Judiciário

Segunda-Feira, 19 de Agosto de 2019, 19h:11 | Atualizado: 20/08/2019, 07h:28

SEDUC

Em audiência da Rêmora, juíza compara Alan Malouf a "HD cheio de informações"

Alair Ribeiro/MídiaNews

Ana Cristina Mendes

A juíza Ana Cristina Silva Mendes, da 7ª Vara Criminal de Cuiabá, que conduz a ação penal

A juíza Ana Cristina Silva Mendes, da 7ª Vara Criminal de Cuiabá, comparou o empresário Alan Malouf, delator no âmbito da Operação Rêmora, a um equipamento de informática utilizado para armazenar dados. A fala foi registrada durante audiência de instrução realizada nesta segunda (19) no decorrer do depoimento que durou mais de 1 hora. “Vejo que o senhor é um HD cheio de informações valiosas. Está bem cheio”, disse a magistrada.

Alan Malouf, que reafirmou durante todo o tempo que o ex-governador Pedro Taques (PSDB) tinha conhecimento do esquema de corrupção na secretaria estadual de Educação (Seduc) levado a cabo para pagar dívidas de campanha, afirmou que foi a primeira vez que se envolveu em situação deste tipo. O esquema foi desmantelado pelo Ministério Público Estadual (MPE), por meio do Gaeco, em 2016, resultando inclusive na prisão do hoje delator.  

“É a primeira vez que participo disso  [corrupção]. A senhora pode ter certeza que é a última”, garantiu Alan Malouf.  A juíza responde de bate pronto: “se o senhor não aprender com isso...”.

No depoimento, o empresário reafirmou fatos que havia relatado na delação e em oitivas anteriores. Disse, por exemplo, que administrou caixa 2 na campanha de Taques ao Governo do Estado, em 2014, no valor de R$ 10 milhões. Júlio Modesto, que foi secretário estadual de Gestão e da Casa Civil, teria o ajudado a desempenhar a função dentro do esquema delatado.

Alan Malouf também voltou a afirmar que Modesto e Paulo Brustolin, ex-secretário estadual de Fazenda, recebiam um “complemento salarial” oriundo do esquema de propinas.  O valor seria a condição para ambos, que recebiam melhores salários na iniciativa privada, permanecerem trabalhando no Governo Taques.

Segundo Alan, o ex-deputado federal Nilson Leitão (PSDB) e o hoje conselheiro do Tribunal de Contas (TCE)  Guilherme Maluf recebiam os maiores valores do esquema criminoso articulado por empresários do ramo da construção civil Giovani Guizardi. Os envolvidos tinham contratos com a Seduc. Outro citado é o ex-secretário estadual de Educação Perminío Pinto, que também foi preso na Operação Rêmora e se tornou delator.

“Na divisão da propina, eram os que mais tinham direito e recebiam.  Permínio, que representava o Nilson Leitão, dividia os 25% com o então deputado.  Eu (Alan), que representava o Pedro (Taques), e o Guilherme Maluf que era deputado estadual”, reafirmou.

 Por fim, Alan deixou claro que Taques sabia do esquema que ocorria na Seduc. Para ele, é natural que o ex-governador negue conhecimento dos fatos e tente desqualificar suas declarações.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

Cidinho declina do convite à suplência

cidinho 400 curtinha   O ex-senador e empresário Cidinho Santos (foto), do PL, declinou do convite para compor uma das suplências da chapa ao Senado de Otaviano Pivetta (PDT). Em princípio, ele havia aceitado ser o primeiro-suplente. Mas questões empresariais não permitem que neste ano Cidinho concorra a cargo...

Conselhos, o populismo e a reeleição

ze do patio 400 curtinha   Em Rondonópolis, o prefeito Zé do Pátio (foto), bastante conhecido pelo perfil populista, busca se apegar cada vez mais às massas. Até para inaugurar um posto de saúde, Pátio, estrategicamente, aproveita para criar, ali na comunidade, os chamados conselhos. Busca debater...

Educação Inclusiva no Nilo Póvoas

marioneide 400 curtinha   A Seduc, sob Marioneide Kliemaschewsk (foto), decidiu desativar a tradicional escola estadual Nilo Póvoas, que funcionava há 50 anos no bairro Bandeirantes, em Cuiabá, o que acabou gerando protesto de pais e alunos. O prédio agora vai abrigar o Centro de Referência em...

Partidos com 2 ou mais pré ao Senado

margareth buzetti 400 curtinha   Dirigentes partidários estão passando apurado, nesta fase de pré-campanha, para conduzir o processo de escolha de candidatura ao Senado para a vaga de Selma Arruda, cassada por crimes eleitorais. Mesmo sabendo que as chances são remotíssimas de êxito nas urnas, alguns...

Muitos cuiabanos votam em Chapada

thelma de oliveira 400 curtinha   A ex-deputada federal Thelma de Oliveira (PSDB), que em 2016 transferiu o domicílio eleitoral de Cuiabá para Chapada dos Guimaráes, já está trabalhando nos bastidores o projeto de reeleição. E, agindo nos bastidores e de forma estratégica, ela conseguiu um...

Câmara cassará 4º eleito em 11 anos

ricardo saad 400   O emblemático e inconsequente Abílio Júnior (PSC) caminha para entrar para os anais da Câmara de Cuiabá como o quarto vereador a ter o mandato cassado nos últimos 11 anos. Parecer da Comissão de Ética, sob relatoria de Ricardo Saad (foto), é pela perda da cadeira...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O governador Mauro Mendes acaba de encerrar o 1º dos quatro anos de mandato. Na sua opinião, como está indo a administração?

ótima

boa

regular

ruim

péssima

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.