Judiciário

Sexta-Feira, 13 de Setembro de 2019, 15h:05 | Atualizado: 13/09/2019, 18h:44

OPERAÇÃO COVERAGE

Juiz concede liberdade a Paccola e aceita denúncia de fraude em registros de armas

Divulgação

Jo�o Bosco Soares da Silva

O juiz João Bosco Soares da Silva, da 11ª Vara Criminal de Cuiabá, que mandou soltar militar

O juiz João Bosco Soares da Silva, da 11ª Vara Criminal de Cuiabá, acatou pedido da defesa e determinou a liberdade do tenente-coronel Marcos Eduardo Ticianel Paccola, da Polícia Militar. Paccola foi preso no domingo (8) em decorrência da Operação Coverage, acusado de fraudar registros de armas da PM para obstruir investigações e procedimentos criminais.

A operação foi deflagrada pelo Gaeco em 21 de agosto, mas Paccola não foi preso naquela data em razão de um habeas corpus preventivo emitido pelo desembargador Juvenal Pereira da Silva, do Tribunal de Justiça. Em investigações posteriores, o Gaeco identificou novas possíveis fraudes cometidas pelo tenente-coronel na data da deflagração da operação.

A defesa, feita pelo advogado Ricardo Monteiro, alega que Paccola sequer estava em Cuiabá naquela data. Monteiro afirmou ao que o tenente-coronel estava em Sinop ministrando curso para cerca de 50 servidores e magistrados do Poder Judiciário. “Esteve o tempo todo, até umas 18h30, 19h, com essas pessoas, não teve acesso a computador, a nada, nesse período”, registrou o advogado.

O tenente-coronel estava cedido pela PM ao Judiciário até o final de agosto. Depois da deflagração a operação, ele foi dispensado. Lá, ele ministrou desde janeiro diversos cursos de tiro e uso de pistolas a servidores e magistrados.

Segundo a denúncia oferecida pelo Gaeco, um dos registros supostamente fraudados por Paccola teria impedido a investigação do tenente Cleber de Souza Ferreira por mortes encomendadas que eram apuradas pela Polícia Civil na Operação Mercenários.

A denúncia, que foi aceita pelo juiz João Bosco em despacho publicado nesta sexta (13), também envolve o tenente Thiago Satiro Albino, o tenente-coronel Sada Ribeiro Parreira e o sargento Berison Costa e Silva. Todos se tornaram réus na ação.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Adaildon E M Costa | Sexta-Feira, 13 de Setembro de 2019, 16h09
    8
    1

    Lamentável, os órgãos que deveriam aplicar justiça, estão dando cabeçada. O órgão investigativo, bem como, o órgão acusador não conseguiram provar a culpabilidade dos Tenentes Coronéis. Quero saber quem vai ser responsabilizado pelo crime de abuso de autoridade. Estão atacando a honra e a reputação de dois profissionais que não tem nenhuma restrição. São homens e profissionais do bem.

Matéria(s) relacionada(s):

De fora da disputa em Rondonópolis

percival muniz 400   O pecuarista Percival Muniz (foto), hoje "mergulhado" nas duas fazendas na região do Xingu, adianta que não será candidato a prefeito de Rondonópolis, posto já ocupado por ele por três vezes. Mesmo com recall junto à população de bom gestor e popular, ele é...

Conselheira e o faturamento familiar

jaqueline jacobsen curtinha 400   Está repercutindo muito mal para a conselheira substituta do TCE-MT Jaqueline Jacobsen (foto) a notícia publicada pelo site O Livre, nesta sexta, de que a sua irmã, advogada Camila Jacobsen, em sociedade com Eveline Guerra, filha da conselheira, são sócias da "Jacobsen &...

Selma vê maior conforto no Podemos

selma curtinha 400   No grupo de WhatsApp "PSL Mulher MT", Selma Arruda (foto) escreveu um texto de despedida do partido. Disse estar chateada "com tudo isso", mas que não perdeu a fé e que o Governo Bolsonaro vai dar certo. Afirma sair do PSL com "coração partido" e que continua com os mesmos ideais no Podemos, onde...

Podemos esperando Selma se salvar

alvarodias_curtinhas   Na busca para ampliar a bancada do Podemos no Senado, o senador Alvaro Dias, derrotado à presidência no ano passado, só correu atrás de Selma, no sentido de convencê-la a se filiar no partido, depois que foi informado que ela tem chances reais de derrubar no TSE a cassação por...

Fávaro e esperança em assumir vaga

carlosfavaro_curtinha   O representante do escritório de MT em Brasília Carlos Fávaro (PSD) está convicto de que a senadora Selma não só será cassada de vez pelo TSE nos próximos meses, como a decisão da Corte lhe permitirá assumir a vaga enquanto não for eleito um novo...

Maturidade e nova visão sobre o TCE

janaina_riva_curtinha   No segundo mandato e sentindo-se mais madura politicamente, apesar de ainda bem jovem – completou 30 anos em 21 de janeiro – a deputada Janaína Riva revela que pensa diferente sobre a indicação de políticos ao cargo de conselheiro do TCE. Ao autorizar os colegas a derrubar a...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Mauro Mendes?

excelente

bom

regular

ruim

péssimo

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.