Judiciário

Sábado, 28 de Abril de 2012, 12h:00 | Atualizado: 28/04/2012, 17h:22

DENÚNCIA

Diálogos de bicheiro e senador comprometem Maggi; confira

     As transcrições das escutas telefônicas de ligações entre o contraventor do jogo do bicho Carlinhos Cachoeira e o senador Demóstenes Torres (GO), feitas pela Polícia Federal e que resultaram na Operação Monte Carlo, trazem conversas que podem comprometer o senador por Mato Grosso Blairo Maggi (PR) e o ex-diretor-geral do Dnit, Luiz Antônio Pagot. O inquérito do STF, que tramita em segredo de Justiça, vazou e foi publicado na integra pelo site Brasil 247. Diante das novas revelações, o republicano deve entrar no rol dos ouvidos pela CPMI que investiga o caso no Congresso, junto a Pagot e o deputado federal Wellington Fagundes (PR).

     Em 12 de julho do ano passado estava marcado o depoimento de Pagot, já afastado do Dnit após ter o nome envolvido em suposto esquema de superfaturamento em obras do departamento, em audiência conjunta nas comissões de Serviço de Infraestrutura (CI) e de Meio Ambiente, Direitos do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA). O ex-diretor havia afirmado publicamente que não se furtaria em responder a nenhum questionamento e, nos bastidores, as informações eram de que ele ameaçava “abrir a boca” para não “cair” sozinho.

     Frente a isso e pelas transcrições, em 11 de julho, um dia antes da data prevista para o depoimento, Cachoeira e Demóstenes aparentavam estar “desesperados” com o depoimento de Pagot. O senador goiano não esconde o medo das revelações que poderiam surgir e cobra segurança de que o esquema não vaze. Neste ponto da conversa surge Blairo Maggi, quando o bicheiro dá a entender que tudo já foi acertado: “Não, Blairo mandou falar que não tem nada não. Blairo que manda nele, uai”, diz em trecho da conversa.

  
Em diálogo, bicheiro tranquiliza Demóstenes sobre depoimento de Pagot em Comissão de Infraestrutura
 

     Em outro diálogo, ainda demonstrando preocupação, o contraventor diz que o diretor-nacional da Delta, Cláudio Abreu, precisa falar com Pagot. Já Cláudio declara que pediu para Acácio, que seria ligado a Pagot, falar com o senador, mas que o mesmo estava tendo dificuldades. Em outra conversa, Acácio garante que o ex-diretor não vai tocar no assunto “de Demóstenes, nem Cláudio, nem Xavier”.

     Pagot teria garantido que só falaria tecnicamente e que o senador de Goiás, presidente da Comissão de Infraestrutura, não precisava perguntar nada. O bicheiro diz ainda que o ex-diretor teria mandado agradecer o apoio que estava recebendo. “Bom... teve lá com ele. O Acácio teve lá com ele, tá tranquilo. Agradeceu e disse que vai falar só tecnicamente”, diz, em conversa com Demóstenes. Então, horas após o depoimento do ex-diretor, os principais envolvidos na operação voltam a tocar no nome de Pagot, ao comemorar o fato de “ele não ter dito nada”. Demóstenes diz: “Uai! Deu. O homem não falou nada não. Tudo tranquilo. Tudo tranquilo”.

Pagot "nada de braçada" ao depor no Senado; Taques deixa a desejar

     Até agora, as acusações vinham sendo feitas por Pagot. Em reportagem veiculada na revista Época do dia 20, o ex-diretor do Dnit alegou que foi afastado por negociata da empreiteira Delta e do contraventor do jogo do bicho e acusou o presidente regional do PR no Estado, deputado Wellington Fagundes, de pressionar o departamento em favor da Delta Construções. Agora, entretanto, as conversas parecem mostrar que Pagot “se calou” e ainda envolvem o senador mato-grossense.

    Outro lado

    A equipe do RDNews tentou contato com Pagot e Maggi, mas eles não atenderam ou retornaram as ligações para comentar o assunto.


