Judiciário

Sexta-Feira, 30 de Abril de 2010, 15h:18 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:26

INVESTIGAÇÃO

Igreja acusa comandante do Corpo de Bombeiros de invasão

Carlos Alexandre Rodrigues Coronel   O comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Carlos Alexandre Rodrigues Coronel, se vê envolvido num processo judicial em que é acusado de invadir parte de um terreno da Igreja Mitra Arquidiocesana de Cuiabá, localizado no bairro Jardim Independente. Segundo a acusação, o militar invadiu 40 metros quadrados de um terreno da igreja. O processo corre na Justiça, mas a briga é, no mínimo, curiosa.

   Em sua defesa, o coronel afirma que, numa atitude solidária, teria feito acordo com uma idosa que ocupava o espaço. Segundo ele, a mulher reside no local há cerca de 30 anos. Ao ser questionado pela reportagem sobre a denúncia, o comandante apresentou fotos que ilustram as condições precárias em que a idosa vivia aos fundos da residência. “É no meio destes escombros e entulhos que ela e o marido moravam. O que eu fiz foi um acordo para melhorar a vida dela”, sustentou.

   Ele admite que realmente aumentou seu terreno, que antes era dividido por um muro com rachaduras provocadas pelas grandes raízes de uma árvore, responsáveis por infiltrações em sua piscina. Ele alega que fez uma caridade. “Paguei e consegui doações para construir a casa para o casal. Eles não possuíam nem mesmo banheiro. Fiz isso com uma contrapartida aceita por eles, que inclusive acompanharam as obras”, defendeu-se. 

   O responsável pela Igreja chegou a ir no local pedir a suspensão das obras. A Mitra conseguiu na Justiça a reintegração de posse do terreno, mas o coronel recorreu ao Tribunal de Justiça e derrubou a liminar concedida em 1ª instância. O processo continua em tramitação no Judiciário. A Igreja quer o terreno de volta e, para tê-lo em parte ou ao todo, terá também que retirar o casal do local, conforme alerta o comandante.
 
   Antes de ser promovido a coronel, em julho do ano passado, Carlos também se envolveu numa "disputa de poder", conforme ele próprio classifica. Uma denúncia que tramita na Justiça Militar supostamente evidencia usurpação de função pública, acúmulo de outra atividade e ainda defesa de interesses particulares para benefício de academia de Bombeiros Civil. Um dos fatos que evidenciaria o suposto desvio de conduta é a participação dos bombeiros voluntários nas vistorias que competem ao Corpo de Bombeiros Militar.

   Com resposta taxativa, o comandante negou participação em tais atos e disse ter documentos comprobatórios de que não exerce função na Academia de Bombeiros Civil e dos Bombeiros Voluntários. “Essas denúncias, em verdade, escondem uma disputa por comando”, alertou.

   O comandante afirma que, por um certo período, o Corpo de Bombeiros Militar se sentia responsável por vistoriar a atuação da Academia de Bombeiros Civil, mas que as disposições sobre quem fiscaliza não estão definidas. “Eles atuam nas funções inerentes a eles e nós na nossa função”, sustentou. Essa última denúncia estaria tramitando na Corregedoria do Corpo de Bombeiros Militar. O protocolo data de 2007, quando o Carlos ainda detinha a patente de tenente-coronel. “Como poderia ultrapassar minha competência da forma em que sou acusado sem estar no Comando-Geral”, ironizou o comandante.

Postar um novo comentário

Comentários (131)

  • wanderley | Segunda-Feira, 10 de Maio de 2010, 17h10
    0
    0

    wanderley, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Nostradamus | Segunda-Feira, 10 de Maio de 2010, 10h50
    0
    0

    A pouca vergonha ocorrida poderia ser modificada se pessoas de personalidade não fossem descartadas.Promovam quem realmente mereça e que tenha caráter,só assim ocorrerá mudanças necessárias,

  • Paulo | Domingo, 09 de Maio de 2010, 08h01
    0
    0

    Cade Romilson, mais informaçoes sobre esse assunto, pois seria de bom alvitre ter noticias comentadas como foi essa. Pois assim o seu site vai ser assessado como foi esse. Assim o seu site vai ser o numero 1 em visita por internaltas fazendo comentarios com esta sendo.

