Judiciário

Sábado, 10 de Agosto de 2019, 09h:20 | Atualizado: 11/08/2019, 15h:47

ARCA DE NOÉ

Juiz condena Eliene a 8 anos de prisão por desconto de cheque em esquema na AL

Gilberto Leite

Eliene _lima

O ex-deputado federal Eliene Lima, condenado a 8 anos de prisão, por esquemas na AL

O juiz Jorge Luiz Tadeu, da 7ª Vara Criminal de Cuiabá, condenou o ex-deputado federal Eliene Lima a oito anos de prisão, em regime semiaberto, por crimes de peculato e lavagem de dinheiro da Assembleia. Porém, ele poderá responder em liberdade. Na decisão de quarta (07), o magistrado ainda determinou que o político devolva R$ 77,7 mil aos cofres públicos.

De acordo com a denúncia feita pelo Ministério Público Federal (MPF), o ex-deputado teria sido beneficiado com um cheque de R$ 60 mil, fruto de desvio de recursos feito pelos ex-deputados José Riva e Humberto Bosaipo.

O esquema foi investigado na Operação Arca de Noé, do qual abordava a relação do bicheiro João Arcanjo Ribeiro com políticos do Estado e desvios na ALMT.

A denúncia foi feita em 2010, no Supremo Tribunal Federal (STF), devido ao cargo de deputado federal ocupado por Eliene à época, que lhe dava direito ao foro privilegiado. Com a perda do mandato, em 2015, a ação foi encaminhada para a primeira instância, sendo lotada na Justiça Estadual.

Eliene recebeu o cheque n°022211 pertencente ao Banco de Crédito Nacional (BCN), emitido pela empresa Confiança Factoring e Fom. Ltda. O desconto foi feito na boca do caixa.

“Após receber o cheque no valor de R$ 77.780, a Empresa Confiança Factoring e Fom. Ltda repassou o valor de R$ 60 mil ao acusado por meio do cheque nº 022211, do Banco de Crédito Nacional – BCN, que foi descontado na boca do caixa, contendo no verso a assinatura do acusado Eliene José de Lima e as identificações de seu RG”, diz outro trecho da denúncia.

Arca de Noé

A ação apura um suposto esquema de desvio, no valor de R$ 486,9 mil, na Assembleia, em 2002. O processo ainda cita o ex-deputado Benedito Pinto, Joel Quirino Pereira, José Quirino Pereira, Geraldo Lauro, José Carlos Freitas Martins, e o espólio dos falecidos Nivaldo de Araújo e o ex-deputado Nico Baracat (morto).

O processo é de 2005, mais foi travado devido a inúmeras medidas protocoladas pelos acusados. Pedidos de suspeições contra juízes e questionamento de constitucionalidade da criação da Vara onde ação tramita serviram de entrave.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • jj | Segunda-Feira, 12 de Agosto de 2019, 10h13
    0
    0

    essa putaria de prisão semi aberto tem que acabar, isso é pra facilitar quem tem dinheiro, o preso pobre e quebrado não tem essa prisão domiciliar de 8 anos semi aberto, é a injustiça brasileira

  • Eleitor | Sábado, 10 de Agosto de 2019, 20h43
    9
    0

    Este sujeito é so rolo ele bateu no carro de uma univetaria aqui em Barra e estava fugindo de pagar o conserto do veiculo da moça é de dar tristeza em lembrar que este sujeito ja foi representante da populaçao na camara Federal.

  • joaoderondonopolis | Sábado, 10 de Agosto de 2019, 15h53
    6
    0

    Tem que acabar com prisão domiciliar, tornozeleira eletrônica e prisão semi aberto ou aberto, ficar somente prisão em regime fechado.

  • joaoderondonopolis | Sábado, 10 de Agosto de 2019, 15h48
    5
    0

    Prisão devido condenação em segunda instância é balela. Prisão em regime fechado deveria ser já na primeira instância/condenação e caberia recurso para segunda instância somente após cumprida metade da pena.

  • Josafa | Sábado, 10 de Agosto de 2019, 14h12
    7
    0

    Ele não estava preso? Essa justiça só serve para punir os pobres.

Matéria(s) relacionada(s):

Gilberto prestigia sobrinho na Câmara

marcelo oliveira 400 curtinha   Depois de 11 meses sem pisar os pés na Câmara Municipal de Cuiabá, o vereador licenciado Gilberto Figueiredo, secretário estadual de Saúde e um dos pré-candidatos a prefeito do grupo do governador Mauro, apareceu neste sábado na sede do Legislativo, no ato que marcou a...

Suplente que terá 2 anos de mandato

adilton da levante 400 curtinha   Derrotado à reeleição em 2016, Adilson da Levante (foto) reassumiu cadeira de vereador pela Capital desde janeiro deste ano e deve prosseguir no cargo até o final do mandato, em dezembro de 2020. É que o titular Gilberto Figueiredo, que se elegeu pelo PSB e vai migrar para o DEM,...

PSDB veta Taques e vai priorizar Leitão

paulo borges 400 curtinha   O comando regional do PSDB não vai dar chance para Pedro Taques, caso este ensaie concorrer ao Senado com a provável suplementar, já no início de 2020 com a iminente cassação do mandato de Selma. Embora tenha dito que hoje se dedica à advocacia e à vida de professor...

Histórico de não que depois vira sim

blairo maggi 400 curtinha   Mesmo Blairo Maggi (PP) falando para todos que não será candidato ao Senado, na eleição suplementar de 2020 com a provável cassação de Selma, ninguém acredita. Nem aqueles que fazem parte dos grupos criados pelo próprio ex-governador e ex-senador. Em outros...

Francis dispara contra Túlio, Adriano...

tulio fontes 400 curtinha   O prefeito de Cáceres, Francis Maris, que chegou dos EUA na última quinta, aproveitou dois eventos para, publicamente, disparar sua metralhadora verbal contra algumas pessoas. Na sexta, inaugurou uma unidade do Centro de Testagem e Aconselhamento e fez abertura do Natal de Luzes, no centro. Nas duas...

Audiência na AL em prol dos autistas

diana serpe 400 curtinha   Convidada pela Assembleia, a advogada com forte atuação em São Paulo, Diana Serpe (foto), autora do e-book Autismo Educação e especialista na defesa dos direitos das pessoas com deficiência, vai participar de uma audiência pública e proferir palestra na segunda (9),...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.