Judiciário

Quarta-Feira, 24 de Janeiro de 2018, 17h:54 | Atualizado: 24/01/2018, 18h:04

Juiz condena TV Record e apresentador a indenizar cuiabano em quase R$ 300 mil

O juiz da 7ª Vara Cível de Cuiabá, Yale Sabo Mendes, condenou a Rádio e Televisão Record S/A e o apresentador Rodrigo Faro a pagar o montante de R$ 275 mil a título de danos morais, estéticos e materiais a Walmor Ferreira, participante do quadro "Arruma Meu Marido", do antigo programa O melhor do Brasil, em 2012.

Reprodução

arruma-meu-marido walmor

Antes e depois de Walmor passar pela "transformação" do Arruma meu Marido

Segundo consta do processo, o mato-grossense foi submetido a uma cirurgia para retirada de 12 dentes, no prazo de dois dias, para a participação no programa. Conforme o autor da ação, o procedimento teria provocado tanta dor que “não havia anestésico capaz de aplacá-la, bem como aumentou os problemas já existentes”.

Ele narrou ainda que concordou em participar do programa porque tinha esperança de que ganharia um tratamento dentário, mas que passou a viver um drama, pois estaria praticamente sem dentes, passou quatro meses se alimentando de líquidos e, apesar das súplicas ao produtor do programa para que solucionasse o problema, nada foi feito, a não ser o envio de uma prótese dentária móvel por Sedex, que sequer pôde ser utilizada, pois não fixava na boca.

Conforme o participante, ainda teve a ajuda de parentes, pois teve que arcar com todas as despesas relativas à confecção de quatro próteses móveis, tendo inclusive que vender a moto, além do tratamento médico psiquiátrico para reverter o quadro de fobia social. Ele também alega que se tornou uma pessoa deprimida, com dificuldade para trabalhar, pois ao invés da vida ter mudado para melhor, piorou.

Segundo o entendimento do juiz, a preocupação dos representantes do programa era mostrar apenas uma "aparente beleza", “não se preocupando se estavam mutilando-o, causando dor e humilhando-o”.

Todos estes fatos levam à conclusão que o autor foi submetido à tortura física e emocional, o que não é possível admitir e considerar normal

Além disso, o magistrado ressalta que após a retirada dos dentes, o requerente precisou usar um molde de uma prótese dentária com a boca inchada e dolorida para a gravação do episódio. “Todos estes fatos levam à conclusão que o autor foi submetido à tortura física e emocional, o que não é possível admitir e considerar normal. Assim, não obstante o autor já apresentar uma saúde bucal debilitada antes do programa, é certo que ficou muito mais comprometida depois das extrações dos dentes realizadas pela equipe da clínica que trabalha em conjunto com a Record”, pondera.

O magistrado pontua ainda que o relatório médico anexado aos autos narra que o autor foi avaliado e após o programa de TV passou a ter vergonha de sair de casa, tristeza, choro, raiva, diminuição acentuada da autoestima, insônia, embotamento emocional e que revivencia o trauma muitas vezes ao dia. O médico salientou que estava iniciando tratamento medicamentoso, bem como o encaminhamento para tratamento psicológico.

Por conta disso, Yale decidiu condenar os apelados a pagar R$ 57,4 mil para arcar com as despesas de reabilitação bucal; R$ 50 mil como dano moral; R$ 30 mil a título de dano estético; e R$ 470 como dano material. Por fim, os requeridos foram condenados pagar as custas e despesas processuais, bem como honorários advocatícios no equivalente a 20% do valor da condenação (artigo 85, §2º do novo Código de Processo Civil). (Com Assessoria)

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Álbum de casamento para 300 casais

marcia pinheiro 400 curtinha   A primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro (foto), que desde 2017 lidera alguns projetos sociais de forma voluntária, fez questão de, mesmo com a pandemia da Covid-19, promover, na última segunda, entrega simbólica de álbuns de casamento para 10 casais, que foram...

Fora de vez da disputa para senador

cidinho santos 400 curtinha   O empresário e ex-senador Cidinho Santos (foto), recém-filiado ao DEM, desistiu de vez da ideia de entrar de última hora na corrida ao Senado, na suplementar que será realizada em novembro deste ano. E por algumas razões. Primeira, como sócio do frigorífico União...

TCE suspende licitação de R$ 12 mi

air praiero 400 curtinha   Uma concorrência pública, com valor estimado de R$ 12,5 milhões, tocada pela secretaria de Habitação e Regularização Fundiária de Cuiabá, sob o defensor público licenciado Air Praeiro Alves (foto), foi suspensa cautelarmente pelo TCE por causa de...

6 estão no páreo em Tangará; 2 fortes

vander masson 400 curtinha   Tudo indica que os tangaraenses terão nas urnas 6 candidatos majoritários nas eleições de novembro. O cenário está se desenhando com os seguintes "prefeitáveis": Chico Clemente (PSD), Gunther Duarte (PSL), Vander Masson (foto), do PSDB, Claudinho Frare (Republicanos),...

Bolinha é multado por irregularidades

humberto bolinha 400 curtinha   Por causa de irregularidades cometidas ainda em 2017, ao fazer aquisições sem realizar licitação e/ou pesquisa de preço, o prefeito de Guiratinga, Humberto Domingues, o Bolinha (foto), recebeu multa do TCE de 12 UPFs-MT, correspondente hoje a R$ 1,7 mil. E será intimado pelo...

Puxando o "rei" pra baixo em Tangará

reinaldo morais 400 curtinha   A pré-campanha ao Senado do empresário Reinaldo Morais (foto), o "rei dos porcos", evangélico e bolsonarista, vem ganhando aceitação popular em vários municípios. Mas, em Tangará da Serra, enfrenta muita resistência. Algumas pessoas próximas ao...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.