Judiciário

Sexta-Feira, 20 de Setembro de 2019, 13h:36 | Atualizado: 20/09/2019, 13h:49

DIREITO DO CONSUMIDOR

Juíza condena dentistas por má aplicação de lentes de porcelana em paciente

Tony Ribeiro (F5)

Vandymara Galvao Ramos Paiva Zanolo

A juíza Vandymara Galvão, da 4ª Vara Cível de Cuiabá, condenou dentistas pela má aplicação de lentes de porcelana

A juíza Vandymara Galvao Ramos Paiva Zanolo, da 4ª Vara Cível de Cuiabá, condenou dois dentistas pela má aplicação de lentes de porcelana em uma paciente. Foram considerados danos morais, estéticos e materiais da mulher, que teve os dentes saudáveis desgastados para realização do procedimento. Decisão foi dada na quarta (18).

Na ação civil, foram condenados os cirurgiões dentistas Leonan Queiroz Vunjão e Igor F. A. de Abreu. A paciente L. T. S. W. entrou com a ação em fevereiro de 2018 pelo procedimento realizado no final de 2017, com resultado insatisfatório. Eles deverão pagar R$ 20 mil por danos morais, R$ 10 mil por danos estéticos e ainda R$ 630 reais por danos materiais.

A mulher relata que em 3 de outubro de 2017 entrou em contato com o dentista Leonan Vunjão, por meio do Whatsapp, para solicitar orçamento da colocação de 10 lentes de contato dental e também de bichectomia, cirurgia feita para retirada de gordura das bochechas. Vunjão teria informado que o procedimento seria feito pelo dentista Igor de Abreu e “que também havia um protético chamado Dr. Paulo que era o responsável pela parte laboratorial para a confecção das lentes, que segundo o Dr. Leonan era considerado o melhor de Cuiabá”.

De acordo com a paciente, o negócio foi fechado em R$ 10 mil para colocação de oito lentes e realização da bichectomia. A cirurgia teria sido feita em 27 de outubro e em 16 e 17 de novembro teriam sido iniciados os procedimentos para elaboração das lentes. Na ocasião, a paciente alega que entregou sete cheques pré-datados no valor restante de R$ 8 mil, parcelados em sete vezes de pouco mais de R$ 1,1 mil.

A paciente afirma que foram feitos os desgastes em seus dentes e também foi colocada uma lente provisória no lugar até que as lentes definitivas ficassem prontas. “Ressalta que enviou uma foto para ambos os réus, de como pretendia que ficassem seus dentes e imaginou que iria ser feito um desgaste mínimo, já que estes eram inteiros e claros, mas como estava anestesiada não conseguiu ver o quanto estava sendo desgastados os seus dentes”, diz a decisão.

Na ação, a mulher afirma que após o desgaste e colocação das lentes provisórias, reclamou a um dos dentistas sobre “dores fortes”, que a impediam de trabalhar, “chegando a pagar uma pessoa para substitui-la no seu serviço”. Ela teria utilizado medicamentos para as dores, sem sucesso.

Em 23 de novembro de 2017 duas lentes teriam se quebrado e “ao se olhar no espelho percebeu que o seu próprio dente estava completamente desgastado”. A paciente procurou outros profissionais, que a informaram que não teriam sido colocadas lentes de contato, mas sim “facetas de porcelana”. Ela sustou cinco cheques e fez boletim de ocorrência pelo não cumprimento do acordo.

Os dentistas se defenderam afirmando que a paciente tinha “pleno conhecimento do tipo de procedimento e seus riscos”, confirmaram que foram colocadas as facetas de porcelana e declararam que a mulher não teve os cuidados necessários.

A magistrada rechaçou as teses da defesa e determinou a condenação. Ainda cabe recurso. Os valores devem ser corrigidos por juros de 1% ao mês, mais correção monetária pelo INPC.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Pedro | Segunda-Feira, 23 de Setembro de 2019, 09h34
    0
    0

    Muito bom ter publicado o nome dos dois tira-dentes. Seria melhor se divulgasse a fachada deles. Mas já é o suficiente para quando ver um cartão ou placa com esses nomes, a gente afastar rapidamente desses caras.

Secretário terá de explicar contrato

alex vieira 400 curtinha   O secretário de Educação de Cuiabá, Alex Vieira (foto), tem dois dias para apresentar defesa ao TCE sobre uma representação da empresa F. M Paragas, propriedade de Fernando Marcelo, que apontou supostas irregularidades na contratação, por dispensa de...

Presidente da OAB e péssimo exemplo

leonardo campos 400 curtinha   Continua repercutindo muito mal, inclusive em âmbito nacional, o escândalo em que se envolveu Leonardo Campos, o Léo Capataz (foto), que acabou se afastando da presidência da OAB-MT. Deu um péssimo exemplo à sociedade. Ele foi parar na Delegacia, na semana passada, sob...

3 fortes para prefeito de Rondonópolis

ze do patio 400 curtinha   Apesar da "inflação" de prefeitáveis em Rondonópolis, com quase 10 se colocando como virtuais candidatos a prefeito, a disputa deve ficar acirrada mesmo entre três. Um deles é Zé do Pátio (foto), do Solidariedade. Vai tentar o terceiro mandato não consecutivo e...

Ex-deputada vai à vereadora em VG

zilda pereira 400 curtinha   A ex-deputada estadual Zilda Pereira Leite (foto) permaneceu pouco tempo na base dos Campos em Várzea Grande. Chateada por não ter sido renomeada como secretária de Educação, de cuja pasta havia se afastado por problemas de saúde, Zilda se filiou ao PSB, do pré-candidato...

Breunig destaca aprovação de contas

adriano breunig curtinha 400   O professor Adriano Breunig (foto), ex-adjunto e ex-secretário de Estado de Ciência e Tecnologia no Governo Silval e hoje diretor de Políticas de Desenvolvimento Institucional do IFMT, contesta o registro em Curtinha, apontando-o como candidato reserva e "vulnerável" à...

Borgato não sairá mais de secretaria

nilton borgato 400 curtinha   Nilton Borgato (foto), ex-prefeito de Glória D'Oeste e filiado ao PSD, não sairá mais do comando da secretaria estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação. Dias atrás, ele chegou a ser avisado pelo governador que seria substituído e que iria para o Escritório...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.