Judiciário

Sexta-Feira, 08 de Fevereiro de 2019, 17h:58 | Atualizado: 11/02/2019, 14h:29

Desembargador cogita aplicar multa em quem divulgar dados bancários de Selma

Gilberto Leite

padro sakamoto_gilberto leite (2).jpg

Desembargador Pedro Sakamoto durante sessão do TRE-MT; ele é relator do caso de Selma

O desembargador Pedro Sakamoto, do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), determinou o sigilo dos dados bancários da senadora Selma Arruda (PSL) e afirmou que aplicará multa, caso vazem informações sobre as contas da parlamentar. A determinação de Sakamoto foi proferida nesta sexta (8).

A decisão de Sakamoto tem como base o vazamento da informação de que o Ministério Público Eleitoral encontrou um cheque de R$ 120 mil que teria sido omitido pela magistrada. O valor teria sido repassado pelo suplente dela, Gilberto Eglair Possamai, à KGM Institucional Ltda., empresa do jornalista Kleber Lima, responsável por assessorar a parlamentar na disputa eleitoral.

O cheque supostamente omitido, assim como outras movimentações financeiras da magistrada, serão usados pela Justiça Eleitoral para analisar as contas da parlamentar em uma ação de investigação judicial eleitoral, na qual ela é acusada de suposto caixa 2. A principal suspeita é de que a senadora tenha pagado por serviços de campanha em período anterior ao permitido. A juíza aposentada nega tal irregularidade.

Após a divulgação do cheque supostamente não declarado pela parlamentar, o Ministério Público Eleitoral pediu que o TRE-MT reforçasse que os dados bancários da senadora são sigilosos. “Com efeito, o fato desses dados tramitarem em segredo de justiça, impõe a todos que nele oficiam o dever de zelar pelo sigilo dessas informações contidas no seu bojo”, frisou Sakamoto.

Desta forma, para garantir o cumprimento do decreto de sigilo bancário, Sakamoto advertiu as partes envolvidas na ação, como procuradores ou todos aqueles que de alguma forma estejam envolvidos no processo, para que não divulguem informações das movimentações bancárias da ex-juíza.

“A prática revela, seguramente, ato atentatório à dignidade da justiça e sujeita o responsável à pena de multa a ser aplicada por este Juízo, sem prejuízo das sanções criminais e processuais aplicáveis à espécie, conforme norma estabelecida no art. 77, § 1º, V, do Código de Processo Civil”, asseverou.

Na mesma decisão, o magistrado concedeu prazo de dois dias para que as partes e o MPE apresentem as alegações finais, para que o processo possa ser julgado.

A ação contra Selma pelo suposto caixa 2 é movida pelos ex-adversários dela na disputa ao Senado Federal, Sebastião Carlos (Rede) e Carlos Fávaro (PSD).

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Indignado | Sábado, 09 de Fevereiro de 2019, 12h15
    0
    0

    Indignado, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

Matéria(s) relacionada(s):

Maluf reforça gestão eficaz do TCE-MT

guilherme maluf curtinha   O novo conselheiro Guilherme Maluf participou nesta quinta da abertura do programa de capacitação do TCE, Gestão Eficaz, representando o presidente Domingo Neto. Fez um extenso elogio ao programa que considerou ser o maior sucesso do Tribunal, por orientar os gestores a obter maior eficiência,...

MTI, extinção, pressão e cargos DAS

Servidores da MTI (antigo Cepromat) demonstram, na prática, serem os mais organizados no movimento contra a extinção de empresas no Estado. Monitoram de perto os passos do Governo Mauro. Uns resistem, à proposta de acabar com a empresa, como se estivessem numa guerra. Outros concordam com o fim da empresa. O fato é que 172 ja aderiram ao PDV, o que projeta uma redução de 42% na folha salarial. A empresa, em nota, assegura que ainda não...

Selma, artifícios de ontem e de hoje

selma arruda curtinha   Tida como “Sérgio Moro de saias” e juíza linha dura, a senadora Selma Arruda (PSL) sempre foi incisiva contra políticos julgados por ela na 7ª Vara Criminal. Agora, no banco dos réus no TRE-MT, usa o mesmo trunfo tão criticado. À época com o poder da caneta,...

Condenados por "brincar" com giroflex

valdecio_domaquino_curtinha   Agentes públicos parecem não ter noção da responsabilidade e compromisso que têm com a sociedade. Em Dom Aquino, o prefeito Valdécio da Costa (PSDB) e o vereador Fabrício Ribeiro (SD) foram condenados por retirar o giroflex de uma ambulância para colocar em um carro...

Ex-prefeito ganha salário de R$ 6,4 mil

nininho curtinhas   O agricultor e ex-prefeito de Tapurah, Milton Geller, irmão do ex-ministro e federal Neri, virou assessor parlamentar do estadual Nininho (foto). Ganha, em cargo comissionado na AL, R$ 6,4 mil. Cargo como esse nem sempre exige do nomeado o cumprimento do horário de expediente. No fundo, Nininho, que tem base...

Mauro decreta primeiras promoções

Prestes a fechar três meses de mandato, o governador Mauro Mendes assina as primeiras promoções na carreira militar. O oficial bombeiro, tenente-coronel Hector Péricles de Castro, recebeu promoção para a mais alta patente por "requerimento". Isso quer dizer que ele será transferido para a reserva remunerada, com vencimento acima de R$ 30 mil, a partir de 12 de abril. Também já ganhou promoção à patente de coronel...

Sinfra e o emergencial do transporte

luiz henrique curtinha   O conselheiro interino do TCE Luiz Henrique Lima (foto) deu 4 dias para o secretário de Logística e Infraestrutura do Estado, Marcelo Padeiro, se explicar sobre questionamentos levantados a respeito do chamamento público para fazer contrato emergencial para exploração do serviço...

5 vereadores por trás de manifestação

felipe wellaton curtinha   Cinco vereadores de oposição estão instigando um pequeno grupo que se apresenta como motoristas dos aplicativos de transporte de passageiros Uber e 99 Pop a fazer manifestação contra a prefeitura por causa da taxação do serviço na Capital, como o ato desta...

TJ posterga escolha de desembargador

Desembargador Carlos Alberto Curtinha   O TJ está postergando o preenchimento da vaga deixada pela desembargadora Cleuci Terezinha Chagas, em janeiro. Inicialmente havia a previsão de que ocorresse neste mês, mas ficou para os próximos meses. O presidente Carlos Alberto (foto) aguarda abertura de orçamento para...