Judiciário

Terça-Feira, 08 de Outubro de 2019, 14h:52 | Atualizado: 08/10/2019, 14h:59

MIL METROS

Ex-candidato e mulher devem ficar longes de criança que teria sido agredida por ele

Reprodução

Alex Rabelo

No destaque, ex-candidato pelo MDB, Alex Rabelo, e nesta imagem do vídeo ele aparece segurando o menino

A juíza Gleide Bispo dos Santos, da 1ª Vara Especializada da Infância e Juventude de Cuiabá, determinou que o funcionário público federal e ex-candidato a deputado Alex Rabelo (MDB) mantenha distância de mil metros em relação a um menino de 9 anos de idade que teria sido agredido por ele no final de julho. A medida também vale para a esposa de Alex, Gilvane Claudilene da Silva Rabelo.

"Diante dos indícios existentes, assim, em juízo de cognição sumária, torna-se necessária a adoção de medidas acautelatórias, consistentes, no caso, de decretação do afastamento dos requeridos", avaliou a magistrada.

Além da distância de mil metros, o casal não pode manter qualquer contato no ambiente domiciliar e familiar do menino, nem procurar a criança na escola.

Imagens do circuito interno de TV do Edifício Garden Três Américas mostram o momento da confusão, em 31 de julho. Alex aparece empurrando e dando um tapa na cabeça do menino. A mãe da criança alega que o homem teria esganado e dado um soco no rosto do menino. Em consequência da suposta agressão, ele foi levado a um hospital naquela data.

As agressões teriam ocorrido após a vítima ter acertado o rosto da filha de Alex com um dardo. A menina tem 8 anos e também brincava na área de lazer do condomínio.

Em sua decisão, a juíza destacou que "a criança já tentou suicídio diversas vezes, por sofrer bullying de moradores do condomínio, bem como, continua sendo vítima de deboches e chacotas na área comum do prédio, por parte do senhor Alex e de sua esposa, senhora Gilvane".

Gleide Bispo lembrou que o Estatuto da Criança e do Adolescente prevê a medida de afastamento para evitar maus-tratos, abuso sexual ou opressão. Consultado, o Ministério Público Estadual deu parecer pela concessão da medida protetiva.

Outro lado

Alex nega que tenha agredido a criança. De acordo com ele, seus movimentos foram apenas no sentido de afastar o menino, que estaria se comportando de maneira inadequada em relação à sua filha.

O advogado Daniel Ramalho, que representa Alex, disse à reportagem que entrou com uma contestação demonstrando a desnecessidade da medida protetiva. A defesa alega que o servidor não representa qualquer risco à criança e que os fatos alegados na ação não são verdadeiros.

Além disso, os mil metros estabelecidos pela decisão não poderiam ser cumpridos porquê Alex e Gilvane moram no mesmo prédio que a criança. "Ele teria que se mudar do prédio, se não daqui a pouco vai ser preso por descumprimento de ordem judicial", avaliou o advogado.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Maria do Socorro | Terça-Feira, 08 de Outubro de 2019, 18h33
    12
    1

    Que seja preso então. Na hora de intimidar e agredir uma criança não pensou

Matéria(s) relacionada(s):

Diretor define contratos emergenciais

alexandre beloto 400 curtinha diretor hospital   O diretor-geral da Empresa Cuiabana de Saúde Pública, Alexandre Beloto Magalhães (foto), tem feito compras emergenciais de materiais hospitalares para surprir demandas, especialmente do São Benedito e do Hospital Municipal de Cuiabá (HMC), que detém uma...

Bancada garante R$ 10 mi para IFMT

neri 400 curtinha   O deputado Neri Geller (foto), coordenador da bancada federal mato-grossense, anunciou destinação de R$ 10 milhões em emendas para o Instituto Federal de Mato Grosso no orçamento de 2020. Dirigentes do IFMT promoveram duas reuniões para debater projetos para melhorar a estrutura física...

Juca e aval do prefeito a projeto social

juca do guaran� curtinha 400   Juca do Guaraná Filho (foto), do Avante, conseguiu sensibilizar o prefeito Emanuel Pinheiro a apresentar uma mensagem à Câmara isentando do pagamento de IPTU os portadores de câncer e HIV. O  projeto foi apresentado originalmente na Câmara Municipal da...

Supremo enterra pedido contra Maluf

maluf_400   A 1ª Turma do STF enterrou de vez um pedido do advogado Waldir Caldas (Novo), ex-candidato ao Senado, que tentava revogar os atos que conduziram o ex-deputado Guilherme Maluf (foto) a uma cadeira no Tribunal de Contas. Caldas queria, ele próprio, ter a chance de ser indicado ao cargo, que era de prerrogativa da Assembleia. O...

Rosana reassume Sinop na quinta

gilson de oliveira 400 curtinha sinop   Pela segunda vez, o apresentador de TV Gilson de Oliveira (foto), do MDB, comanda temporariamente Sinop, a chamada capital do Nortão. A prefeita e empresária Rosana Martinelli saiu de licença não remunerada por 12 dias para cuidar de assuntos pessoais. Viajou aos Estados Unidos....

Vereador induzindo as pessoas ao erro

diego guimaraes curtinha 400   O vereador oposicionista pela Capital Diego Guimarães (foto), do PP, está induzindo a erro às pessoas. Mesmo o prefeito Emanuel já tenho anunciado que vetará a proposta da Câmara Municipal de aumentar o seu próprio salário, uma forma de criar o efeito cascata e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O que você acha das denúncias, principalmente sobre pagamento de propina, feitas pelo ex-presidente da AL José Riva, que tenta fechar delação?

São verdadeiras

Nem tudo é verdade

Acho que ele está mentindo

Não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.