Judiciário

Quarta-Feira, 26 de Fevereiro de 2020, 18h:14 | Atualizado: 27/02/2020, 09h:22

IMPORTUNAÇÃO SEXUAL

Jornalista denunciado por 10 mulheres consegue HC e deixa prisão após 3 meses

Reprodução

Leonardo Heitor

Jornalista e ex-assessor parlamentar Leonardo Heitor está preso desde o ano passado e conseguiu novo HC. Ele foi detido por descumprir medida protetiva

O jornalista e ex-assessor parlamentar Leonardo Heitor, que cumpria dois mandados de prisão preventiva no Centro de Ressocialização de Cuiabá (CRC), antigo Carumbé, desde o ano passado, teve um novo habeas corpus - referente ao crime de estupro tentado e ameaça - acatado pela Justiça na tarde de hoje (26). De acordo com o Tribunal de Justiça (TJ-MT), Leonardo não usará tornozeleira eletrônica e medidas cautelares não foram determinadas. 

Inicialmente, Leonardo foi preso em novembro de 2019, por descumprir medida protetiva de urgência contra uma das dez vítimas que registraram boletins de ocorrência denunciando seus atos (Leia Mais). Em 4 de dezembro, o segundo mandado de prisão por estupro tentado e ameaça foi determinado pela Justiça. 

Como o processo segue sobre segredo judicial, ainda não há mais detalhes sobre a liberdade do jornalista. Ele deve deixar o CRC ainda hoje. Em 12 de fevereiro, ele teve o primeiro pedido de soltura aceito, mas foi impedido de deixar a prisão por conta da denúncia de estupro.

 O ex-assessor parlamentar foi indiciado pela Polícia Civil por cinco crimes sexuais: estupro tentado, importunação sexual, ameaça, gravação não autorizada da intimidade sexual e descumprimento de medida protetiva de urgência. Os inquéritos foram concluídos em novembro pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cuiabá. 

Leonardo foi preso enquanto retornava de Salvador (BA), onde estava de férias com um grupo de amigos. O primeiro mandado de prisão foi cumprido no Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande, na região metropolitana.

O jornalista também já havia sido indiciado pelo 13º Juízado Especial Criminal de Vitória (ES), por molestar ou perturbar-lhe a tranquilidade, por acinte ou por motivo reprovável. Ele é investigado por, supostamente, criar perfis fakes, com chips de São Paulo e Brasília, para assediar, com fotos e vídeos, mais de dez mulheres do Espírito Santo. 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Sem alarde, vereador muda de partido

viniciys clovito curtinha   De última hora e sem alarde, o vereador pela Capital Vinicyus Hugueney (foto) resolveu deixar o PP e se filiou ao Solidariedade. Com isso, o PP não se torna o único com a maior bancada. Está com três vereadores, assim como o PV e o PSDB. No SD, Vinicyus vai concorrer internamente com...

Irmão de Thelma na lista dos traidores

ronaldo pimentel 400 curtinha   Na carta aberta assinada por Ricardo Saad, que preside o PSDB cuiabano, ele reclama de dívidas milionárias herdadas de antecessores, inclusive dos R$ 4 milhões de pendências somente do pleito de 2016, e menciona, entre outras coisas, que "(...) há correligionários, que estavam...

A bronca de Saad com Wilson Santos

ricardo saad curtinha 400   O vereador Ricardo Saad (foto), presidente do PSDB da Capital, resolveu disparar a metralhadora verbal contra colegas tucanos. Sobre o ex-prefeito e hoje deputado Wilson Santos, considera que este nada fez para ajudar o partido a se reestruturar, visando as eleições de outubro. Mesmo sendo vice-presidente...

Janela tira muitos políticos do calvário

gilberto figueiredo curtinhas   O fechamento da janela partidária, que encerrou-se no último sábado, dia 4, marcou o fim de um longo calvário aos partidos, que tiveram que suportar em seus quadros políticos que não estavam mais de “alma”, mas somente de “corpo”. Na Câmara...

Só 2 vereadores não vão à reeleição

felipe wellaton curtinha 400   Apenas dois entre os 25 parlamentares cuiabanos não vão buscar a reeleição. O licenciado Gilberto Figueiredo, que trocou o PSB pelo DEM, quer concorrer a prefeito, assim como Felipe Wellaton (foto), que até trocou de partido, saindo do PV e agora no Cidadania. Pretende disputar...

4 fora da reeleição em Rondonópolis

thiago muniz 400 curtinha   Dos 21 vereadores de Rondonópolis, somente quatro não vão à reeleição, sendo eles Thiago Muniz (foto), agora no DEM, Hélio Pichioni (PSD), Jailson do Pesque-Pague e Rodrigo da Zaeli (ambos do PSDB). Eles garantem se tratar de um caminho sem volta. Destes, dois tentam...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.