Judiciário

Quarta-Feira, 12 de Fevereiro de 2014, 07h:37 | Atualizado: 12/02/2014, 11h:56

Mensalão

Henry recebe mais de R$ 15 mil, 43% do que recebia como parlamentar

Rodinei Crescêncio

Pedro Henry, deputado federal

Ex-deputado trabalha no IML e Santa Rosa durante o dia e cumpre pena a noite

O ex-deputado federal Pedro Henry (PP) está ganhando cerca de R$ 15,1 mil por mês nos dois empregos que acumula, enquanto cumpre pena em regime semiaberto, 43% a menos dos R$ 26,7 mil que recebia como parlamentar. Pelo trabalho da manhã, na administração do Hospital Santa Rosa, tem salário de R$ 7,5 mil. Já à tarde, como médico legista do Instituto Médico Legal (IML), onde é concursado, sua remuneração é de aproximadamente R$ 7,6 mil – salário inicial pago à categoria por 44 horas de trabalho semanais.

Embora tenha trabalhado 6 horas diárias nas duas últimas semanas – 30 horas semanais –, o valor recebido pela atuação no IML pode ser ainda maior. Isso porque exerceu a função por 12 anos e ficou afastado por outros 18 anos. Neste caso, a secretaria estadual de Segurança Pública (Sesp) está incumbida de atualizar o valor a ser pago ao reeducando. Para fazer a contabilidade, terão que considerar, ainda, a qualificação de Henry, que é médico com três especialidades. A pasta não soube informar ao RDNews qual será, de fato, o subsídio do ex-parlamentar federal.

Henry foi condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no julgamento do Mensalão e há menos de um mês cumpre pena de 7 anos e 2 meses de prisão em regime semiaberto. Ganhou na Justiça o direito de trabalhar durante o dia e voltar para dormir na cadeia, de forma que trabalhe por, no máximo, 8 horas diárias.

No entanto, nos últimos dias parece ter ignorado o que diz a Lei de Execuções Penais (LEP) e decidiu, por conta própria, trabalhar além do que determina a legislação. Nos últimos 15 dias exerceu 32 horas a mais de atividades laborais, já que tem atuado das 6h30 às 12h30, de segunda a sábado, no emprego da manhã (sendo que aos sábados sai às 14h), e das 13h às 19h na ocupação vespertina.

Diante da situação, o juiz da 2ª Vara Criminal de Cuiabá, Geraldo Fidelis, barrou Henry e determinou que o ele cumpra a carga horária permitida pela LEP. Ao RDNews, o magistrado disse que “ele precisa entender que quem determina os horários dele é a Justiça e não ele”. Resta saber se o ex-deputado cumprirá a ordem judicial.

Defesa  

O advogado Raphael Arantes, assim como a Sesp, não soube informar o valor exato que Henry está recebendo pelo trabalho no IML. Quanto à decisão judicial, disse que ainda não foi notificado, mas que já prepara a adequação no horário. 

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • dalva | Quinta-Feira, 13 de Fevereiro de 2014, 07h59
    0
    0

    esse salario é simbolico, , pois esse cassado tem propriedades, dono de emissora, etc...coitado dele? ou do povo que esta precisando de vaga nos hospitais?

  • marcio oliveira | Quarta-Feira, 12 de Fevereiro de 2014, 19h31
    1
    1

    mais sera que ta com a coleira de rastreamento tem que ver tinha que colocar para o povo rastrear os mensaleiro tem que colocar no pescoço e de roupa de presidiário ai fica chou de bola.......

  • Alfredo Sampaio | Quarta-Feira, 12 de Fevereiro de 2014, 13h59
    0
    2

    Fica claro a perseguição de setores da mídia como troco ao ex-parlamentar que sempre se recusou a dar entrevistas aos jornalistas e dar a famosa caixinha. Agora sabemos que o mesmo é aquilo que sempre se falou dele: trabalha sem parar, pena que perdemos o deputado que mais produziu para MT em realizações e empenho de emendas, conforme ouvimos de vários prefeitos.

