Judiciário

Segunda-Feira, 24 de Fevereiro de 2014, 17h:59 | Atualizado: 24/02/2014, 18h:28

Operação Asafe

Ex-presidente do TRE tem absolvição negada por relatora; defesa recorre

.

evandro_stbile_interna.jpg

Ex-presidente do TRE, Evandro Stábile

O ex-presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), desembargador Evandro Stábile, teve o pedido de absolvição sumária negado pela relatora do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministra Nancy Andrighi. “Surpreende, assim, a alegação do réu, na presente fase do processo, de que desconhece a imputação, pois já lhe foi conferida oportunidade de manifestação prévia”, consta no trecho da decisão publicada nesta segunda (24).

Nancy preside o caso de suposta venda de sentenças em Mato Grosso, que culminou na deflagração da Operação Asafe, desencadeada pela Polícia Federal em junho de 2010. Durante o julgamento em que foi recebida a denúncia, a ministra citou 14 casos onde foi identificada a existência de venda de sentenças. Nancy ressaltou ainda a participação de Stábile. Ela chegou a dizer, inclusive, que o magistrado é amigo “íntimo” da esposa do desembargador aposentado Tadeu Cury, Célia Cury, apontada no inquérito como uma das principais negociadoras de sentenças. Além de Stábile, deixaram de exercer as funções os juízes Eduardo Jacob e Círio Miotto e o desembargador José Luiz de Carvalho

Na decisão publicada hoje, que foi proferida na última quinta (20), a ministra também determinou o início das oitivas de testemunhas, no qual foi designado ao juiz de 2° grau do Tribunal de Justiça do Distrito Federal, César Laboissiere Loyola, a tomada de depoimentos das testemunhas de acusação e de defesa que foram listadas. A audiência para ouvir as testemunhas de acusação acontece em 10 de março, às 10h. Já a inquirição das de defesa será às 14h. O ato vai ser realizado por videoconferência.

Essa não é a primeira vez que Stábile tem recurso negado pelo STJ. Antes, o desembargador afastado tentou anular as investigações da Operação, porém, sem êxito.

Outro lado 

Os advogados de defesa, Valber Melo e Ricardo Spinelli, sustentam que o pedido de absolvição sumária faz parte do processo de defesa, podendo ser acatada ou não, pela ministra. Diante da recusa de Nancy, Spinelli afirma que já foi impetrado o recurso contestando a decisão da relatora.

Nancy fala de 14 casos e diz que Stábile era amigo íntimo de Célia

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Salgadinhos sim; caminhão pipa, não

humberto bolinha 400 curtinha   Em Guiratinga, o prefeito Humberto Domingos, o Bolinha (foto), resolveu homologar na última segunda, 1º de junho, processo licitatório para contratar uma empresa com vistas a fornecer salgadinhos nas 11 secretarias municipais. Vão ser gastos com salgados R$ 21,7 mil. No mesmo dia, Bolinha...

Nepotismo e demissão na gestão Pátio

leandro junqueira 400   Acuado pela notificação recomendatória do Ministério Público Estadual, o prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio, não teve outra saída senão exonerar a servidora Renata Castilho Moreno do cargo comissionado de gerente do Departamento de Engenharia e...

Candidatíssima à vereadora em Cuiabá

gisele almeida 400 curtinha   A apresentadora de TV, Gisele Almeida (foto), vai mesmo encarar o teste das urnas como candidata à vereadora em Cuiabá. Irmã do ex-vereador, ex-deputado e hoje conselheiro afastado do TCE, Sérgio Ricardo, ela não perde tempo nas articulações. Recentemente, recebeu no...

Quebra-cabeça para definir a chapa

eduardo botelho 400 curtinha   Eduardo Botelho (foto) está postergando ao máximo a definição dos nomes de sua chapa ao comando da Mesa Diretora. A eleição já acontece no dia 10, na próxima semana. Como 12 dos 24 deputados brigam por espaço, o presidente da Assembleia sabe que, ao final,...

Secretário terá de explicar contrato

alex vieira 400 curtinha   O secretário de Educação de Cuiabá, Alex Vieira (foto), tem dois dias para apresentar defesa ao TCE sobre uma representação da empresa F. M Paragas, propriedade de Fernando Marcelo, que apontou supostas irregularidades na contratação, por dispensa de...

Presidente da OAB e péssimo exemplo

leonardo campos 400 curtinha   Continua repercutindo muito mal, inclusive em âmbito nacional, o escândalo em que se envolveu Leonardo Campos, o Léo Capataz (foto), que acabou se afastando da presidência da OAB-MT. Deu um péssimo exemplo à sociedade. Ele foi parar na Delegacia, na semana passada, sob...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.