Judiciário

Terça-Feira, 13 de Abril de 2010, 19h:47 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

ANÁLISE

Desvios não ficarão embaixo do tapete, diz conselheiro do CNJ

Jorge Helio Chaves de Oliveira   O membro do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Jorge Helio Chaves de Oliveira, participou nesta terça (13), em Cuiabá, de uma reunião na OAB-MT para analisar a crise no Judiciário. Segundo ele, há um histórico de problemas graves, mas o CNJ tem um papel importante no processo de “reordenação” da Justiça. Na avaliação do conselheiro, desvio de conduta de muitos magistrados não é um problema apenas do Estado. “Os problemas endógenos daqui não estão mais cintilantes. Acontece de maneira geral e em todos os Estados. Por muito tempo a Justiça foi elitizada. Os magistrados não deram tudo que poderiam dar e o CNJ vem para ajudar a corrigir as distorções que é um problema estrutural do Brasil”, disse.

   Ele não soube informar em pé está as investigações sobre venda de sentenças e outras denúncias feitas contra membros do Tribunal de Justiça, mas mandou um duro aviso de que novas penalidades poderão ser aplicadas pelo CNJ. “Não tenho conhecimento de tais sindicâncias, mas é certo que aqui se fala muito disso. Havendo desvios dos princípios constitucionais não ficarão embaixo do tapete”.

   O CNJ tem tido notoriedade com decisões em que combate às mazelas do Judiciário. Em 23 de fevereiro, o órgão determinou a aposentadoria compulsória de 10 magistrados mato-grossenses. A decisão histórica ganhou repercussão nacional. Sete juízes e três desembargadores foram punidos sob a acusação de desviar cerca R$ 1,5 milhão em verbas indenizatórias do TJ.  Um mês depois, foi a vez do desembargador José Jurandir de Lima de perder o cargo. Os conselheiros do CNJ foram unânimes ao decretar aposentadoria compulsória do magistrado sob acusação nepotismo. Jurandir tinha lotado em seu gabinete dois filhos, que nem mesmo cumpriam o expediente de trabalho.

   Aposentadoria e Punição

   Ao comentar as decisões do CNJ, Jorge Helio defendeu a posição de que a aposentadoria compulsória é uma punição. “É um costume trabalhar. A pessoa que é obrigada a deixar suas funções vai sentir essa punição”, argumentou. Ele aproveitou para satirizar a polêmica. “As pessoas punidas saíram expurgadas da carreira e com desonra. Essas pessoas terão sérios problemas lombares, pois estarão sempre de cabeça baixa”.

   Ele ponderou que, apesar da decisão “punitiva” do CNJ, os envolvidos ainda devem ser julgados em processo penal ou civil. “Todas as sindicâncias do Conselho são encaminhadas ao Ministério Público Federal para que o mesmo faça a denúncia junto ao Superior Tribunal de Justiça”, disse.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Erika Souza | Sábado, 17 de Abril de 2010, 19h05
    0
    0

    Martinho, vc tem razão. Não são apenas aos magistrados que deve cair a pecha de corruptos - mas também aos inescrupulosos advogados que certamente participaram dessas falcatruas. Infelizmente maus profissionais existem em todos os ramos.

  • Daniel | Quarta-Feira, 14 de Abril de 2010, 06h48
    0
    0

    CNJ,STJ,continuem investigando, quem infringiu a lei tem que pagar por seus atos, a lei é para todos.

  • martinho oliveira | Terça-Feira, 13 de Abril de 2010, 22h00
    0
    0

    para mim vale o que disse o des. silverio. o poder judiciario esta parecendo cachorro morto. todo mundo quer dar um chutinho. em verdade o buracoi na qual se encontra o tjmt é por culpa da oab. no caso de venda de sentença deve ter atuaçao de advogados (vamos ver se terao coragem de puni-los). entao é muito facil o pte da aob sair por ai falando, assim como esse tal conselheiro. na verdade quem fala muito dá bom dia para cavalo. acorda aob

  • toco 1000 | Terça-Feira, 13 de Abril de 2010, 20h50
    0
    0

    PINOQUIO

Beco do Candeeiro só abrirá em abril

Carlina 400   A secretária municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Carlina Jacob (foto), em visita ao Grupo Rdnews, revelou que a revitalização do Beco do  Candeeiro, que foi concluída em janeiro, será entregue à população em abril, nas comemorações dos 302 anos de...

Águas, expansão e investimentos

william figueiredo 400 aguas cuiaba curtinha   O diretor-geral da Águas Cuiabá, executivo William Figuereido (foto), disse, em visita à sede do Rdnews, quando aproveitou para conceder entrevista à tv web Rdtv, que a concessionária já distribui água para toda Cuiabá e que, em quase quatro anos...

Creci combate empresas irregulares

benedito odario 400 curtinha   O presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado, Benedito Odário (foto), aproveitou a operação desenvolvida na quinta, com apoio da Polícia Civil e da Decon, para enfatizar que não dará trégua àquelas empresas que, irregularmente,...

Cuiabá paga fevereiro aos servidores

emanuel pinheiro 400   A Prefeitura de Cuiabá quitou nesta sexta (26), último dia útil do mês, a folha de fevereiro. Desde quando assumiu o Palácio Alencastro, em janeiro de 2017, o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) tem conseguido pagar o funcionalismo dentro do mês trabalhado. Aliás, essa prioridade,...

3 deputados sob certa cordialidade

janaina riva 400 curtinha   Max Russi, Eduardo Botelho e Janaina Riva (foto), que mandam na Assembleia, demonstram entre eles um certo clima de cordialidade, mas chegaram a entrar em queda-de-braço até fechar um novo acordo político sobre a Mesa Diretora. Com a decisão do Supremo de veto a Botelho no comando do...

Expediente na AL só a partir do dia 8

max russi 400   Por causa do aumento da taxa de incidência de Covid-19 entre servidores e parlamentares, as atividades presenciais da Assembleia foram suspensas na quinta (25). O expediente só retoma em 8 de março. Neste período, estão sendo mantidas somente as atividades estritamente essenciais para o...