Judiciário

Terça-Feira, 04 de Agosto de 2020, 11h:12 | Atualizado: 04/08/2020, 11h:15

SUPOSTO VAZAMENTO

Justiça condena Estado a indenizar em R$ 30 mil coronéis presos na Grampolândia

A juíza Cristhiane Trombini Puia Baggio, da 1ª Vara Especializada da Fazenda Pública de Cuiabá, condenou o Governo do Estado a indenizar em R$ 30 mil os coronéis da PM Alexandre Corrêa Mendes e Victor Paulo Fortes Pereira. Eles teriam sido presos de maneira irregular em 2017, no início das investigações da Grampolândia Pantaneira.

Reprodução

comando da PM

A ordem de prisão foi expedida em 23 de junho daquele ano pelo coronel PM Jorge Catarino de Morais Ribeiro, que era encarregado do Inquérito Policial Militar (IPM) que investigava as escutas clandestinas. Os dois coronéis ficaram presos por três dias, acusados de terem avisado três secretários da gestão Pedro Taques de que haveria uma operação contra a Casa Militar, que seria o epicentro dos grampos.

A prisão dos dois coronéis foi suspensa em um habeas corpus de 26 de junho de 2017 pela  11ª Vara Criminal de Justiça Militar em Cuiabá. A ordem de prisão acabou anulada definitivamente por somente à encarregada de outro IPM, a coronel PM Ridalva Reis de Souza, caberia decretar a detenção de Mendes e Peireira.

“Demonstrado, pois que os autores foram indevidamente detidos, por falha na prestação de serviço do demandado, vez que a ordem de prisão foi emanada por pessoa sem competência para proferi­la e ainda sem a devida instauração das investigações para respaldá­la, visto que as investigações tiveram início dias após a soltura dos autores, conforme portaria datada de 03/07/2017”, entendeu a juíza.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Cidadão | Quarta-Feira, 05 de Agosto de 2020, 17h59
    0
    0

    Cidadão , Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

PTB tem 25 e deve eleger 2 à Câmara

misael galvao 400 curtinha   O PTB lançou 25 nomes a vereador em Cuiabá. E a tendência é de eleger entre um e dois. As maiores apostas são os seus próprios vereadores: Misael Galvão (foto) e Adevair Cabral, respectivamente, presidente e primeiro-secretário da Mesa Diretora da Câmara....

Retorno à Câmara após 6 mandatos

fulo 400 curtinha   Figura bastante popular, especialmente na região da Vila Operária, Lourisvaldo Manoel de Oliveira, o Fulô (MDB), que foi vereador de Rondonópolis por seis mandatos, está de volta. Hoje suplente, ele assume provisoriamente nesta segunda a cadeira do titular Thiago Muniz, que pediu licença...

Bolsonaro nem aí para políticos de MT

nelson barbudo 400 curtinha   O cerimonial da Presidência da República deu de ombros para os políticos, inclusive para a bancada federal mato-grossense, na visita de Bolsonaro, sexta, em Sinop e Sorriso. Alguns tentaram, de forma insistente, tirar foto com o presidente. E até conseguiram. Mas o capitão preferiu...

Tião com Flávio e "pau" nos Campos

tiao da zaeli 400 curtinha   A maior bronca dos Campos em Várzea Grande hoje é com o ex-prefeito Tião da Zaeli (foto), que motivou o amigo e empresário Flávio Vargas, dono do frigorífico Frical, a entrar na disputa à sucessão municipal. E Flávio conseguiu construir um amplo arco de...

A única dos maiores fora da reeleição

rosana martinelli 400 curtinha   Seis dos 10 prefeitos dos maiores municípios de MT poderiam disputar a reeleição neste ano por estarem no primeiro mandato ou já tendo exercido outros não consecutivos. E, destes, somente Rosana Martinelli (foto), de Sinop, não se recandidatou. Percebeu dificuldades...

Poconé tem 4 no páreo; Euclides dança

euclides santos 400 curtinha   Em Poconé, o ex-prefeito Euclides Santos (foto) nadou e morreu na praia. Numa queda de braço dentro do PSDB, Euclides, que havia se mudado para Cuiabá e tem o filho na disputa para vereador, perdeu espaço e autonomia para a ex-prefeita Meire Adauto, presidente municipal da legenda tucana e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.