Trecho em que Demóstenes e Carlinhos Cahoeira comemoram o resultado do depoimento de Antônio Pagot

Veja, abaixo, trechos da operação
---------------

Postar um novo comentário

Comentários (22)

  • clovis | Quarta-Feira, 02 de Maio de 2012, 08h48
    0
    0

    MAIS UM PEPINO PRO SR BLAIRO MAGGI, O DEFENSOR DA MORALIDADE, O PALADINO DA LEI, CANTADO EM VERSO E PROSA PELOS QUATROS CANTOS DE MT, E AGORA JOSÉ, O QUE TENS A DIZER, JÁ SEI, SOU INOCENTE, ISSO É COISA DA OPOSIÇÃO, QUEM DIRIA SR FALSO MORALISTA.

  • Elias | Terça-Feira, 01 de Maio de 2012, 18h19
    0
    0

    não há mais esperança nos homens, todos se corromperam... todos. QUE O DIA DO JUÍZO TOTAL CHEGUE LOGO, DEUS SEJA LOUVADO!

  • Dornele$ | Domingo, 29 de Abril de 2012, 11h55
    0
    0

    Na verdade, eu acho que só que não tenho ligações com esse tal cachoeira e com a Delta construtora. Veja bem, eu acho, não tenho total certeza. Esse ai, nunca me enganou em nada. Prova que ele foi um péssimo governo, vivemos isso todo dia, com o caos na educação, saúde e segurança!

  • rodrigo | Domingo, 29 de Abril de 2012, 10h14
    0
    0

    rodrigo, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Duarte | Domingo, 29 de Abril de 2012, 06h58
    0
    0

    A esposa do dono do Diário de Cuiabá é secretária-adjunta da Casa Civil, o dono da Gazeta é do partido do governador...Esqueçam. Essa mídia está nas mãos de Maggi há anos, e eles atacaram Dante (Caixa-Preta), Wilson, Antero/Serys (Sanguessugas), Alexandre César (Caixa 2), sem provas, apenas para minar rivais políticos fortes (todos inocentados depois).

  • joão | Sábado, 28 de Abril de 2012, 23h25
    0
    0

    só falta alguem dizer que a turma do pt são honestos por favor não esqueçam o ali baba e os 40 ladrões e outras tantas falcatruas do pt e aliados pensaram que iria pegar adversarios criando cpi tentaram voltar atraz sabe que agora é tarde se apurar vamos ver que o mensalão do pt terá um novo capitulo ainda mais assustador,fique tranquilos petralas a globo é fraquinha jamais conseguiria derrubar os governos de vocês e não é covarde como fora vocês quando derrubaram o governo collor

  • luiz do vitoria | Sábado, 28 de Abril de 2012, 21h05
    0
    0

    Emedio deixe de ser tão ingênuo, rapaz! vc é veterano na política, já foi candidato uma centena de vez ñão pode ter tão bobo como aparenta. Essa empresas precisam ser fiscalizada pela sociedade, iste é o papel da associação de bairro. O vitoria sempre foi retudo de políticos como WSantos, Eliene, Carlão, enfim, que, nunca fizeram nada pelo bairro vitoria. Lamentavelmente o Galindo faz uma péssima administração e os presidentes de bairro não mobilizam a sociedade pra protestar contra essa administração. O que foi feito com a privatização da água, bem como a propaganda enganosa nos meios de comunicação. Emidio caia na real. Cuiabá esta um caos. O vitória nem se fala.

  • Lino Souza | Sábado, 28 de Abril de 2012, 21h03
    0
    0

    Agora vamos ver ser a imprensa de Mato Grosso vai abafar esse caso também, a turma da botina entrou pra história de Mato Grosso como a era mais corrupta da história.

