Judiciário

Sexta-Feira, 10 de Julho de 2020, 19h:09 | Atualizado: 11/07/2020, 11h:39

VENDA DE SENTENÇAS

Desembargadores e advogados de MT são investigados por suposto esquema - saiba

Rodinei Crescêncio

Fachada Tribunal de Justi�a tj

Fachada Tribunal de Justiça; MPF declinou de parte da investigação envolvendo desembargadores e advogados de MT; decisão publicada hoje

A Procuradoria-Geral da República (PGR) instaurou investigação sobre suposto crime de “venda de sentença” praticado por desembargadores do Tribunal de Justiça (TJ-MT) juntamente com advogados. Os nomes dos envolvidos não foram divulgados na portaria do Diário do Ministério Público Federal (MPF) desta sexta (10).

Na decisão, a PGR declina competência no âmbito cível. Com isso, o Ministério Público Estadual (MPE) deverá investigar os magistrados por suposto ato de improbidade administrativa.

O pedido de envio da investigação para o MPE foi analisado pelo colegiado da 5ª Câmara de Coordenação e Revisão do Ministério Público Federal, em sessão ordinária de 6 de fevereiro. O relator da investigação é o subprocurador-geral Antônio Carlos Fonseca.

Já no âmbito criminal, a publicação registra que  é de reponsábilidade do Procurador-Geral da República, que poderá celebarar "acordo de colaboração premiada, com possibilidade de adesão, por parte de outros órgãos do Ministério Público Federal, de outros Ministérios Públicos ou de outros órgãos e instituições públicas mediante o compromisso de respeitarem os termos do acordo ao qual estão aderindo”. Assim,  magistrados e advogados podem tornar-se delatores caso as investigações avancem.

A PGR confirma a existência da investigação, mas informa que está em sigilo, o que impede a divulgação de informações. Já a  assessoria de imprensa do Ministério Público Estadual (MPE) afirmou que "não há registro da entrada desse procedimento".

Ao , o presidente do TJ-MT, desembargador Carlos Alberto Alves da Rocha, disse que só tomou conhecimento da investigação por meio da imprensa e, por isso, não pode comentar a informação.

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • joao | Segunda-Feira, 13 de Julho de 2020, 12h18
    2
    0

    A Polícia Federal está na investigação?

  • Evaldo | Sábado, 11 de Julho de 2020, 16h22
    20
    0

    Até quem fim, chegou a sua vez, senhores Juizes e Desembargadores de Mato Grosso, embora muito ja morreram ou se aposentaram, mais ainda tem uma turminha de Maggistrados atoa, que continua praticando atos imorais comoa venda de sentença em conclioui com vários advogados da Capital e até o interior. Espero que seja feita Justiça pra valer e não pegar uns e deixat outros de fora. eKKKKKKJKKKKKKKKKKKKKKKKKKK muitaa

  • Realista | Sábado, 11 de Julho de 2020, 13h11
    19
    0

    Deus me perdoe, eis aí uma raça @"$#%¨&8_+{..?:>

  • Edmar brito de oliveira | Sábado, 11 de Julho de 2020, 11h02
    13
    0

    Teriam que chegar com essas investigações até o STF, aí veriam sem muito trabalho as treitas desses corruptos que acham q são donos de tal órgão.

  • Didi | Sábado, 11 de Julho de 2020, 09h51
    21
    0

    O corporativismo fala mais alto, mas de vez em quando pegam alguns para bode expiatório.

  • Amaral antunes | Sábado, 11 de Julho de 2020, 07h08
    17
    0

    Isso é uma grande mentira. Isso nunca aconteceu no mato grosso. Isso é uma tremenda calunia. Isso é para desmoralizar o sério poder judiario. Esse "bilhete" é verdade.

  • Justiceiro cansado | Sábado, 11 de Julho de 2020, 05h40
    32
    0

    Todos do meio jurídico sabem que tem assessores fazendo loby e vendendo facilidades. Tem muitos escritórios de parentes de desembargadores e assessores nadando de braçada no TJ, só um cego não vê.

  • Critico | Sexta-Feira, 10 de Julho de 2020, 22h19
    33
    0

    Demoro a INVESTIGACAO! Se o ADVOGADO não é de renome em MT mesmo que seu cliente tenha o direito, no TJMT seu direito acaba Tem que PRENDER esses Desembargadores, no mínimo 2. Deixei de advogar em MT por total falta de segurança JURÍDICA

Tucano dá título a Bolsonaro em Sinop

dilmair callegaro 400 curtinha   O presidente Jair Bolsonaro, que comanda o país desde janeiro do ano passado, irá receber o título de Cidadão Sinopense, mesmo sem previsão de pisar os pés, por enquanto, ao município considerado Capital do Nortão. A homenagem partiu do vereador do PSDB Dilmair...

Ação pró-Thiago, mas Luizão resiste

carlos bezerra 400   Com uma pesquisa debaixo do braço, cujo resultado traz Thiago Silva na dianteira na corrida à Prefeitura de Rondonópolis, inclusive na frente do prefeito Zé do Pátio (SD), o MDB de Carlos Bezerra (foto) tenta convencer o empresário Luizão (PRB) a recuar para apoiar o...

Padrinho político de Fabio a prefeito

mauro mendes 400 curtinha   Após se reunir com o governador Mauro Mendes (foto) na sexta (14), o suplente de senador Fabio Garcia, presidente regional do DEM, deve oficializar sua pré-candidatura à Prefeitura de Cuiabá. Fabinho quer discutir com Mauro, que é seu padrinho político, o arco de aliança e...

4 ex-prefeitos se juntam em Chapada

gilberto mello 400 curtinha   Considerado nome mais forte da oposição, Gilberto Mello (foto), do PL, lançou sua pré-candidatura à sucessão em Chapada dos Guimarães com apoio de nada menos que três ex-prefeitos, fora ele próprio, que administrou o município entre 2005 e 2008....

Contrato em VG sob irregularidades

jaqueline jacobsen curtinha 400   O TCE mandou a prefeita de Várzea Grande, Lucimar Campos, suspender qualquer pagamento à empresa Lidyfarma Comércio de Produtos Farmacêuticos referente a um contrato sem licitação para compra de 50 mil comprimidos de Azitromincina 500 mg para combate ao coronavírus....

Fabio deve mesmo tentar prefeitura

fabio garcia 400 curtinha   O DEM do governador Mauro aposta todas as fichas na candidatura do empresário Fábio Garcia (foto) a prefeito de Cuiabá. Até sexta ele deve responder "sim" ao partido. Fabinho, como é conhecido, é um dos integrantes do núcleo de confiança do governador. Inclusive foi...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.