Judiciário

Quarta-Feira, 25 de Novembro de 2020, 19h:25 | Atualizado: 25/11/2020, 19h:28

COMPRA DE VAGA

Juiz libera 15 terrenos vendidos por Eder a construtora por R$ 1,5 milhão no interior

O juiz Bruno D’Oliveira Marques, da Vara Especializada em Ação Civil Pública e Ação Popular, desbloqueou 15 terrenos urbanos que foram vendidos pelo ex-secretário de Estado Eder Moraes à construtora Brasil Central Engenharia Ltda. Os imóveis haviam sido bloqueados na ação em que o ex-secretário é acusado de participar da compra de uma vaga no Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT) com dinheiro desviado dos cofres públicos.

Reprodução

Eder Moraes, Silval Barbosa e Jos� Riva

Eder Moraes, Silval Barbosa e José Riva respondem à ação civil pública por improbidade

Os terrenos ficam em Nossa Senhora do Livramento e foram vendidos por Eder em 15 de outubro de 2012 por R$ 1,5 milhão. Foram apresentados o contrato, comprovantes de pagamento e a escritura pública no processo. Os imóveis estão registrados no 1º Serviço Notarial e de Registro de Imóveis de Várzea Grande-MT.

Depois que as matrículas foram bloqueadas por estarem em nome de Eder, a construtora entrou com o recurso dizendo que quando houve a decisão contra o ex-secretário os imóveis já não eram mais dele. A construtora soube das restrições somente em 22 de julho de 2016, quase quatro anos depois de comprar os terrenos.

O Ministério Público Estadual (MPE) apresentou contestação, “por meio da qual pugnou pela improcedência da demanda, aduzindo, em síntese, que a venda teria ocorrido em fraude à execução, vez que tramitava contra “o devedor ação capaz de reduzi-lo à insolvência””. O Governo do Estado também pediu que o recurso fosse negado. Além de Eder, o bloqueio atingiu bens em nome da esposa.

Bruno D’Oliveira Marques entendeu que a ação começou a correr depois que o negócio entre Eder e a construtora já estava encerrado. A alienação dos imóveis foi feita em 2012 e o reconhecimento de firma, em 16 de janeiro de 2013. O bloqueio em si dos bens só aconteceu em 13 de janeiro de 2017, em decisão do juiz Luís Aparecido Bortolussi Júnior.

“Nesse diapasão, o acervo probatório dos autos demonstra que a parte embargante é possuidora dos imóveis indisponibilizados, assim como que os adquiriu de boa-fé dos embargados Eder de Moraes Dias e Laura Tereza da Costa Dias, em data anterior não só à constrição judicial, mas também à notificação daquele nos autos principais”, disse o magistrado.

 

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Luiz Carlos | Quinta-Feira, 26 de Novembro de 2020, 10h43
    1
    4

    Parabéns ao Magistrado pela decisão.

Juca e os 7 secretários da Câmara

andre pozetti 400 curtinha   O presidente Juca do Guaraná definiu sete dos nove secretários que vão ajudá-lo a administrar a Câmara de Cuiabá. O secretário de Administração é Bolanger José de Almeida. O coronel PM da reserva Edson Leite conduz o Patrimônio e...

Morre mais um pastor da Assembleia

pastor jose alves de jesus 400   A Covid-19 transforma mais um pastor da Igreja Assembleia de Deus em vítima fatal. Morreu nesta terça José Alves de Jesus (foto), que presidia há vários anos o Campo Eclesiástico Autônomo da Igreja de Primavera do Leste e região. Ele estava hospitalizado com o...

Mauro e os "cabeças chatas" do CE

mauro mendes 400   O governador Mauro Mendes está disposto a conhecer a experiência da  educação pública  do Ceará, que há anos apresenta os melhores índices no Ideb e é orgulho dos irmãos Ciro e Cid Gomes, ex-prefeitos de Sobral e ex-governadores. Até pretende...

Seduc e microônibus para municípios

alan porto 400 curtinha   A secretaria estadual de Educação, sob Alan Porto (foto), tem buscado parcerias com prefeituras para construir quadras poliesportivas, laboratórios de informática e escolas, além de ampliar salas de aula, adquirir ares condicionados e microônibus escolares, de modo a atender...

Emanuel é quem mais realizou obras

emanuel pinheiro 400 curtinha   Um levantamento da empresa Percent Pesquisa & Consultoria, feita em Cuiabá entre os últimos dias 13 e 14, destaca que, na percepção de 49% dos cuiabanos, o prefeito reeleito Emanuel Pinheiro (foto) foi o que mais fez obras e serviços. Em segundo lugar, com 19,8%, é citado...

Emendas ajudam Unemat de ROO

thiago silva 400 curtinha   Em reunião com o reitor da Unemat, Rodrigo Zanin, e com o pró-reitor Alexandre Porto, o deputado estadual Thiago Silva (foto) tratou da emenda de R$ 1 milhão para manter o curso de direito e abertura do de jornalismo em Rondonópolis neste ano. E, juntos, definiram o modelo de...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.