  • silvio do vitoria | Sábado, 28 de Abril de 2012, 20h56
    0
    0

    UMA BOA PARTE DOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO, ESPECIALMENTE A REDE GLOBO E REVISTA VEJA, ESSA ENVOLVIDA TAMBÉM NO ESQUEMA ESTÃO ACUADOS. A REDE GLOBO, QUE, NÃO É NOVIDADE PRA NINGUÉM, ESCONDE DA SOCIEDADE, OU TENTA ESCONDER, O JOGO SUJO DO PSDB. IMAGINA SE FOSSE O PT. SERIA UMA LOUCURA DE DENUNCIAS SEM BASE DE SUSTENÇÃO. AGORA COM TODOS ESSES DADOS, FICAM DE BOCA FECHADA PRA NÃO ENTRAR MOSQUITO. ATÉ O FALANTE PEDRO TAQUES, QUE, PARA UMA BOA PARTE DO SEUS ELEITORES TEM SIDO UMA DECEPÇÃO NO SENADO. TÁ ATÉ O MOMENTO CALADO, POR QUE SERÁ? DIZEM QUE ELE É GRANDE AMIGO DE DO SENADOR QUE ESTÁ ATOLADO EM CORRUPÇÃO.

  • Ze Luis | Sábado, 28 de Abril de 2012, 20h51
    0
    0

    O que me impressiona e que o Zé do Patio esta sendo cassado por 500 camisetas, que fez para os fiscais que eram 2300 , e como ninguem vai tirar medida pra confecção de 2300 camisetas, haja costureiras, ele pra garantir fez 500 a mais, e o mais lógico, e esses escândalos, 44 milhões desviados no caso das maquinas do MT 100% equipado e que o governo assumiu que roubaram, desviaram e nada acontece, agora envolvimento com bicheiro e outras malandragens, será que nos mato-grossenses merecemos isso, e volto a repetir, e o Zé do Patio cassado por 500 camisetas.

Olhar Dados mantém EP na liderança

emanuel pinheiro 400 curtinha   A sexta pesquisa do Olhar Dados sobre intenções de voto para prefeito de Cuiabá, divulgada nesta terça pelo site Olhar Direto, traz o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) estável, em primeiro, com 31,2%. Em segundo, com 7 pontos atrás, figura Abílio Júnior, com...

Meraldo disputa e contra próprio irmão

meraldo sa 400 curtinha   Meraldo Figueiredo Sá (foto), ex-prefeito de Acorizal por dois mandatos, está rindo à toa. Mesmo com parecer contrário do Ministério Público Eleitoral, por considerá-lo ficha-suja, Meraldo conseguiu deferimento do registro de sua candidatura. E entra no embate eleitoral com...

Gamba e efeito-vice em Alta Floresta

chico gamba 400 curtinha   O agricultor Chico Gamba (foto), que concorre a prefeito de Alta Floresta pelo PSDB, estaria disposto a substituir a vice da chapa, a empresária Roseli Gomes, a Rose da Tradição (PSC), por esta enfrentar forte desgaste político, rejeição popular e até denúncia. Mas,...

PT, candidata vetada e novo ajuste

bob pt 400 curtinha   O PT em Cuiabá, comandado pelo assessor do deputado Lúdio, Elisvaldo Almeida, o Bob (foto), terá de ajustar de novo a chapa proporcional, especialmente sobre candidaturas femininas em Cuiabá. Depois que foi intimado pela Justiça a completar a cota de mulheres, sob pena de indeferimento da...

TCE vê superfaturamento em Juara

carlos sirena 400 curtinha   Em plena campanha eleitoral o prefeito de Juara, Carlos Sirena (foto), candidato à reeleição pelo DEM, está tendo que buscar explicações sobre irregularidades apontadas pelo TCE-MT em alguns casos de dispensa de licitação, especialmente nas compras de produtos para...

Doação à campanha a pedido de Jayme

jayme campos 400 curtinha   O senador Jayme Campos (foto) não tirou um centavo do bolso para colocar na campanha de Kalil Baracat, mas é o responsável pela entrada de praticamente a metade dos R$ 1,4 milhão doados ao candidato do MDB à Prefeitura de Várzea Grande. Graças à...