Judiciário

Quinta-Feira, 09 de Janeiro de 2014, 12h:15 | Atualizado: 09/01/2014, 12h:17

PARECER FAVORÁVEL

Henry é liberado para trabalhar no Santa Rosa, mas não como médico

pedro_henry_analise.jpg

O ex-deputado federal Pedro Henry está liberado para trabalhar em hospital de Cuiabá, mas não fica no corpo clínico

Às 19h32 - Juiz também libera Henry

 

Pedro Henry pode  começar a trabalhar no Hospital Santa Rosa a partir desta quinta (9). A permissão foi concedida pelo juiz Geraldo Fidélis, da Vara de Execuções Criminais de Cuiabá, em audiência realizada hoje (8) à tarde. A decisão judicial foi tomada após parecer favorável do Ministério Público. Agora, o ex-deputado, que é assistido pelos advogados Décio e Raphael Arantes, passa efetivamente a cumprir pena no regime semiaberto, trabalhando durante o dia e pernoitando na Polinter.

 

 

Henry é liberado para trabalhar no Santa Rosa, mas não como médico

 

O ex-deputado federal Pedro Henry (PP), condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no julgamento do Mensalão a 7 anos e 2 meses de prisão, recebeu autorização da Justiça para trabalhar no hospital Santa Rosa, localizado em Cuiabá, que tem como um dos donos o deputado estadual Guilherme Maluf (PSDB). O ex-parlamentar vai receber salário de R$ 7,5 mil e ficará na área administrativa, como coordenador. Ele, que é médico, não assume o corpo clínico porque o Conselho Regional de Medicina (CRM) ainda não emitiu liberação.

O Ministério Público também foi favorável para que o mensaleiro deixe a Polinter durante o dia e retorne a unidade prisional no período da noite. O promotor de Justiça Joelson de Campos Maciel, em seu parecer, diz que “considerando a gravidade dos atos praticados pelo reeducando e levando-se em conta a necessidade de preservar a integridade moral dos pacientes e da profissão médica, requer seja dado ciência da presente condenação e executivo de pena ao Conselho Regional de Medicina, para adoção das providências que julgar necessárias”.

Henry é médico com especialização em anestesia, perícia médica legal e medicina hiperbárica (tratamento baseado no uso de oxigênio puro em câmaras pressurizadas para cicatrização de feridas e combate a infecções).

Com a remuneração mensal de R$ 7,5 mil, o mensaleiro teria que trabalhar pouco mais de 10 anos para pagar a multa de R$ 936 mil fixada pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Enquanto esteve na Polinter por tempo integral, Henry só quis receber a visita da esposa, Iva Henry. O ex-parlamentar por 4 mandatos, teria passado boa parte dos dias lendo. Ele foi transferido da Papuda, localizada no Distrito Federal (DF), para Cuiabá em 27 de dezembro. O mensaleiro deixou a aeronave, de voo comercial, algemado. A cela que passará à noite mede cerca de 20 metros e conta com um banheiro e cinco beliches.

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • joao do povo | Quarta-Feira, 22 de Janeiro de 2014, 18h11
    0
    0

    joao do povo, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Paulo | Quinta-Feira, 09 de Janeiro de 2014, 13h26
    1
    0

    É possível que o julgamento tenha sido político mesmo, Porque até onde tenho conhecimento, nenhum político vai cumprir pena no regime fechado. Só os outros que entraram de gaiatos no esquema, iludidos pelos políticos é que estão enquadrados nessa pena. E aì? Sr. Waterson, será que você também faz parte do esquema?

  • Adriano | Quinta-Feira, 09 de Janeiro de 2014, 12h09
    0
    0

    Como alguém se consultaria com um presidiário? acho bem difícil que uma pessoa em sã consciência teria coragem de consultar com um marginal.

