Judiciário

Quinta-Feira, 06 de Agosto de 2020, 10h:10 | Atualizado: 08/08/2020, 08h:38

ABUSO ECONÔMICO

Julgamento empata e presidente do TRE irá decidir destino de cassação de Neri

O julgamento da ação que pode cassar o mandato do deputado federal Neri Geller (PP) no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) está empatado em três votos a três. O presidente do TRE-MT, desembargador Gilberto Giraldelli, que tem o voto decisivo, pediu vistas e adiou a conclusão do processo em sessão na manhã de hoje (6).

Rodinei Crescêncio

Gilberto Giraldelli

O presidente do TRE-MT, desembargador Gilberto Giraldelli, terá o  "voto de minerva"

Os sete membros do TER-MT estão analisando uma questão preliminar levantada pela defesa de Neri. O parlamentar é acusado de doar de maneira irregular R$ 1,3 milhão a campanhas de candidatos a deputado estadual em 2018, o que teria desequilibrado a eleição.

A Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) acionou somente Neri no TRE-MT. O advogado Flávio Caldeira Barra, que representa Neri, argumentou que os candidatos a estadual também deveriam ser inclusos no “litisconsórcio passivo necessário” da ação, pois também teriam sido beneficiados pelas doações irregulares. A defesa pede que Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) seja anulada por essa falha processual.

Na sessão de 23 de julho, o relator, desembargador Sebastião Barbosa, havia votado por negar o pedido da defesa, entendendo que há jurisprudência em um voto do ministro Luis Roberto Barroso no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que prevê em casos de abuso de poder econômico que apenas o doador seja responsabilizado. Votaram com o relator os magistrados Fábio Henrique Fiorenza e Bruno D’Oliveira Marques.

O juiz-membro Sebastião Monteiro apresentou voto divergente na sessão anterior e o magistrado Jackson Coutinho havia pedido vistas. Hoje, Coutinho apresentou voto seguindo a divergência, acatando os pedidos da defesa de Neri para extinguir o processo, com resolução do mérito. O magistrado Gilberto Bussiki também acompanhou, empatando a questão em três a três.

A acusação

A PRE afirma que Neri cometeu abuso de poder econômico nas eleições de 2018 por ter feito doações que totalizaram R$ 1,3 milhão a candidatos a deputado estadual, na chamada “dobradinha”. As doações foram feitas inclusive a candidatos que eram de coligações adversárias, o que indicaria cooptação desses então candidatos e de suas bases eleitorais por meio das doações.

Ao todo, R$ 385 mil saíram da conta de campanha de Neri e outros R$ 942 mil saíram diretamente das contas pessoais do parlamentar, o que é apontado pela PRE como uma maneira de burlar o limite de gastos.

Receberam recursos de Neri os deputados estaduais Wilson Santos, Ondanir Bortolini, Elizeu Nascimento, Romoaldo Júnior, além de outros candidatos não eleitos em 2018. O entendimento dos votos divergentes é que eles deveriam ter sido incluídos na AIJE para eventual responsabilização.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Luciano | Sexta-Feira, 07 de Agosto de 2020, 08h51
    1
    0

    Todo mundo sabe porque um juiz pede vistas...

  • Lucialdo | Quinta-Feira, 06 de Agosto de 2020, 17h58
    0
    0

    Lucialdo, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Moisés | Quinta-Feira, 06 de Agosto de 2020, 16h18
    2
    0

    O resultado já é esperado, nada, nada, nada!!! E todos felizes como antes e povo com cara de palhaço!!!

  • Ricardo | Quinta-Feira, 06 de Agosto de 2020, 11h41
    0
    0

    Ricardo , Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Crítico | Quinta-Feira, 06 de Agosto de 2020, 10h43
    0
    0

    Crítico, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

Prefeita cobra duplicação e ferrovia

rosana_curtinha   A prefeita de Sinop Rosana Martinelli aproveitou a visita do presidente Jair Bolsonaro na Capital do Nortão para cobrar uma solução para a duplicação da BR-163, sob concessão, e também pediu empenho na Ferrogrão e a implementação de porto seco na cidade. O...

Podemos se alia à esquerda em Barra

sandro saggin 400 curtinha   O direitista Podemos, comandado no Estado pelo deputado Medeiros, fechou coligação com partidos de extrema esquerda em Barra do Garças, como PC do B, PT e Pros. Sandro Saggin (foto), até então pré-candidato a prefeito pelo Pode, recuou e compôs com o grupo liderado pelo...

Coordenador quer mostrar obras de EP

vanderlucio curtinha   Coordenador da campanha de Emanuel Pinheiro à reeleição, Vanderlúcio Rodrigues (foto) garante que o grupo vai focar na divulgação de propostas e não fará ataques pessoais aos 7 adversários. O ex-secretário de Obras Públicas avalia que o grupo...

Tucano ainda com sequelas da Covid

ricardo saad curtinha 400   O vereador cuiabano e presidente do PSDB na Capital, Ricardo Saad (foto), segue na luta para reverter as sequelas deixadas pela Covid-19. Mesmo Dois meses após ser infectado, diz que 53% do seu pulmão ainda está comprometido e que, por isso, sente muita falta de ar. Candidato à...

Tentando golpe político em Tangará

amauri 400 curtinha   O deputado estadual Paulo Araújo (PP) sofreu uma tentativa de golpe vinda de uma pessoa em quem ele confiava totalmente, o seu ex-assessor Amauri Paulo Cervo (foto). Até há poucos dias, Amauri estava lotado no gabinete do deputado, na AL, quando se licenciou com intenção de concorrer...

Regiões e representantes na disputa

nilson leitao curtinha   A maior parte das regiões está bem representada em relação aos cabeças de chapa que disputarão vaga no Senado. Pelo Nortão e Médio-Norte, encaram às urnas o ex-prefeito de Sinop Nilson Leitão (foto) e o senador tampão Carlos Fávaro (PSD). Na...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você está animado para votar nas eleições de novembro?

sim

não

nem sei!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.