Judiciário

Quarta-Feira, 17 de Julho de 2019, 18h:43 | Atualizado: 18/07/2019, 07h:25

Gerson lista 15 operações originadas por meio de "barriga de aluguel" pelo Gaeco

Rodinei Crescêncio

Gerson Correa Marcos Faleiros

Cabo Gerson durante depoimento em audiência conduzida pelo juiz Marcos Faleiros, na 11ª Vara Militar, quando levantou suspeita contra o Gaeco

Réu na ação militar que apura a prática de interceptações telefônicas ilegais por parte da Polícia Militar, o cabo Gerson Correa presta novo depoimento ao juiz Marcos Faleiros, da 11ª Vara Militar, nesta 4ª. Ao reclamar de não ter conseguido firmar acordo de colaboração premiada (delação) com o Ministério Público Estadual (MPE), o militar aponta que um dos motivos pela rejeição está o fato de ter feito acusações contra membros do Gaeco, onde trabalhou por anos no setor de grampos telefônicos.

Gerson afirma que desde 2013, ao menos 15 operações do Gaeco foram deflagradas com o uso de grampos ilegais. O cabo chegou a entregar ao magistrado um documento, em que lista todas elas.

"Essa prática de barriga de aluguel no Gaeco ocorre de longa data. Isso é uma prova inequívoca de que apenas com a narrativa de um relatório se subsidia o pleito de interceptação telefônica e se faz a investigação, sem outros indícios de autoria se faz a interceptação", revelou.

No depoimento, Gerson cita, por exemplo, a prática de barriga de aluguel na Operação Rêmora, de 2015, que apurou um suposto esquema de cobrança de propina na Seduc, resultando na prisão de empresários, servidores e até do ex-secretário da pasta, Permínio Pinto.

O cabo acusa irregularidades nas operações: Seven, Xeque Mate, Salvitena, Ethôs, Poconé, Fazendeiro/Aquiles, Caso Joanísio Rosa de Moraies, Chacal, e outras.

Conforme Gerson, os promotores do Gaeco pegavam uma ordem judicial de determinada investigação para colher “outros dados de outros investigados em outros procedimentos”.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

Governo monitora crise na segurança

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro monitora de perto a crise instaurada no setor de segurança devido à operação desencadeada na Penitenciária Central do Estado, em Cuiabá, para acabar com regalias de presos "da pesada", que comandam o crime organizado de dentro das celas. Houve...

Faissal se licencia e Oscar assume vaga

oscar_curtinha_400   O deputado estadual de primeiro mandato Faissal Calil (PV), a partir de quarta (21), vai se licenciar por 4 meses. Assim, dará lugar para o retorno do ex-deputado Oscar Bezerra (foto), que disputou à reeleição no ano passado, sem sucesso. Oscar, que tem base eleitoral em Juara, teve 11.827 votos e...

Fora do Podemos e dando pitacos

marcelo_curtinha   O presidente do Podemos-MT, José Medeiros, se diz surpreso com as declarações do adjunto de Turismo da Capital Marcelo Pires, que se posiciona contra a filiação de Niuan no partido. O absurdo disso é que Marcelo sequer é filiado e muito menos militante. Só participou de uma...

Melhorias refletem no Mutirão Fiscal

emanuel pinheiro curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro (foto) está empolgado com a intensa procura dos contribuintes para negociação de dívidas municipais e ficou mais animado quando tomou conhecimento dos comentários de muitos, inclusive daqueles menos favorecidos, que estão indo à Arena Pantanal,...

Inclusão ilegal de Júlio no DEM-Cuiabá

fabio garcia 400 curtinha   A conspiração de Fabio Garcia (foto) na hora de definir novos membros do DEM-Cuiabá, armada às pressas e na base do atropelo, sem consultar os irmãos Júlio e Jayme Campos, principais referências do partido na Baixada Cuiabana, acabou por escancarar uma prova de ilegalidade....

Tragédia, Sachetti, 2020 e reflexos

adiltonsachetti_curtinha400   O apelo emocional provocado pelo acidente envolvendo Lidiane, esposa de Sachetti (foto), e que resultou na morte de uma criança de 3 anos, aliado à suspeita de fuga e omissão de socorro, seguramente terá reflexos nas eleições de 2020. Caso o ex-federal e ex-prefeito seja...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Mauro Mendes?

excelente

bom

regular

ruim

péssimo

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.