  • Jesus | Sábado, 08 de Maio de 2010, 13h42
    0
    0

    Como sempre o Corpo de Bombeiro está em segundo plano pelo Secretario. Só gostaria saber se quando começar a pegar fogo realmente o Governo vai ter um resultado desisperado do POVO, que governado vai mandar esse secretario e Comandante do Corpo de Bombeiro para casa o mais sedo possivel. Cadê o governado que não ve isso... Pede logo governado, pois 03.10 está cada dia mais próximo. E você não quer só vai ver o resultaddo nas urnas.

  • Sergio | Sábado, 08 de Maio de 2010, 12h15
    0
    0

    Sergio, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • PEDRAO | Sábado, 08 de Maio de 2010, 11h31
    0
    0

    ninguem quer ser o comandante adjunto do cbmmt, no momento . E agora oq irá acontecer.acho que deverá chamar um dos seus amiguinhos q te colocaram no comando.

  • JEFERSON | Sábado, 08 de Maio de 2010, 11h27
    0
    0

    Sabe ,romilson,porque tudo isso vai dar em nada,porque o secretario de segurança publica ja tomou banho na piscina do posseiro,comeu churrasco com outras pessoas lá e sugundo informacoes da propriA sejusp ele ja falou que nem da atençao a isso e é pro cel alexandre nem se preocupar.Pra ele o cbmmt esta em segundo plano. PODE COM ISSO.

  • PEDRAO | Sábado, 08 de Maio de 2010, 11h21
    0
    0

    PEDRAO, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • tito alves | Sábado, 08 de Maio de 2010, 11h15
    0
    0

    A CULPA DA MINHA INSTITUICAO ESTAR PASSANDO POR ESSE RIDICULO É DO ÉOMAU NOVAKI. ELE COLOCOU CONTENDA NA PM , NÃO CONTENTE COLOCOU INSATISFAÇAO NO CORPO DE BOMBEIROS. É OQ SE FAZ NA TERRA NA TERRA SE PAGA. VC VERÁ 66666

  • PEDRO | Sábado, 08 de Maio de 2010, 06h45
    0
    0

    Pede logo para sair, tanto o Comandante do Corpo de Bombeiro como o Secretrário da Sejusp que o colocou nessa pasta tão eficiente para a sociedade.

Nobres chora a morte de ex-prefeito

flavio dalmolin 400   A pequena e turística Nobres, de 16 mil habitantes, parou neste Feriado de Tiradentes em comoção pela morte, por Covid-19, do ex-prefeito Flávio Dalmolin (foto). Um cortejo percorreu ruas e avenidas, parou em frente ao estádio municipal Balizão e à prefeitura, onde...

Derrotado ensaia disputa ao Governo

reinaldo morais 400 curtinha   O empresário Reinaldo Morais (foto), o rei dos porcos, está disposto a gastar mais uns milhões com nova candidatura majoritária, agora para governador. No ano passado, concorreu ao Senado e obteve votação decepcionante. Foi o penúltimo colocado numa corrida com 11...

Sicredi recua de comprar praça pública

enilson rios 400 prefeito araputanga   A diretoria do Sicredi nem esperou ser votado na Câmara Municipal o polêmico projeto sobre negociação de uma praça pública no centro de Araputanga para cancelar o negócio. A cooperativa havia "amarrado" entendimento com o prefeito Enilson de Araújo...

Sessão, voto e namoro com cantora

ulysses moraes 400   Na sessão virtual da Assembleia desta segunda, o deputado Ulysses Moraes (foto), do PSL, estava demorando para computar o voto na apreciação de um veto do governador. O presidente Max Russi (PSB), então, cobrou agilidade do colega e brincou, dizendo que agora ele só tem olhos para a Maraisa....

Misal é reeleito para o 10º mandato

misael galv�o 400 curtinha   Após dois anos fora do comando do Shopping Popular, período em que respondeu pela presidência da Câmara da Capital, o ex-vereador Misael Galvão (foto) voltou à direção do empreendimento, que abriga 500 lojas. E, sob forte...

Oscarlino, Pros e "nocaute" em Gisela

oscarlino 400   Na queda-de-braço dentro do Pros por espaço político, o ex-sindicalista Oscarlino Alves (foto) nocauteou a ex-superintendente do Procon-MT, Gisela Simona. Ele foi um dos filiados que não aceitaram apoio a Abílio na disputa de segundo turno para prefeito de Cuiabá, se aliou ao projeto de...