Judiciário

Sábado, 31 de Maio de 2014, 07h:42 | Atualizado: 31/05/2014, 07h:48

Ararath

Dirigente do PR diz que Blairo tem credibilidade e vai provar inocência

Davi ValleRdnews

Blairo credibilidade

 Blairo Maggi, que recém retornou ao Brasil, deve se pronunciar sobre denúncias

O senador Blairo Maggi (PR), um dos alvos das investigações da Operação Ararath, tem credibilidade para provar o que quiser à sociedade. É o que acredita o deputado federal Wellington Fagundes (PR). O nome do ex-governador aparece diversas vezes no inquérito da Polícia Federal e é apontado pelo delator Júnior Mendonça como o mandante de pagamentos milionários a empresas suspeitas de sustentar esquema de lavagem de dinheiro. 

Na última quinta (29), Maggi completou 58 anos diante de um cenário nebuloso. Recém chegado do exterior,  até o momento, não se pronunciou sobre as acusações que pesam contra ele. O deputado Wellington conta que ligou para dar os parabéns, mas que não falaram sobre os desdobramentos da Ararath. “Temos que dar um tempo pra ele”, diz.

Para Wellington, que é presidente estadual do PR, os fatos trazidos à tona pela PF interferem diretamente nas eleições deste ano. Pontua que os acontecimentos relatados nas investigações precisam ser esclarecidos. No entanto, critica a postura “condenatória” da sociedade. “No Brasil, as pessoas encaram inquérito como condenação. Nem sempre uma investigação enfraquece, às vezes até fortalece mais”, destaca.

Sobre a entrevista concedida por Blairo à revista Veja há pouco mais de uma semana, momento em que afirmou que deixará a política assim que seu mandato no Senado terminar, em 2018, o deputado demonstra não acreditar nas declarações. “No momento de emoção falamos coisas. Ele é a maior liderança do Estado, tem muito que contribuir ainda”.

Embora investigado pela Polícia Federal, Blairo  não é réu em processo criminal. Ao contrário do ex-secretário de Estado, Eder Moraes (PMDB), que já responde na Justiça Federal por lavagem de dinheiro, juntamente com sua esposa, Laura da Costa Dias, o ex-secretário adjunto do Tesouro estadual, Vivaldo Lopes, e o superintendente do Bic Banco no estado, Luis Carlos Cuzziol.

Bacalhau

De acordo com Júnior Mendonça, o peemedebista agia em nome e a mando do então governador Blairo Maggi  na operação do esquema milionário. Em depoimento, Mendonça relata que, por inúmeras vezes, recebeu Eder em seu escritório e ouviu dele a seguinte frase: “acabei de almoçar com o governador, comemos bacalhau, e ele determinou que eu resolvesse esse problema” e que o “problema” era sempre a solicitação de empréstimos. 

De acordo com Wellington,  o senador deve se reunir com o grupo político nos próximos dias para tomar decisões com vistas ao pleito deste ano. Inevitavelmente, a cúpula situacionista deve debater ainda estratégicas para contornar a crise no atual governo. ,

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • JOSÉ | Domingo, 01 de Junho de 2014, 21h29
    0
    0

    JÁ OUVIU FALAR EM PROVAR DO PRÓPRIO VENENO???POIS É SENADOR. O SENHOR DURANTE OS DEBATES DAS ELEIÇÕES DE 2002, VIVIA DIZENDO QUE O GOVERNO DO DANTE ERA O GOVERNO DA CORRUPÇAO, QUANDO ASSUMIU O GOVERNO MANDOU E/OU CONCORDOU COM A INSTALAÇÃO DUMA DELEGACIA DE POLICIA NA SECRETARIA DE ESTADO DE SAUDE PARA FAZER UMA DEVASSA NOS PROCESSOS DE LICITAÇÕES E COMPRAS DO TEMPO DO DANTE. COMO NÃO PEGARAM NADA AS DELEGADAS(ALANA E MARIA HELENA) COMEÇARAM A ANALISAR OS PROCESSOS DE 2003 JÁ DO SEU GOVERNO. FOI UM DEUS ME ACUDA. TODO MES AS DELEGADAS MANDAVAM PRENDER PELO MENOS UM. FOI UM VERDADEIRO TIRO NO PÉ. O JEITO FOI SUMIREM COM A DELEGACIA LÁ.

  • meire ferraz | Domingo, 01 de Junho de 2014, 16h05
    0
    1

    Dante de Oliveira tinha uma caixa preta que ele Blairo Magi ia abrir ,o que nunca aconteceu!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Abre a sua caixa mágica dourada ,.....