  • laura lima | Quinta-Feira, 09 de Janeiro de 2014, 08h56
    4
    0

    com tudo que ele aprontou e ainda vai receber um salario destes? Alias, todos os mensaleiros.Deveria ser igual aos presos comuns,prestar serviços e dar cestas basicas para os pobres, de quem ele tirou o dinheiro.Muita injustiça.E o salario do trabalhador?

  • Pauli | Quarta-Feira, 08 de Janeiro de 2014, 22h31
    3
    1

    Se este país fosse sério isto jamais aconteceria, o cara aprontou como mensaleiro, estava aprontando como dono da saúde no estado, e pelo que se observa vai continuar de boa, né. É isso aí...

  • Paulo | Quarta-Feira, 08 de Janeiro de 2014, 22h06
    6
    1

    Médico é médico. E ladrão é ladrão! o cara escolheu a segunda opção e agora só porque foi pego quer ser médico? Outra coisa: essa multa teria que ser paga já, com dinheiro das fazendas e bens adquiridos com esses esquemas que ele era especialista em fazer na maior cara de pau, numa arrogância sem precedentes. Paciente que se preze não aceita ser atendido por um cara desse.

  • Mario Márcio da costa e silva | Quarta-Feira, 08 de Janeiro de 2014, 21h08
    1
    4

    O CRM QUER APARECER AS CUSTAS DO DEPUTADO O JUIZ DEVE EXIGIR QUE SEJA LIBERADO SUA CARTEIRA PARA TRABALHAR NA SUA ÁREA .TEMOS VISTO A CARÊNCIA EXISTENTE NESTE SETOR NO PAÍS ACREDITO QUE SERIA MELHOR APROVEITADO COMO MÉDICO

Matéria(s) relacionada(s):

Neurilan critica Pivetta e faz campanha

otaviano pivetta 400 curtinha   Em discurso em Tangará da Serra, num evento promovido pela AMM que serviu de palanque eleitoral, Neurilan Fraga disparou críticas ao vice-governador Pivetta (foto), que também pretende concorrer ao Senado. Disse que Pivetta não aceita nem discutir o valor repassado hoje aos...

Evento da AMM para pré-candidatura

neurilan fraga 400   Neurilan Fraga (foto), que aproveita o trunfo de presidente da AMM para tentar projeção política, insiste na pré-candidatura ao Senado, mesmo com a filiação oficial ao PL fora do prazo exigido pela legislação, o que ensejará no indeferimento do registro. E...

Selma, carreata e "ciúmes políticos"

selma arruda 400 curtinha   Quem vê Selma Arruda (foto), senadora cassada por crimes eleitorais, e o ex-senador e federal José Medeiros afinados no Podemos, nem imagina que no pleito de 2018 ela optou por distanciá-lo motivada simplesmente por "ciúmes políticos". Selma carregava o slogan de "Senadora de Bolsonaro"....

Reunião pra debater viabilidade do VLT

wellington 400 curtinha   Após participar de uma reunião na Secretaria Nacional de Mobilidade Urbana, o senador Wellington (foto) revelou que no próxmo dia 10 vai ser realizado encontro com o secretário José Carlos Medalia e com integrantes do Governo de MT para discutir a viabilidade do VLT, cujas obras...

Estado reduz número de homicídios

alexandre bustamante curtinha 400   O secretário Alexandre Bustamante (foto), de Segurança Pública, está comemorando a redução do número de crimes em MT.  O Estado fechou 2019 com a menor taxa de homicídios dos últimos 10 anos. Nos 12 meses do ano passado foram contabilizados...

Acerto pra Pivetta se filiar ao Podemos

alvaro dias curtinha   Mais uma demonstração de que o senador Álvaro Dias (foto), líder do Podemos no Congresso, está ignorando a pré-candidatura ao Senado do seu próprio colega de partido, deputado José Medeiros. Álvaro já acertou com Pivetta apoio na disputa à...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Sobre a senadora Selma Arruda, que teve mandato cassado por caixa 2 e abuso de poder econômico, você acha que ela foi...

ingênua

corrupta

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.