinho, o ex-diretor de gestão de tecnologia da informação do órgão Djlma Souza Soares, o ex-adjunto da Seduc Francisvaldo Pereira de Assunção, o servidor Edevamilton de Lima Oliveira e o representante da Avançar Tecnologia em Software, Weydson Soares Fonteles. Houve apreensão de bens móveis e imóveis para garantir a devolução dos recursos.

A operação foi feita por meio de força-tarefa entre a Delegacia Fazendária (Defaz), o Comitê Interinstitucional de Recuperação de Ativos (CIRA) e da recém-criada Delegacia de Combate à Corrupção (Deccor).

O caso começou a ser apurado em uma auditoria da Controladoria Geral do Estado (CGE), em 2015. Na decisão que decretou as prisões, a juíza Ana Cristina Silva Mendes, da 7ª Vara Criminal de Cuiabá, destacou que Silval, Nadaf e Marilena prestaram depoimentos à Polícia Judiciária Civil e contribuíram com as investigações.

A magistrada cita que eles foram “uníssonos ao indicar que os Contratos nº 13/2014 e 40/2014 foram deliberadamente manipulados com a finalidade precípua de desviar recurso públicos, para saldar dívida contraída pelo ex-governador Silval Barbosa com o empresário Valdir Piran”.

Os depoimentos foram prestados em junho deste ano e serviram para revelar o acordo feito para viabilizar o desvio de dinheiro público com serviços de “efetividade zero” ou não prestados, já identificado incialmente pela CGE. De acordo com Silval, Weydson teria recebido os valores e deveria, então, repassar a Piran o dinheiro supostamente desviado dos contratos. 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Stopa vira trunfo do prefeito Emanuel

jos� roberto stopa 400   Filiado histórico do PV, José Roberto Stopa (foto) se tornou espécie de trunfo do prefeito Emanuel Pinheiro. Se o emedebista resolver buscar a reeleição, o que seria o caminho natural, Stopa pode entrar na chapa como candidato a vice ou simplesmente ficar de fora do...

Sem chance para ser desembargador

pio da silva curtinha 400   Pio da Silva (foto) é um advogado que não desiste nunca. Age no meio jurídico como aquele candidato insistente que faz questão de concorrer a cargo eletivo em toda eleição, mesmo sabendo da chance mínima de êxito nas urnas. Pio já se tornou um "eterno"...

Delação de Riva tira apoios à Janaina

max russi 400 curtinha   A delação de José Riva, que deve complicar a vida de vários ex-deputados e alguns dos atuais, dificultou a entrada da filha, deputada Janaina Riva, como primeira-secretária da futura Mesa, que será eleita na próxima semana, com Botelho na presidência pela terceira vez....

Wallace, calendário eleitoral e disputa

wallace 400 curtinha   Cassado em maio de 2015 por gastos ilícitos na campanha, após dois anos e quatro meses de mandato, o ex-prefeito de Várzea Grande, Wallace Guimarães (foto), do PV, está torcendo pelo adiamento da data das eleições. Com ganho de mais tempo, ele acredita que consiga obter ...

Rossato desiste; Lafin livre à reeleição

ari lafin curtinha 400 sorriso   Depois de ensaiar e travar discussões com seu grupo político, o empresário e ex-prefeito de Sorriso, a cidade conhecida como capital nacional do agronegócio, Dilceu Rossato decidiu não disputar a sucessão municipal neste ano. Com isso, o caminho fica mais livre para o...

Fazendo politicagem sobre Covid-19

rubia fernanda 400 curtinha   A tenente-coronel Rúbia Fernanda, pré-candidata ao Senado pelo Patriota, não só ignora medidas protetivas em relação à Covid-19, como isolamento social, mantendo agenda de visitas e reuniões, como passou a fazer politicagem com coisa séria. Numa...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.