  • Marcelo | Domingo, 01 de Junho de 2014, 05h46
    2
    0

    Isto é moda em os bandidos de colarinho branco, sempre que são pegos usam o discurso que não deve nada e que vai provar a sua inocência. Os bandidos do mensalão diziam a mesma coisa. O Ze Luiz relembrou muito bem como vai ficar os escândalos envolvendo os filhotes de Blairo Maggi este Moises Sachetti que comandou o Detran saiu dela sob acusação de desvio de milhões. Portanto, a Policia Federal vai ter fazer hora extra para chegar em todos os estes crápulas que só enriqueceram as custas do dinheiro público. Tem meder na cadeia e confiscar o valor que desviaram e estão investindo em mansões por ai.

  • Zé Luiz | Domingo, 01 de Junho de 2014, 00h18
    3
    0

    A pergunta que não quer calar. Até a chegada de Blairo ao governo, ninguém até então ouvia falar em Pagot, Pagosinho, Waldir Teis, Eder Moraes, Novak, Sachetti Rondonopolis, Sachetti Detran, Mauro Mendes e outros tantos, esse pacote e do senhor Blairo, todos os méritos e deméritos são dele. E se ele quer sair da vida pública, que faça agora e vá ser feliz, já que e o que esta planejando, mas vai responder por tudo, saber que sua empresa hoje fatura 5 bilhões por ano e tranquilo, a sociedade que saber e quanto faturava antes da sua entrada no governo, queremos clareza na resposta, se e que ela seja possível.

  • roberto | Sábado, 31 de Maio de 2014, 08h21
    4
    1

    NINGUÉM QUER SABER SE O SR. BLOARIO VAI REUNIR COM GRUPO POLITICO OU NÃO, A SOCIEDADE QUER ELE DÊ EXPLICAÇÕES DOS FATOS SOBRE DESVIOS E CORRUPÇÃO COM BENS PÚBLICOS, ESTAMPOS NA MÍDIA BRASILEIRA E INTERNACIONAL, NOS ELE É O EPICENTRO DE TUDO.

  • joaoderondononopolis | Sábado, 31 de Maio de 2014, 08h18
    4
    2

    BM é bananeira que deu cacho.

  • pedro | Sábado, 31 de Maio de 2014, 07h53
    3
    1

    todos ai mensionados na operação , são inocentes, sabe de nada inocentess...

Breunig destaca aprovação de contas

adriano breunig curtinha 400   O professor Adriano Breunig (foto), ex-adjunto e ex-secretário de Estado de Ciência e Tecnologia no Governo Silval e hoje diretor de Políticas de Desenvolvimento Institucional do IFMT, contesta o registro em Curtinha, apontando-o como candidato reserva e "vulnerável" à...

Borgato não sairá mais de secretaria

nilton borgato 400 curtinha   Nilton Borgato (foto), ex-prefeito de Glória D'Oeste e filiado ao PSD, não sairá mais do comando da secretaria estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação. Dias atrás, ele chegou a ser avisado pelo governador que seria substituído e que iria para o Escritório...

Dorner vai tentar prefeitura de novo

roberto dorner 400 curtinha   Em Sinop, o empresário e ex-deputado federal por alguns meses Roberto Dorner (foto), que deixou o PSD e aderiu ao Republicanos, está disposto a encarar de novo a disputa a prefeito. Em 2016, ele perdeu para Rosana Martinelli (PR) por uma diferença de 3.388 votos. É possível que ambos...

Um líder sob insatisfação dos colegas

dilmar dal bosco curtinha 400   O líder do governo na Assembleia, Dilmar Dal Bosco (foto), tem enfrentado crítica velada e insatisfação dos colegas, principalmente dos deputados da base. Reclamam que o interlocutor do governador Mauro não move uma palha em defesa da liberação das emendas e, nas...

Jogada do prefeito Francis em Cáceres

paulo donizete 400 curtinha caceres   A sete meses de concluir o mandato, o prefeito cacerense Francis Maris (PSDB) lançou uma jogada estratégica para ver se "cola". Apoia publicamente para prefeito o seu diretor da autarquia Águas do Pantanal, Paulo Donizete (foto), do mesmo partido, inclusive participou da reunião...

Luta por mais leitos de UTI em Sinop

rosana martinelli 400 curtinha   A prefeita de Sinop, cidade pólo do Nortão, Rosana Martinelli (PR), demonstra preocupação com os poucos leitos de UTI do Hospital Regional no município. A unidade atende moradores de mais de 30 municípios da região e só dispõe de 10. Rosana diz esperar...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.