Judiciário

Domingo, 08 de Setembro de 2019, 21h:12 | Atualizado: 09/09/2019, 10h:55

Investigado por fraudar registro de arma, Paccola é preso pelo Gaeco na Capital

Alair Ribeiro

Marcos Paccola tenente-coronel bope

Tenente-coronel Marcos Eduardo Ticianel Paccola, que foi preso pelo Gaeco na noite de hoje

O tenente-coronel Marcos Eduardo Ticianel Paccola foi preso pelo Gaeco na noite deste domingo (08), em casa no Condomínio Alphaville, na Capital, durante desdobramento da Operação Coverage. A infomação foi confirmada pela assessoria do Ministério Público Estadual (MPE).

A operação do Gaeco foi deflagrada em 21 de agosto. Na ocasião, Paccola chegou a ter pedido de prisão preventiva decretada, no entanto, ele continuou em liberdade em decorrência de um habeas corpus preventivo conquistado pela defesa, representada por Ricardo Monteiro. O advogado foi procurado pelo e confirmou a prisão do militar, que foi levado para o 1º Batalhão da PM. Ele não soube informar os motivos para a decretação da prisão, mas, conforme apurado pela reportagem, novas provas contra o investigado foram descobertas - novos registros fraudados teriam sido descobertos. O mandado de prisão foi cumprido na noite de hoje pelo temor de novo vazamento.

A operação teve como alvo, além do tenente-coronel Paccola, os tenentes Cleber Ferreira, Sada Ribeiro Parreira e Thiago Satiro Albino, por crimes de organização criminosa armada, obstrução de justiça, falsidade ideológica e inserção de dados falsos em sistema de informação.

O grupo teria atuado para fraudar registros de uma arma do tenente Ferreira que poderiam ligá-lo a execuções investigadas no âmbito da Operação Mercenários. Na semana passada, os militares foram denunciados pelo MPE, por meio da 13ª Promotoria de Justiça Criminal de Cuiabá, que atua no âmbito da Justiça Militar, e do Gaeco.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Agora sim | Segunda-Feira, 09 de Setembro de 2019, 02h08
    0
    1

    Quero ver se vai excluir essa rapaziada que se julgam Deus pra sair tirando vidas "a pedido"...

  • Jair monteiro | Domingo, 08 de Setembro de 2019, 23h00
    7
    0

    Engraçado esse Thiago Satiro foi promovido nesta quarta feira. Só olhar no diário oficial do dia 05/09

"Pátio igual gato, comendo e miando"

jose medeiros 400 curtinha   O deputado José Medeiros (Podemos), vice-líder do Governo Bolsonaro na Câmara, disse que o prefeito Zé do Pátio, de Rondonópolis, está parecendo gato, comendo e miando, pois recebe recursos federais, inclusive de programas habitacionais e, mesmo assim, ainda alardeia nos...

Adair lançará ex-vice em Alto Paraguai

adair 400 curtinha   O ex-prefeito de Alto Paraguai, advogado emedebista Adair José Alves Moreira (foto), não vai disputar novamente, apesar da insistência do seu grupo. A tendência é de apoiar o seu ex-vice Luiz Figueiredo, com quem administrou a cidade de 2013 a 2016. Luiz também é do MDB e...

Deputado bolsonarista critica prefeito

claudinei deputado curtinha 400   O deputado Claudinei Lopes (foto), morador em Rondonópolis, ficou na bronca com o discurso populista do prefeito Zé do Pátio, para quem o povo nordestino votou em massa no PT e que não tem conseguido construir mais casas populares porque, diferente dos governos petistas, o presidente...

Sem Senado e tudo pela Mesa da AL

max russi curtinha 400   Presidente regional do PSB-MT, o deputado Max Russi (foto) tem participado das discussões para definição de candidaturas ao Senado, na suplementar de abril, mas não mais como pré-candidato. Seu desafio é outro. A prioridade é a busca da reeleição como...

Lúdio desiste e PT perde com Barranco

ludio cabral 400 curtinha   O deputado Lúdio Cabral (foto) estava se movimentando para tentar convencer o PT a lançá-lo ao Senado, por aclamação, e ainda instigar o diretório estadual a buscar recursos junto à Nacional para a campanha. Mas o tiro saiu pela culatra. O guru do partido no Estado,...

Carta de Abicalil cita traição de Lúdio

carlos abicalil 400 curtinha   Carlos Abicalil (foto), ex-federal e hoje assessor do deputado Valdir Barranco, demonstra até hoje estar "atravessado" com Lúdio Cabral por causa da traição política de 2010. Na época, mesmo o PT o tendo lançado ao Senado, Lúdio, ex-vereador por Cuiabá e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.