Judiciário

Sexta-Feira, 08 de Novembro de 2019, 16h:59 | Atualizado: 08/11/2019, 17h:15

Gilmar Mendes faz visita ao HMC: Lula deixar a prisão não gera tumultos no país

Dayanne Dallicani

Gilmar Mendes

O ministro Gilmar Mendes, durante visita ao HMC, nesta tarde, um dia após decisão histórica do STF, que permitiu a liberdade do ex-presidente Lula

Um dos 6 votos contrários a prisão após condenação em 2ª instância, o ministro mato-grossense Gilmar Mendes afirma que a soltura do ex-presidente Lula, preso em Curitiba há 580 dias, não deve acarretar em "tumultos" no país. De acordo com Gilmar, apesar de muitos pensarem o contrário, o Brasil é uma democracia que "demonstra bastante maturidade". "Amanhã ele [Lula] estará em casa e a vida segue normalmente, a política é feita de diálogo, vejo isso com absoluta normalidade".

A declaração foi feita durante visita do ministro ao Hospital Municipal de Cuiabá (HMC), na tarde desta sexta (8), quando, em Curitiba, Lula conseguia alvará de soltura e deixava a sede da Polícia Federal, onde cumpria pena por conta da condenação do caso do Tripléx, no Guarujá.

Aos jornalistas, Gilmar lembrou a prisão de Lula em abril do ano passado, quando, conforme ele, também foram previstas grandes manifestações contra a determinação, o que não teria ocorrido. Para o ministro, a decisão deve ser recebida com "normalidade" e que não prevê grandes intervenções de juízes, promotores e delegados. 

"A democracia representativa se faz com os políticos, é importante restabelecer esse diálogo, a adversariedade é normal do processo, mas não a inimizade, ninguém tem que querer matar ou eliminar seu adversário".   

Dayanne Dallicani

Emanuel Pinheiro, Gilmar Mendes e Emanuelzinho

Prefeito Emanuel Pinheiro e o deputado Emanuelzinho recebem ministro Gilmar Mendes para visita ao HMC, hoje

Prisão em segunda instância

Por seis votos a cinco, o STF derrubou a possibilidade de prisão de condenados em segunda instância durante a quinta sessão de julgamento sobre o assunto ontem (7), quando a maioria dos ministros entendeu que, segundo a Constituição, ninguém pode ser considerado culpado até o trânsito em julgado (quando não cabem recursos).

Para Gilmar, a Justiça está "prendendo muito e mal". O ministro citou Pernambuco como exemplo, onde cerca de 850 mil presos ocupam unidades do estado, que chega a 190% de superlotação. "Me parece que esse debate foi um aprendizado importante, temos que melhorar não só o sistema legal, mas também o sistema processual, temos que melhorar a Justiça. Fazemos um imenso esforço para julgar casos de réus presos, as vezes levamos dez anos", disse durante a visita em Cuiabá.

O ministro também criticou a imprensa e afirmou que "por omissão ou ação", certos grupo de pessoas foram demonizadas e outras beneficiadas, estimulando práticas radicais. "Por conta desse radicalismo que se alimentou o unilateralismo das notícias, as pessoas começaram a percebem que recebiam uma informação unilateral da mídia". 

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • alexandre | Sábado, 09 de Novembro de 2019, 12h42
    0
    0

    infelizmente o STF faz leis, conforme sua interpretação e dependendo de quem é o réu ..

  • José Carlos dos Santos | Sábado, 09 de Novembro de 2019, 03h16
    0
    2

    O ministro Gilmar cumpriu a constituição se o parlamento quiser mudar com relação a prisão de segunda instância é só mudar a constituição. Afinal o papel do legislador e fazer leis e do judiciário aplicar leis. Ou vai ter que desenhar.

  • Henrique Dias | Sexta-Feira, 08 de Novembro de 2019, 21h20
    1
    0

    Henrique Dias, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Cuiabano Cansado | Sexta-Feira, 08 de Novembro de 2019, 21h08
    10
    2

    Nao sei quem é pior desses aí.. mas esse Gilmar Mendes é o que me dá mais nojo.

  • alexandre | Sexta-Feira, 08 de Novembro de 2019, 19h00
    12
    3

    ´só ele que acredita nisso, vai ter guerra civil...a esquerda não aceita perder eleições...

  • moreira | Sexta-Feira, 08 de Novembro de 2019, 17h27
    20
    4

    Mané paletó, Paletozinho e Gilmar Mendes: todos farinha do mesmo saco

  • kono | Sexta-Feira, 08 de Novembro de 2019, 17h24
    18
    4

    Ele pode estar solta , mas tem que tomar o dinheiro que ele subtraiu da nação

4 ex-prefeitos se juntam em Chapada

gilberto mello 400 curtinha   Considerado nome mais forte da oposição, Gilberto Mello (foto), do PL, lançou sua pré-candidatura à sucessão em Chapada dos Guimarães com apoio de nada menos que três ex-prefeitos, fora ele próprio, que administrou o município entre 2005 e 2008....

Contrato em VG sob irregularidades

jaqueline jacobsen curtinha 400   O TCE mandou a prefeita de Várzea Grande, Lucimar Campos, suspender qualquer pagamento à empresa Lidyfarma Comércio de Produtos Farmacêuticos referente a um contrato sem licitação para compra de 50 mil comprimidos de Azitromincina 500 mg para combate ao coronavírus....

Fabio deve mesmo tentar prefeitura

fabio garcia 400 curtinha   O DEM do governador Mauro aposta todas as fichas na candidatura do empresário Fábio Garcia (foto) a prefeito de Cuiabá. Até sexta ele deve responder "sim" ao partido. Fabinho, como é conhecido, é um dos integrantes do núcleo de confiança do governador. Inclusive foi...

No marketing de Pivetta para Senado

bruno bini 400 curtinha   O cineasta e publicitário Bruno Bini (foto) deve comandar o marketing da campanha ao Senado do vice-governador Otaviano Pivetta. As negociações estão praticamente fechadas. Antes da pandemia, em fevereiro, Pivetta estava em negociação com Antero de Barros. A última campanha...

Jogada de vereador pra conseguir vice

thiago muniz 400 curtinha   O vereador de 2º mandato Thiago Muniz (foto), primo do ex-prefeito Percival, resolveu se lançar pré-candidato a prefeito de Rondonópolis pelo DEM como estratégia para manter o nome nas discussões majoritárias e na esperança de ser convidado para vice de alguém....

MDB fechado com Pivetta à senatória

joao jose 400 curtinha   O médico e deputado estadual João José (foto), do MDB, disse nesta segunda, em entrevista às jornalistas Lídice Lannes e Andhressa Barboza, em live do RDTV, tv web do portal Rdnews, que o seu partido está fechado no apoio à candidatura de Otaviano Pivetta ao Senado, na...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.