Judiciário

Sexta-Feira, 19 de Julho de 2019, 17h:05 | Atualizado: 19/07/2019, 17h:18

Ex-servidora rebate cabo e coronel sobre suposto desvio de verba secreta do Gaeco

Reprodução

gerson_gaeco

Cabo Gerson, em depoimento nesta semana, apontou o desvio de "verba secreta" no Gaeco

A ex-servidora do Ministério Público Estadual (MPE) Mirela Miranda Ojeda negou que tenha havido quaisquer irregularidades no uso da verba secreta do Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco). As acusações foram feitas pelo cabo Gerson Corrêa e pelo coronel Evandro Lesco, em depoimento à Justiça Militar nesta semana. Eles afirmam que haveria desvio de finalidade no uso do dinheiro.

Os militares tiveram acordos de colaboração premiada negados pelo MPE. Ela foi exonerada do órgão em 1º de março deste ano. Em nota à imprensa, Mirela afirmou que em todo seu tempo no órgão sempre cumpriu “as ordens dos meus chefes dentro da lei, com honestidade e responsabilidade nas demandas financeiras para uso exclusivo nas diligências sigilosas a serviço daquele grupo”.

“Que repudio as declarações mentirosas contra a minha pessoa e aos membros do Ministério Público, uma vez que o período de 10 anos que trabalhei junto ao grupo, as prestações de contas eram rigidamente conferidas e aprovadas pelos Procuradores e promotores de Justiça dentro da legalidade”, declarou a ex-servidora.

Ela lembrou que as prestações de contas foram devidamente aprovadas também pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) ao final de cada ano.

“Informo ainda que todas as contas prestadas pelos Policiais eram realizadas nos retornos das viagens e diligências sigilosas, e que por vinculo de confiança eram conferidas e aprovadas pelos Procuradores e Promotores de Justiça, cabendo a mim, por praxe de serviço, atestar e lançar na planilha de despesas daquele grupo, obedecendo as ordens a mim imputadas, dentro da lei de prestação de contas da Procuradoria Geral de Justiça”, disse.

Mirela se colocou à disposição da Justiça, em quaisquer instâncias, tribunais ou juízo, para prestar esclarecimentos em relação às contas da verba secreta.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Guilherme | Sábado, 20 de Julho de 2019, 13h24
    5
    2

    Creio que não há necessidade do cabo e alguns coronéis fazerem tais afirmações, seria loucura. Agora, com elação a servidora, ela pode estar enganada pela incompetência ou alguma incapacidade de analisar prestação de contas, que sempre tem uma brecha para se valer de desvios.

Matéria(s) relacionada(s):

Expediente suspenso e posse no TCE

guilherme maluf 400 curtinha   O expediente no TCE-MT será suspenso na segunda, a partir das 12 horas. É que às 15 horas acontece a sessão especial na Escola Superior de Contas, marcando a posse de Guilherme Maluf (foto) na presidência do órgão fiscalizador. O hoje presidente Domingos Neto passa ao...

Túlio, desgaste e disputa em Cáceres

tulio 400 caceres   Derrotado a deputado estadual duas vezes, a última em 2018, Túlio Fontes (foto) não sustenta mais o que declarou há três meses, quando anunciou que ficaria de fora da corrida à Prefeitura de Cáceres. Mesmo tendo abandonado o município por um bom tempo, desde quando concluiu...

Disputa em Sinop e vaga na Câmara

juarez costa 400 curtinha   O deputado federal Juarez Costa (foto) tem espalhado que será candidato a prefeito de Sinop, posto já ocupado por ele por dois mandatos. No fundo, o emedebista espera que Rosana Martinelli (PL), que foi sua vice e depois se elegeu prefeita nas urnas de 2016, desista do projeto de reeleição...

Francis forçando a barra ao Senado

francis maris 400 curtinha   Francis Maris (foto), empresário e prefeito de Cáceres, é mesmo corajoso. Ele anunciou que vai reunir colegas prefeitos da região Oeste para discutir a ideia de entrar na disputa ao Senado, na eleição suplementar para a vaga de Selma, cassada esta semana. Francis se acha "o...

Sindal repudia postura de "indicado"

O presidente do Sindal Jovanildo da Silva se diz traído por Osmar Capilé, representante dos segurados da AL e que exerce cargo de diretor dos Aposentados, que votou favorável a nova alíquota de 14% no Conselho da Previdência. O apoio ao aumento da cobrança gerou revolta entre os servidores do Legislativo, que partiram para cima de Jovanildo cobrando explicações. Em nota de repúdio, o sindicato, que o indicou como representante no...

Arena fechada ao público por 3 dias

virginia mendes curtinha 400   Nos seis primeiros dias de portas abertas, a Arena Encantada, considerada o maior parque natalino que Mato Grosso já viu, recebeu quase 10 mil visitantes. Mas ficará três dias inacessível ao grande público. Na segunda (16), a Arena será exclusiva das milhares de crianças...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.