Judiciário

Sábado, 15 de Fevereiro de 2020, 07h:20 | Atualizado: 16/02/2020, 09h:50

CASO MIRELLA

Juiz decidirá em 1ª audiência se madrasta que envenenou enteada vai a juri popular

veneno madrasta jaira Mirella poliana

De acordo com as investigações, Mirella Poliane, no detalhe, foi envenenada pela madrasta, no segundo detalhe, com veneno agrícola: 1ª audiência 

Jaira Gonçalves de Almeida, ré pelo envenenamento e homicídio da enteada Mirella Poliane Chue de Oliveira, de 11 anos, de olho em sua herança de R$ 800 mil, vai a primeira audiência na ação criminal no dia 27 de fevereiro, logo após o feriado de Carnaval, no Fórum de Cuiabá.

Em segredo de justiça, o processo tramita na 14º Vara Criminal, que julga casos de homicídios envolvendo crianças, adolescentes e idosos. No dia 27, o juiz titular Jurandir Florêncio de Castilho Júnior deve decidir se leva Jaira ou não ao júri popular. Jaira continua presa preventivamente.

O advogado Eduardo Luciano Augusto Neves, que faz a assistência da acusação junto ao Ministério Público pela avó de Mirella, a merendeira Claudina Chue, confirmou as informações ao . Ele, porém, não entrou no mérito do caso por estar em sigilo.

Crime e motivação

Mirella Poliane morreu em junho de 2019. No início, a causa do óbito era desconhecido. A criança tinha dado entrada em um hospital privado já morta. A principio, houve suspeita de meningite e abuso sexual, mas laudos descartaram as duas possibilidades. Exames toxicológicos conseguiram identificar a presença de duas substâncias no sangue da menina, sendo veneno uma delas.

Foi a partir desta descoberta que o caso foi remetido a Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica). Durante as investigações, descobriu-se o plano de envenenamento por conta de uma indenização que Mirella iria receber em decorrência da morte da mãe, durante o parto em hospital filantrópico, por erro médico.

A indenização é resultado de ação judicial movida pelos avós maternos. Em 2019, após 10 anos, o processo encerrou, com causa ganha à família. O valor de obtido, de R$ 800 mil, incluindo os descontos de honorários advocatícios, teria atraído a atenção da madrasta.

Parte do dinheiro ficaria depositado em uma conta para a menina movimentar somente na idade adulta. Mas a Justiça autorizou que uma pequena parte do dinheiro fosse usada para despesas da criança. A outra parte ficaria em depósito para uso depois da maioridade, aos 24 anos.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Senadora, ataques e defesa de Galvan

selma arruda 400 curtinha   Selma Arruda, senadora cassada por crimes eleitorais, um deles caixa 2, escreveu artigo entitulado "MP x Aprosoja. Afinal, quem tem razão", especialmente para defender o aliado político Antonio Galvan, presidente da Aprosoja. Ao concordar com plantio de soja dentro de período proibido pela...

Deputado, carona e ainda se gabando

paulo araujo 400 curtinha   Considerado de baixo clero na Assembleia, o deputado Paulo Araújo (foto) agiu de carona e num oportunismo condenável acerca do decreto do governador Mauro Mendes da última quinta, quando resolveu relaxar as medidas restritivas em meio à pandemia do coronavírus e liberou o funcionamento...

Políticos querem suspender eleição

Cresce o movimento entre políticos para adiar as eleições municipais de outubro. O argumento utilizado é o impacto que o coronavírus terá na economia, saúde e vida das pessoas. Isso porque, neste ano, uma vacina não deve ficar disponível ao mercado e os prejuízos causados pela Covid-19 ainda estão só começando. Entre os políticos de MT que defendem adiar o pleito para 2022, quando a...

Ex-vereador, demagogia e contradição

everton pop 400   O ex-vereador por Cuiabá e apresentador de um programa popular de TV que leva o seu nome, Everton Pop (foto), gravou um vídeo em que critica o fato da Mesa Diretora da Câmara da Capital pagar os servidores todo dia 20, antecipando o salário em 10 dias do fechamento do mês. Pop só não...

Jayme é contra decreto do governador

jayme campos 400 curtinha   O senador Jayme Campos (foto), que já foi governador e prefeito, engrossa a lista dos que defendem isolamento social mais rigoroso neste momento. A postura vai na contramão do correligionário Mauro Mendes. O governador editou decreto que prevê a abertura de shoppings e comércio, desde...

EP e 2 medidas junto à Águas Cuiabá

emanuel pinheiro 400 curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro (foto) impôs duas medidas à concessionária Águas de Cuiabá. A empresa está proibida de cortar a água de inadimplentes e não terá direito a um aumento de 6%, aprovado pela Arsec. As medidas, segundo o prefeito, são...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.