Judiciário

Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2019, 10h:08 | Atualizado: 09/12/2019, 17h:06

Investigação no STF liga Neri à compra de eleição de Cunha na Câmara, afirma Veja

Rodinei crescêncio

Deputado federal Neri Geller

Deputado federal Neri Geller, como ministro, teria assinado ato que tem ligação com eleição

Um inquérito, instaurado com autorização do Supremo Tribunal Federal (STF), investiga a ligação entre os R$ 30 milhões supostamente pagos a congressistas para a eleição do ex-deputado Eduardo Cunha à presidência da Câmara e uma portaria assinada pelo ex-ministro e atual deputado federal Neri Geller (PP). A informação foi publicada pela revista Veja nesta segunda (9).

O ex-executivo do grupo J&F Ricard Saud fechou acordo de colaboração premiada com a Procuradoria-Geral da República (PGR) em que cita o pagamento para “persuadir os congressistas” de que a eleição de Cunha seria o melhor para “fazer contraponto” à então presidente Dilma Rousseff (PT). O deputado federaral Carlos Bezerra (MDB) seria um dos parlamentares que teriam recebido parte dos valores.

Reprodução

ato_neri

Confira, acima, o ato assinado pelo então ministro da Agricultura Neri Geller

Uma das linhas de investigação da PGR é que uma portaria assinada por Neri, enquanto era ministro da Agricultura, teria sido o fato gerador dos R$ 30 milhões. O ministério baniu do mercado, em 29 de maio de 2014, o uso de “avermectinas”, um tipo de vermífugo bovino proibido em outros países. As exportações do grupo J&F teriam sido alavancadas com a portaria assinada por Neri.

A atuação do hoje deputado no ministério foi alvo da Operação Capitu, um desdobramento da Lava Jato, em novembro do ano passado. Naquele caso, a delação do doleiro Lúcio Bolonha Funaro motivou a prisão de Neri pela Polícia Federal.

Segundo o delator, o grupo J&F, que é controlador da JBS S/A, pagava valores ilegais a integrantes do ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) para que fossem publicados atos em favor da empresa. A propina, segundo Funaro, era negociada com um deputado federal e entregue aos agentes políticos e servidores do MAPA por ele.

Entre os atos de ofício praticados pelos servidores do Mapa destacam-se a expedição de atos normativos, determinando a regulamentação da exportação de despojos, a proibição do uso da avermectina de longa duração, e a federalização das inspeções de frigoríficos.

Outro lado

O líder da bancada de Mato Grosso, deputado federal Neri Geller, esclareceu por meio de sua assessoria de imprensa que nunca manteve qualquer tipo de vínculo ou proximidade com Eduardo Cunha e reitera que sua indicação ao Ministério da Agricultura se deu pela Frente Parlamentar da Agricultura (FPA), pelo seu perfil técnico, na condição de produtor e empresário, ou seja, sem nenhum vínculo direto com partidos. A assessoria jurídica do parlamentar tomará as medidas cabíveis.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

Jayme afirma ter 4 opções para VG

jayme campos 400 curtinha   Em meio ao debate otimista sobre pré-candidaturas do DEM nas cidades pólos, em reunião nesta segunda, no Palácio Paiaguás, Jayme Campos (foto) comentou que, em Várzea Grande, onde sua esposa Lucimar está concluindo o segundo mandato, há quatro nomes sob...

DEM agora tem 5 querendo prefeitura

fabio garcia 400 curtinha   Com o peso de quem comanda hoje em Mato Grosso os dois Poderes políticos, o Executivo e o Legislativo, com Mauro e Botelho, respectivamente, o DEM aposta na conquista não só da Prefeitura da Capital, mas também das outras nove maiores. Dirigentes do partido fizeram espécie de...

Presidente ora por harmonia no TCE

maluf 400 curtinha   Num Tribunal de Contas sob tensão, nada mais aconselhável do que um culto ecumênico para servidores e conselheiros, com participação de padre e pastor, em defesa da harmonia, união e amor no ambiente de trabalho. A ideia partiu do novo presidente Guilherme Maluf (foto), que reuniu...

PDT quer França, mas não pra suplente

allan kardec 400   Embora o deputado e secretário de Cultura do Estado, Allan Kardec (foto), presidente regional do PDT, tenha flertado com Roberto França, tentando atraí-lo para o partido e com expectativa de candidatura, não há nenhum convite para este ser um dos suplentes ao Senado na chapa de Pivetta. A ideia...

Uma candidatura jovem na chapa

otaviano pivetta 400 curtinha   Otaviano Pivetta (foto) assegurou neste domingo que não definiu ainda os dois suplentes de sua futura chapa ao Senado. Sobre Sachetti, observou que trata-se de um parceiro e amigo e que está pronto para ajudar no projeto, sem fazer imposição para assumir suplência, assim como o...

Rei da soja incentiva Fávaro ao Senado

erai maggi 400 curtinha   O ex-vice-governador Carlos Fávaro não mantém o silêncio à toa. Embora tenha sido o terceiro mais votado em 2018 - por pouco não fica com a vaga ocupada hoje pelo senador Jayme Campos -, Fávaro está enfrentando uma série de dificuldades para se viabilizar de...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Sobre a senadora Selma Arruda, que teve mandato cassado por caixa 2 e abuso de poder econômico, você acha que ela foi...

ingênua

corrupta

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.