Judiciário

Sexta-Feira, 23 de Agosto de 2019, 08h:40 | Atualizado: 23/08/2019, 14h:33

DEVOLUÇÃO

Justiça manda leiloar R$ 50 mi em bens de ex-governador e nega a remissão da pena

Rodinei Crescêncio

Ex-governador Silval Barbosa

Ex-governador Silval Barbosa, na condição de delator, disponibilizou bens, como intenção de reparar erros cometidos

O juiz Leonardo de Campos Costa e Silva Pitaluga, da Vara de Execuções Penais de Cuiabá, determinou que bens entregues pelo ex-governador Silval Barbosa em delação sejam levados a leilão. Os imóveis somam mais de R$ 50 milhões e deverão ficar a cargo do leiloeiro Paulo Marcus Brasil.

As fazendas fazenda Serra Dourada II, avaliada em R$ 33,1 milhões, e Serra Dourada I, de R$ 10,4 milhões, ambas em Peixoto de Azevedo, são os imóveis mais valiosos da lista. Também vão a leilão um imóvel no bairro Rodoviária Parque em Cuiabá, de R$ 1,2 milhão; dois terrenos no mesmo bairro por R$ 524 mil; um apartamento no edifício Riviera da América, em Cuiabá, de R$ 1,2 milhão; a Fazenda Lagoa Dourada em Peixoto de Azevedo por R$ 2,9 milhões; um terreno no Condomínio Portal das Águas no Lago do Manso por R$ 524 mil; um apartamento no Edifício Manchester, e Cuiabá, por R$ 310 mil; e ainda uma casa de R$ 2,4 milhões em Matupá.

A defesa do ex-governador também havia pedido remissão de pena por cursos feitos por Educação à Distância (EaD). O juiz seguiu entendimento do Ministério Público Estadual (MPE) e negou o pedido porque o Centro de Custódia da Capital (CCC) não teria essa modalidade de curso e, por isso, não haveria possibilidade de comprovação.

A decisão foi dada na ação que fiscaliza o cumprimento de pena do ex-governador e também tem objetivo de fazer a alienação dos bens entregues por ele em colaboração premiada homologada pelo Supremo Tribunal Federal (STF). No total, Silval se comprometeu a devolver R$ 70 milhões pelos desvios cometidos enquanto governador e, de acordo com o magistrado, o ministro Luiz Fux reconheceu a competência da Vara de Execuções Penais para fazer a alienação dos bens. Outra ação com o mesmo objetivo tramita na 7ª Vara Criminal e a competência ainda é discutida.

Do total a ser devolvido, R$ 23,4 deveriam ser pagos em cinco parcelas que se estendem até 2022. Silval tenta substituir esse valor também por imóveis.

A defesa do ex-governador havia pedido para substituir um apartamento no bairro Jardim das Américas, em Cuiabá, no qual ele mora por outros três imóveis, incluindo uma mansão em Jurerê Internacional, em Santa Catarina. Outra proposta seria a substituição do apartamento, avaliado pela defesa em R$ 3,6 milhões, por um terreno no Lago do Manso, um lote em Sinop e uma casa em Cuiabá.

A casa avaliada em R$ 700 mil, porém, não está em nenhum trecho do acordo de colaboração. O apartamento no Jardim das Américas só foi avaliado pela própria defesa. Assim, o magistrado deu 10 dias para que as duas questões sejam resolvidas. Ele ainda negou a substituição pela mansão em Jurerê porque Silval disputa a posse do imóvel com o empresário Valdir Piran na Justiça.

Pitaluga listou ainda os bens entregues pelos demais membros da família do ex-governador na delação. A esposa de Silval, Roseli Barbosa, entregou um terreno e um apartamento somados em R$ 2,4 milhões, Toninho Barbosa, irmão do ex-governador, entregou uma fazenda e um terreno avaliados em R$ 3,4 milhões, e Rodrigo Barbosa, filho do ex-MDB, entregou R$ 3,5 milhões divididos em um terreno, um apartamento, uma casa e a fiança de R$ 528 mil paga para soltura na segunda fase da Operação Sodoma.

Os demais bens oferecidos pela família Barbosa serão levados a leilão à medida que as pendências a eles relacionadas forem regularizadas.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • mario | Sexta-Feira, 23 de Agosto de 2019, 14h42
    0
    0

    eu ja estou vacinado de silval, e blairo maggi, junto com lula dilma , nesses não voto mais, blairo e silval, estam nem ai pra nós, votaram nele com mentiras, brincaram com o estado.--blairo pegou o estado certinho redondo, ai ficou na sombra de dante , e o silval quebrou o estado.

  • paulo roberto | Sexta-Feira, 23 de Agosto de 2019, 09h42
    3
    0

    Leilão de tranqueira, garanto que esses bens do meliante Silval não vale um pequí roído......

Matéria(s) relacionada(s):

1º projeto beneficia a Grande Cáceres

leonardo 400 curtinha   O deputado Leonardo (foto) conseguiu aprovação de um projeto na Câmara Federal que amplia prazo sobre registro de imóveis na fronteira, beneficiando a região Oeste, especialmente Cáceres, que faz fronteira com a Bolívia. A matéria agora segue para o Senado. A...

Denúncia, psiquiatria e agora atestado

elizabeth 400 curtinha   Lotada como técnico-administrativo do RH do Hospital Metropolitano da Capital, Elizabete Maria de Almeida (foto), recorreu a um psiquiatra uma semana depois de registrar um BO e, sem apresentar provas, acusar o prefeito Emanuel de negociata, inclusive com dinheiro vivo para vereadores, com vistas a...

Título de Cidadã para senadora goiana

janaina riva 400 curtinha   A Assembleia fará sessão solene nestes últimos dias de 2019 para prestar homenagem a várias personalidades de diferentes segmentos e profissões. Uma das que serão condecoradas com o Título de Cidadã Mato-Grossense é a goiana Kátia Regina de Abreu,...

Francis sem os vereadores do partido

cesare 400 curtinha vereador caceres   A administração Francis Maris em Cáceres se tornou tão emblemática que perdeu apoio dos dois únicos vereadores do seu partido, o PSDB, na Câmara Municipal. Os tucanos Valdeniria Dutra e Claudio Henrique integram hoje o bloco de oposição ao prefeito,...

Gilberto prestigia sobrinho na Câmara

marcelo oliveira 400 curtinha   Depois de 11 meses sem pisar os pés na Câmara Municipal de Cuiabá, o vereador licenciado Gilberto Figueiredo, secretário estadual de Saúde e um dos pré-candidatos a prefeito do grupo do governador Mauro, apareceu neste sábado na sede do Legislativo, no ato que marcou a...

Suplente que terá 2 anos de mandato

adilton da levante 400 curtinha   Derrotado à reeleição em 2016, Adilson da Levante (foto) reassumiu cadeira de vereador pela Capital desde janeiro deste ano e deve prosseguir no cargo até o final do mandato, em dezembro de 2020. É que o titular Gilberto Figueiredo, que se elegeu pelo PSB e vai migrar para o DEM,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.