Judiciário

Quinta-Feira, 25 de Agosto de 2011, 17h:41 | Atualizado: 25/08/2011, 23h:08

Judiciário

Investigados, juízes enfrentam resistência em eleição do TJ

TJ define listas com candidatos a desembargador; eleição será na 2ª

     O pedido de recusa à candidatura do juiz Círio Miotto a desembargador será apreciado pelos membros do Tribunal de Justiça na próxima segunda (29), a partir das 9h30, na sede do órgão, em Cuiabá. Na ocasião, também haverá a eleição para 4 vagas de desembargador em aberto, sendo 2 por antiguidade e outras 2 por merecimento. A candidatura de Miotto é questionada devido às investigações de participação num esquema de venda de sentenças. Ele foi afastado do cargo em 16 de junho de 2010, por determinação da ministra do STJ, Nancy Andrighi, junto com os desembargadores Evandro Stábile, à época presidente do TRE, e José Luiz de Carvalho, e o então juiz eleitoral Eduardo Jacob.

     No voto, a ministra detalhou 14 casos com indícios de participação dos magistrados no esquema. Na eleição do TJ pelo critério de antiguidade, Miotto é o segundo da lista, atrás apenas Luiz Carlos da Costa. Se o pedido de recusa por acatado, Pedro Sakamoto deve ficar com a vaga.

     Outra magistrada com chances de ser promovida, mas com pendências no próprio Judiciário, é a juíza substituta de Segundo Grau, Graciema Ribeiro de Caravellas. Ela chegou a efetuar a inscrição para concorrer pelos critérios de antiguidade e merecimento, mas enviou pedido de retirada da candidatura. A solicitação foi acatada pelo Pleno.

     Graciema é uma das 10 magistradas que tiveram a aposentadoria compulsória determinada pelo CNJ. Com base numa decisão liminar, ela e os demais envolvidos num suposto esquema de desvio de verba do TJ, sendo 3 desembargadores e 9 juízes, conseguiram retornar aos respectivos cargos e aguardam a apreciação do mérito do recurso. Por temer mais desaste, Graciema recuou da disputa pela cadeira no TJ.

Candidatos

     Nesta quinta, os membros do Pleno também referendaram as listas de candidatos inscritos. Disputam pelo critério de antiguidade os juízes Luiz Carlos da Costa, Círio Miotto, Pedro Sakamoto, Rondon Bassil Dower Filho, Adilson Polegato de Freitas, Cezar Francisco Bassan, Elinaldo Veloso Gomes, Marilsen Andrade Addario, Nilza Maria Pôssas de Carvalho, Helena Maria Bezerra Ramos, Serly Marcondes Alves, Flávia Catarina Oliveira de Amorim Reis, Cleuci Terezinha Chagas e Ester Belém Nunes Dias.

     Já pelo critério de merecimento, tiveram as inscrições deferidas os juízes Adilson Polegato de Freitas, Cezar Francisco Bassan, Círio Miotto, Cleuci Terezinha Chagas, Dirceu dos Santos, Elinaldo Veloso Gomes, Flávia Catarina Oliveira de Amorim Reis, Helena Maria Bezerra Ramos, João Ferreira Filho, Marilsen Andrade Addario, Nilza Maria Pôssas de Carvalho, Pedro Sakamoto, Rondon Bassil Dower Filho, Sebastião Barbosa Farias e Serly Marcondes Alves.

     Os magistrados Amini Haddad Campos, Ester Belém Nunes Dias, José Arimatéa Neves Costa, Maria Aparecida Ferreira Fago e Maria Aparecida Ribeiro também tentaram se inscrever pelo critério de merecimento, mas tiveram os pedidos negados sob o argumento de que não integram a primeira quinta parte da lista de antiguidade, conforme determina o artigo 3º, inciso II, da Resolução nº 106/2010 do CNJ.

Antiguidade
Luiz Carlos da Costa
Círio Miotto*
Pedro Sakamoto
Rondon Bassil Dower Filho
Adilson Polegato de Freitas
Cezar Francisco Bassan
Elinaldo Veloso Gomes
Marilsen Andrade Addario
Nilza Maria Pôssas de Carvalho
Helena Maria Bezerra Ramos
Serly Marcondes Alves
Flávia Catarina Oliveira de Amorim Reis
Cleuci Terezinha Chagas
Ester Belém Nunes Dias

Merecimento
Adilson Polegato de Freitas
Cezar Francisco Bassan
Círio Miotto
Cleuci Terezinha Chagas
Dirceu dos Santos
Elinaldo Veloso Gomes
Flávia Catarina Oliveira de Amorim Reis
Helena Maria Bezerra Ramos
João Ferreira Filho
Marilsen Andrade Addario
Nilza Maria Pôssas de Carvalho
Pedro Sakamoto
Rondon Bassil Dower Filho
Sebastião Barbosa Farias
Serly Marcondes Alves  

Sakamoto e Luiz Carlos são mais cotados a desembargador

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Políticos em peso em evento do HMC

A solenidade que marcou a entrega do HMC em Cuiabá, nesta segunda (19), está sendo considerada o evento do ano para o prefeito Emanuel. Ele conseguiu motivar a presença de diversas lideranças políticas, empresariais e de diferentes setores. Para se ter uma ideia, dos 11 membros da bancada federal, 8 estavam presentes, assim como 16 dos 24 deputados estaduais e 17 dos 25 vereadores. Também marcaram presença dezenas de prefeitos e outros...

Base na Câmara e apoio de Iva Viana

leonardo 400 curtinha   Leonardo Bortolin (foto), que comanda Primavera do Leste e um dos vários prefeitos que prestigiaram a solenidade de entrega 100% do HMC, nesta segunda à noite, em Cuiabá, revelou contar com uma base forte e sólida na Câmara Municipal, o que tem sido importante na aprovação dos...

Ato de EP atrai 6 últimos governadores

emanuel pinheiro 400 curtinha   Emanuel Pinheiro (foto), habilidoso nas articulações políticas, conseguiu levar para o mesmo evento, marcando a entrega 100% do Hospital Municipal de Cuiabá, nesta segunda à noite, cinco ex-governadores e ainda o atual. Prestigiaram a solenidade Júlio Campos, Carlos Bezerra,...

Governador tenta constranger prefeito

mauro mendes 400 curtinha   Mauro Mendes (foto) tentou constranger o prefeito Emanuel, nesta segunda, na festa da entrega para funcionamento pleno do Hospital Municipal de Cuiabá. Na presença de diversas autoridades, inclusive dos últimos cinco governadores, com exceção de Silval, o atual chefe do Executivo, em...

3 vereadores cuiabanos no Cidadania

diego guimaraes 400 curtinha   O Cidadania, hoje sem voz na Câmara de Cuiabá, poderá ter três vereadores a partir de março de 2020, com abertura da janela. Na dança das cadeiras, Felipe Wellaton sairá do PV para aderir ao Cidadania, que já é presidido em Cuiabá pelo seu chefe de...

6 na Câmara tentam barrar projetos

francis maris 400 curtinha   O prefeito cacerense Francis Maris (foto) luta junto aos vereadores, para, enfim, concretizar todas as etapas de um financiamento milionário para projetos na área de saneamento. São R$ 130 milhões para abastecimento de água e cobertura de rede de esgoto, com juros de 6% ao ano e 20...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.