  • Antonio Cavalcante Filho | Quarta-Feira, 12 de Fevereiro de 2014, 12h35
    2
    2

    Segundo a psiquiatria, o corrupto é portador de um transtorno de personalidade, na ótica da psiquiatria a sociedade deve enxergá-lo como um doente que não merece compaixão ou complacência. Ele precisa ser contido. Porque uma vez corrupto sempre corrupto. Político corrupto, empresário corrupto, empreiteiro poderoso, cuja única ambição é dinheiro e poder, são deficientes de caráter, atrasados na evolução da espécie. Sujeitos com deficiência de caráter são insensíveis às necessidades dos outros, condição que obedece a um espectro de manifestação do sujeito ambicioso até o pior dos perversos cruéis. Uma pessoa sadia, do ponto de vista da personalidade, não pratica atividades ilícitas. Os transtornos de personalidade são intratáveis, incuráveis e irreversíveis.

  • Francisco Carlos | Quarta-Feira, 12 de Fevereiro de 2014, 07h59
    4
    1

    Bem.... não sou a favor do que esse senhor fez, ele está cumprindo pena pelos seus atos, mas deixo aqui minha colocação. Vcs iram ficar crucificando-o pelo resto da vida??????????? Ele é um ser humano como qualquer um de nós que hj ou amanhã também podemos errar. Deixe ele seguir a vida dele em paz..... A justiça que resolva as pendências que ainda existam. vamos cuidar das nossas vidas e buscar fazer o melhor pelos nossos semelhantes, fazemos parte de uma sociedade que anda perdendo o seus princípios, onde falta o amor pelo próximo. A revolta da sociedade existe, sem dúvidas, mais quem é o santo para atirar a primeira pedra?????

Túlio, inabilidade política e frustração

tulio fontes 400 curtinha   Túlio Fontes (foto), que ainda faz mistério sobre disputa à sucessão em Cáceres, ficará mesmo fora do embate das urnas. Ex-prefeito e derrotado duas vezes para deputado estadual, ele não moveu uma palha para fortalecer o seu nanico PV. Conclusão: o partido só...

Pátio, vice, o MDB e ex-secretário

adonias fernandes 400 curtinha   Em Rondonópolis, o prefeito Zé do Pátio não desistiu de vez do seu antigo partido, o MDB, no qual militou por mais de duas décadas. Embora em rota de colisão com alguns líderes emedebistas, Pátio ainda tem bom contato com o ex-padrinho político, o...

Prefeito de Sapezal e aditivo com 15%

valdecir casagrande 400 curtinha sapezal prefeito   O prefeito de Sapezal, Valcir Casagrande (foto), autorizou o quarto aditivo de um contrato sem licitação, firmado em 2019 entre o município e a Casa de Saúde Santa Marcelina. Chamam atenção o valor e o aumento. A continuidade do atendimento aos...

Partidos acirram disputa a vice de Léo

leonardo 400 curtinha   Em Primavera do Leste, o prefeito emedebista Léo Bortolin (foto), um dos mais bem avaliados gestores mato-grossenses, convive com uma disputa acirrada de pretendentes ao cargo de vice-prefeito de sua chapa. A corrida por novo mandato está tão confortável que Léo praticamente não tem...

MDB e PRB devem se juntar em ROO

luizao 400 curtinha   Ao menos dois blocos de oposição em Rondonópolis estão levando a sério a observação do ex-governador e ex-senador Blairo Maggi, para quem Zé do Pátio ganharia a reeleição numa boa se o município tiver várias candidaturas. Ou seja, quanto...

Parlamentares numa disputa cômoda

thiago silva 400 curtinha   Parlamentares que estão se aventurando na disputa a prefeito nada têm a perder. Não precisam nem se afastar dos mandatos para concorrer ao pleito. Em caso de derrota nas urnas de novembro, continuam com suas cadeiras garantidas até 2022 (situação de estadual e federal) e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.