Judiciário

Segunda-Feira, 12 de Agosto de 2019, 17h:49 | Atualizado: 12/08/2019, 19h:16

COLIBRI

Desembargador do TJ-MT aponta longa ficha criminal e nega liberdade a Arcanjo

Rodinei Crescêncio

Rui Ramos

Desembargador Rui Ramos, que negou pedido para estender liberdade a João Arcanjo

O desembargador Rui Ramos, do Tribunal de Justiça (TJ), negou liberdade ao bicheiro João Arcanjo Ribeiro, em decisão proferida nesta segunda (12). Segundo o magistrado, Arcanjo deve permanecer preso por possuir diversas anotações criminais.

Na mesma decisão, Ramos concedeu liberdade a dois homens acusados de integrar o grupo do bicheiro.

Na última quarta (7), o genro de Arcanjo, Giovanni Zem, apontado como um dos líderes da organização criminosa Colibri, que atua na área do jogo do bicho, obteve o direito à liberdade, após decisão da Terceira Câmara Criminal do Tribunal de Justiça. Os desembargadores aplicaram medidas cautelares a ele, como o uso de tornozeleira eletrônica.

Na decisão, os magistrados apontaram que a medida concedida a Zem poderia ser estendida a outros membros da Colibri.

Zem, Arcanjo e demais membros da Colibri foram presos em 29 de maio, durante a Operação Mantus, que teve o objetivo de desarticular grupos especializados em jogo do bicho – prática considerada contravenção penal.

Após a soltura do genro, a defesa de Arcanjo solicitou pedido de habeas corpus para que a decisão aplicada a Zem fosse estendida ao bicheiro, pois argumentou que o genro "se apresenta na mesma situação jurídica e processual" que o sogro.

No entanto, para o relator da ação, o desembargador Rui Ramos, os casos de Zem e do sogro são distintos. “É importante ressaltar que a extensão de benefícios prevista no artigo 580 do Código de Processo Penal não se opera de modo automático, sendo imprescindível que além de se tratar dos mesmos fatos, o requerente deve se encontrar nas mesmas circunstâncias objetivas que ensejaram a concessão da ordem do paciente”.

Ramos frisou que Arcanjo tem uma longa ficha de antecedentes criminais, "inclusive estando cumprindo pena em regime semiaberto". Desta forma, apontou, em decisão monocrática – na qual apenas o relator avalia – que a medida, a princípio, não deve se estender ao bicheiro.

TJMT

Jo�o Arcanjo Ribeiro

Arcanjo, com algemas, chega para audiência de um de seus processos na 7ª Vara Criminal

O desembargador, porém, mencionou que há um habeas corpus, que também solicita a liberdade Arcanjo, que deverá ser analisado posteriormente por desembargadores que compõem a Câmara Criminal do TJ.

Ainda na decisão, o desembargador também negou liberdade a José Carlos de Freitas, apontado como um dos gerentes da Colibri. Conforme Rui, Freitas também tem uma longa ficha de antecedentes criminais, "inclusive possuindo executivo de pena".

O magistrado apontou que a defesa de Freitas também protocolou pedido de habeas corpus no TJ, que será avaliado pela Câmara Criminal.

Liberdade concedida

Ainda na decisão, Rui concedeu liberdade a Sebastião Francisco da Silva, que era responsável por cuidar do jogo do bicho em Juara, e a Marcelo Gomes Honorato, que era recolhedor do dinheiro obtido pela Colibri e também atuava como suporte da organização.

Conforme o desembargador, Sebastião e Marcelo, apesar de terem cometido atos ilícitos e que causam abalo à ordem pública, a prisão preventiva não é a medida adequada nos casos deles. Conforme o magistrado, não há comprovação da periculosidade deles, caso sejam colocados em liberdade.

Desta forma, determinou medidas cautelares aos dois, entre eles o uso de tornozeleira eletrônica, proibição de manter contato com outros investigados, não se envolver em outros crimes e comparecimento mensal à Justiça. “Por fim, ressalto que o descumprimento das limitações impostas, importará em imediata expedição de mandado de prisão”.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Jovenil campos (do glória) | Terça-Feira, 13 de Agosto de 2019, 07h01
    0
    0

    Porque tamanha perseguição? Soltem o homem. Arcanjo não merece ser tão perseguido desta forma.

  • JHOY | Segunda-Feira, 12 de Agosto de 2019, 18h22
    1
    0

    SE ALGUÉM COMPROVAR QUE """HITLER""", AQUELA BONECA QUE VIVIA DENTRO DUM BUNKER(ARMÁRIO), NÃO APRESENTAVA QUALQUER PERICULOSIDADE, EU CONCORDO PLENAMENTE COM OS DESEMBARGADORES EM CONCEDER A LIBERDADE AOS MESMOS. AFINAL NÃO SE TEM NOTÍCIA QUE """HITLER""" PESSOALMENTE TENHA MATADO UMA MOSCA SEQUER. MAS QUE ELE DAVA TODO APOIO A CAUSA NAZISTA, AH ISSO ELE DAVA.

Matéria(s) relacionada(s):

Morre presidente do Grupo Barralcool

petroni barralcool curtinha 400   Morreu neste sábado, em Cuiabá, aos 88 anos, o diretor-presidente do Grupo Barralcool, João Nicolau Petroni (foto). Ele foi um dos pioneiros no setor sucroenergético do Estado e o primeiro presidente do Sindicado das Indústrias Sucroalcooleiras de MT (Sindalcool). Era...

Abracrim cita arbitrariedade na SESP

michelle marrie abracrim curtinha 400   Michelle Marrie (foto), presidente da Associação Brasileira dos Advogados Criminalistas do Estado, contesta a nota em Curtinhas entitulada "Secretário, Abracrim e saia-justa", sobre o fato de uma advogada ter se infiltrado na coletiva à imprensa concedida pelo...

Governo monitora crise na segurança

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro monitora de perto a crise instaurada no setor de segurança devido à operação desencadeada na Penitenciária Central do Estado, em Cuiabá, para acabar com regalias de presos "da pesada", que comandam o crime organizado de dentro das celas. Houve...

Faissal se licencia e Oscar assume vaga

oscar_curtinha_400   O deputado estadual de primeiro mandato Faissal Calil (PV), a partir de quarta (21), vai se licenciar por 4 meses. Assim, dará lugar para o retorno do ex-deputado Oscar Bezerra (foto), que disputou à reeleição no ano passado, sem sucesso. Oscar, que tem base eleitoral em Juara, teve 11.827 votos e...

Fora do Podemos e dando pitacos

marcelo_curtinha   O presidente do Podemos-MT, José Medeiros, se diz surpreso com as declarações do adjunto de Turismo da Capital Marcelo Pires, que se posiciona contra a filiação de Niuan no partido. O absurdo disso é que Marcelo sequer é filiado e muito menos militante. Só participou de uma...

Melhorias refletem no Mutirão Fiscal

emanuel pinheiro curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro (foto) está empolgado com a intensa procura dos contribuintes para negociação de dívidas municipais e ficou mais animado quando tomou conhecimento dos comentários de muitos, inclusive daqueles menos favorecidos, que estão indo à Arena Pantanal,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Mauro Mendes?

excelente

bom

regular

ruim

péssimo

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.