Judiciário

Sábado, 13 de Abril de 2019, 14h:37 | Atualizado: 15/04/2019, 11h:45

Justiça determina busca e apreensão de 4 carros de luxo vendidos pela Sport Cars

Marcelo sport car

Marcelo Sixto é acusado de dar golpes

 A Justiça, por meio de Varas Cíveis da Capital, determinou ordens de busca e apreensão de quatro carros e as suas respectivas reintegrações de posse. A decisão se refere a veículos de luxo que foram vendidos pela Sport Cars, que declarou falência no mês passado. Os donos alegam ter sido vítimas de golpe.

A primeira decisão é da 4ª Vara Cívil, onde a juíza Vandymara Paiva Zanolo aceitou o pedido de rescisão contratual com reintegração de posse. Acatou pedido da empresa Terras Hotel EPP, referente à venda de uma caminhonete Toyota Hilux. Segundo a decisão, Marcelo Sixto, dono da Sport Cars, firmou um contrato verbal de venda e não teria repassado o dinheiro, no valor de R$ 190 mil.

O carro teria sido levado para Francisco Beltrão (PR). A juíza também marcou uma audiência de conciliação para 24 de junho deste ano. Já a ação de busca e apreensão de uma Mercedez Benz Gla 200 é movida pela Athivalog Logística Ltda. A empresa descobriu que o veículo estava em São Paulo, quando o comprador pediu a transferência dos documentos. A juíza da 9ª Vara Cível Sinii Savana Bosse Saboia Ribeiro acatou pedido e marcou audiência de conciliação para  2 de julho.

No terceiro caso, a juíza Olinda de Quadros Altomare Castrillon, da 11ª Vara Cível, marcou audiência de conciliação para 2 de julho e acolheu o pedido da parte autora. O vice-presidente do Cuiabá Esporte Clube, Cristiano Luiz Dresch, ao pedir busca e apreensão, garante que comprou uma Land Rover Discovery 4 da Sport Cars e deu uma entrada de R$ 51 mil. Por não ter espaço para acomodar o veículo em sua garagem, ele deixou guardado na loja. E, depois,  foi informado sobre o fechamento da empresa - que foi saqueada.

A quarta decisão é referente a um carro Audi A3 LM, no valor de R$ 105 mil. Neste caso, o dinheiro também não foi repassado. O juiz da 5ª Vara Cível autorizou a busca e apreensão em 31 de março e haverá audiência em junho.

Outro lado

A reportagem do entrou em contato com o advogado dos empresários Marcelo Sixto e Thays Dalavale, Elvis Klauk Junior. Ele informou que ainda não foi notificado das decisões, por isso, só vai se posicionar após ter acesso ao teor dos autos. 

O caso

A Sport Cars funciona na avenida Miguel Sutil, nas proximidades do Parque Mãe Bonifácia, em Cuiabá. Os proprietários da empresa foram indiciados pela polícia por estelionato ou apropriação indébita. Eles são acusados de comercializar automóveis e não repassar o dinheiro aos proprietários. Há pelo menos 20 denúncias. O casal nega golpe e alega ter decretado falência.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

Governo liquida toda folha de março

luciana rosa 190 curtinha tesouro   A secretaria de Fazenda creditou neste sábado o pagamento de março dos servidores ativos e inativos que recebem acima de R$ 7,5 mil para quem tem conta no BB. Já para aqueles com conta em outros bancos, a liberação será na segunda (22). Segundo a...

Delator afirma não ter promissórias

silval barbosa curtinha   As tais notas promissórias que o STF alegou não ter encontrado nos autos do processo, pelo visto, não vão aparecer. O próprio delator, ex-governador Silval Barbosa (foto), que confessou esquemas criminosos dentro de sua gestão, disse que jamais prometeu apresentar esses...

Ex-prefeito de Chapada agora na AL

gilberto mello chapada curtinha   Após duas tentativas frustradas de retorno ao comando da Prefeitura de Chapada, em 2012 e 2016, o ex-prefeito e pecuarista Gilberto Schwartz de Mello (foto) agora atua como assessor-adjunto da Primeira-Secretaria da Assembleia Legislativa. Tem salário de R$ 5,6 mil. Ele arrumou o cargo comissionado...

Projetos irregulares e ressarcimento

leandro carvalho curtinhas   Alguns proponentes da época de Leandro Carvalho (foto) como secretário estadual de Cultura, no Governo Taques, estão sendo obrigados a devolver ao erário o que receberam de ajuda financeira porque simplesmente não prestaram contas. Marcos Aurélio Oliveira da Silva é um...

Servidores do Judiciário ganham RGA

carlos alberto curtinha   Os servidores do Judiciário, sob Carlos Alberto (foto), assim como nos outros anos, receberam a sua Revisão Geral Anual. Neste ano, têm direito a 3,43% a título de reajuste, índice calculado com base na inflação. De um certo modo, trata-se de uma categoria de um Poder...

Presidente vê quebra de paradigma

misael galvao curtinha   Misael Galvão (foto) disse que nestes primeiros 90 dias como presidente da Câmara da Capital tem tomado decisões que representam quebra de paradigma e que terão reflexos positivos junto à população cuiabana daqui a dois meses. Enfatiza a questão da transparência,...

MAIS LIDAS