Judiciário

Terça-Feira, 12 de Novembro de 2019, 09h:48 | Atualizado: 12/11/2019, 19h:23

ALIADO DE BOLSONARO

Em ofício, parlamentar pede que PGR investigue incitação de Lula à violência

O deputado federal José Medeiros (Podemos) enviou à Procuradoria Geral da República (PGR) o ofício 244/2019, nesta segunda (11), solicitando abertura de inquérito para apuração de possível crime praticado pelo ex-presidente Lula da Silva (PT). Nele, o parlamentar se diz preocupado com os posicionamentos recentes do ex-presidente da República, que saiu da prisão e já inflamou sua militância publicamente a implantar no Brasil um clima de violência semelhante aos que ocorrem em países vizinhos.

Rodinei Crescêncio

Jos� Medeiros

José Medeiros ressalta influência de ex-presidente Lula e desrespeito à leguslação federal

No documento, Medeiros ressalta a importância de proteger a democracia e resguardar a estabilidade brasileira de “ameaças genocidas” do grupo intitulado Foro de SP, do qual Lula é um dos líderes. O deputado reproduziu no ofício enviado diretamente ao procurador-geral da República, Augusto Aras, parte do discurso de Lula a apoiadores de que “era preciso fazer igual ao povo do Chile e da Bolívia e atacar, e não apenas se defender”.

Ainda referindo-se ao pronunciamento do petista em frente ao Sindicato dos Metalúrgicos, em São Bernardo do Campo (SP), nos últimos dias, Medeiros afirma que a incitação não pode passar impune. “Não se trata de teoria da conspiração. É público e notório o querer deste senhor em implantar o caos, o terrorismo em território nacional para tentar tomar o poder, como indicou José Dirceu, seu ex-ministro. No Chile, já morreram mais de 20. É isso que ele pede para o Brasil?”, indagou.

O deputado ainda se embasa na denúncia feita em artigos da legislação federal que vedam à subversão da ordem política ou social, bem como define como crime a incitação à luta com violência entre as classes sociais. “Temos respaldo na legislação vigente para enquadramento deste tipo de ato, inclusive com pena de um a quatro anos de reclusão. Estamos tratando de uma pessoa influente que está publicamente cobrando seus aliados para que cometam crimes”, alertou.  

PageFlips: Oficio de Medeiros

Medeiros ainda fez questão de lembrar que Lula já possui duas condenações em primeira instância e até o fim do ano é provável que também acumule duas em segunda instância, além de ser réu em outros seis processos. “Se temos um criminoso reincidente expondo a coletividade a graves riscos com sua liberdade, não parece haver outro caminho do que seu retorno à prisão. O que faz não é mera irresponsabilidade”, finalizou. 

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • Aldo | Quarta-Feira, 13 de Novembro de 2019, 15h34
    1
    1

    Será que dá para fazer outro ofício, para pedir a conclusão da investigação sobre o Flávio e o Queiroz. O deputado só fala em seriedade com a oposição, sério mesmo é aquele que se necessário corta na própria pele.

  • GILMAR DE PAULA | Quarta-Feira, 13 de Novembro de 2019, 10h43
    1
    2

    Deputado Medeiros, não gaste seu tempo com esse condenado momentaneamente fora das grades. E lembre-se: "o discurso do biltre é igual à antiga VOZ DO BRASIL, muita gente escutava mas ninguém prestava atenção". Palavras ao vento! Me recuso a acreditar que a maioria do povo brasileiro, exceção aos esquerdistas aloprados, vai dar crédito a um sujeito que tem uma penca de processos no lombo e que até dias atrás estava saboreando quentinhas na cadeia.

  • HELO | Quarta-Feira, 13 de Novembro de 2019, 10h31
    4
    1

    PEDE PARA INVESTIGAREM O FLAVINHO COM O QUEIROZ

  • Bugre | Terça-Feira, 12 de Novembro de 2019, 20h11
    4
    8

    Vou rir muito quando o lulo for preso de novo kkkk Esses mortadelas são patéticos

  • joao | Terça-Feira, 12 de Novembro de 2019, 14h40
    4
    9

    Já passou da hora de recolher o cabra, inclusive já foi pedido a prisão.

  • Laura | Terça-Feira, 12 de Novembro de 2019, 14h19
    8
    4

    Quem é esse medíocre político mesmo?

  • vladimir palma pinto da fonseca | Terça-Feira, 12 de Novembro de 2019, 12h53
    5
    14

    esse lula tem que ficar quieto os amigos dele da bolivia e venezuela são igualzinhos

  • Ggm | Terça-Feira, 12 de Novembro de 2019, 10h11
    14
    6

    Incitação a violência, querer a volta da tortura no Brasil.

Matéria(s) relacionada(s):

TCE cria estrutura para atender a AL

maluf 400 curtinha   A Assembleia Legislativa saiu de Guilherme Maluf (foto), mandando-o para o TCE, mas ele não saiu da AL. Alçado à presidência com menos de um ano na cadeira vitalícia, Maluf acaba de criar uma assessoria parlamentar para promover o intercâmbio com as comissões da AL e ainda um...

Cassação de Abílio depois do Carnaval

abilio junior 400 curtinha   Por mais que Abílio Júnior (foto) implore e grite por socorro, na esperança de escapar da cassação, inclusive se colocando como vítima de perseguição política, perderá mesmo mandato. Mas isso só vai ocorrer após o Carnaval. A...

PGR monitora delação de ex-deputado

jose riva 400 curtinha   Membros do alto escalão da Procuradoria-Geral da República, que rejeitou a proposta de delação de José Riva (foto) na esfera federal por causa de omissão de crimes, estão monitorando os bastidores do acordo de colaboração, agora entre o Ministério...

Fritado no PDT e buscando o Aliança

antonio galvan 400 curtinha   Fritado no PDT, o presidente da Aprosoja, Antonio Galvan (foto), pretende agora procurar espaço em um partido considerado de direita. E está se movimentando para assumir em MT o comando do Aliança pelo Brasil, partido que está sendo criado pelo presidente Bolsonaro. O sojicultor se mostra,...

Lúdio e incógnita sobre quem apoiar

ludio cabral 400 curtinha   Em 2010, com PT rachado, o hoje deputado estadual Lúdio Cabral (foto) não apoiou Carlos Abicalil, do seu partido, para o Senado. Preferiu virar cabo eleitoral de Pedro Taques, que se elegeu. Agora, para este pleito suplementar ao Senado marcado para 26 de abril, para preencher a vacância devido...

Cotado à cadeira de desembargador

francisco faiad 400 curtinha   É forte o movimento nos bastidores entre os juristas, dentro e fora da OAB/MT, pela indicação do nome de Francisco Faiad (foto) pela classe Quinto Constitucional à cadeira de desembargador. Bem articulado e com bom conceito no meio jurídico, Faiad foi presidente da OAB/MT por dois...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.