Judiciário

Sexta-Feira, 23 de Agosto de 2019, 08h:40 | Atualizado: 23/08/2019, 14h:33

DEVOLUÇÃO

Justiça manda leiloar R$ 50 mi em bens de ex-governador e nega a remissão da pena

Rodinei Crescêncio

Ex-governador Silval Barbosa

Ex-governador Silval Barbosa, na condição de delator, disponibilizou bens, como intenção de reparar erros cometidos

O juiz Leonardo de Campos Costa e Silva Pitaluga, da Vara de Execuções Penais de Cuiabá, determinou que bens entregues pelo ex-governador Silval Barbosa em delação sejam levados a leilão. Os imóveis somam mais de R$ 50 milhões e deverão ficar a cargo do leiloeiro Paulo Marcus Brasil.

As fazendas fazenda Serra Dourada II, avaliada em R$ 33,1 milhões, e Serra Dourada I, de R$ 10,4 milhões, ambas em Peixoto de Azevedo, são os imóveis mais valiosos da lista. Também vão a leilão um imóvel no bairro Rodoviária Parque em Cuiabá, de R$ 1,2 milhão; dois terrenos no mesmo bairro por R$ 524 mil; um apartamento no edifício Riviera da América, em Cuiabá, de R$ 1,2 milhão; a Fazenda Lagoa Dourada em Peixoto de Azevedo por R$ 2,9 milhões; um terreno no Condomínio Portal das Águas no Lago do Manso por R$ 524 mil; um apartamento no Edifício Manchester, e Cuiabá, por R$ 310 mil; e ainda uma casa de R$ 2,4 milhões em Matupá.

A defesa do ex-governador também havia pedido remissão de pena por cursos feitos por Educação à Distância (EaD). O juiz seguiu entendimento do Ministério Público Estadual (MPE) e negou o pedido porque o Centro de Custódia da Capital (CCC) não teria essa modalidade de curso e, por isso, não haveria possibilidade de comprovação.

A decisão foi dada na ação que fiscaliza o cumprimento de pena do ex-governador e também tem objetivo de fazer a alienação dos bens entregues por ele em colaboração premiada homologada pelo Supremo Tribunal Federal (STF). No total, Silval se comprometeu a devolver R$ 70 milhões pelos desvios cometidos enquanto governador e, de acordo com o magistrado, o ministro Luiz Fux reconheceu a competência da Vara de Execuções Penais para fazer a alienação dos bens. Outra ação com o mesmo objetivo tramita na 7ª Vara Criminal e a competência ainda é discutida.

Do total a ser devolvido, R$ 23,4 deveriam ser pagos em cinco parcelas que se estendem até 2022. Silval tenta substituir esse valor também por imóveis.

A defesa do ex-governador havia pedido para substituir um apartamento no bairro Jardim das Américas, em Cuiabá, no qual ele mora por outros três imóveis, incluindo uma mansão em Jurerê Internacional, em Santa Catarina. Outra proposta seria a substituição do apartamento, avaliado pela defesa em R$ 3,6 milhões, por um terreno no Lago do Manso, um lote em Sinop e uma casa em Cuiabá.

A casa avaliada em R$ 700 mil, porém, não está em nenhum trecho do acordo de colaboração. O apartamento no Jardim das Américas só foi avaliado pela própria defesa. Assim, o magistrado deu 10 dias para que as duas questões sejam resolvidas. Ele ainda negou a substituição pela mansão em Jurerê porque Silval disputa a posse do imóvel com o empresário Valdir Piran na Justiça.

Pitaluga listou ainda os bens entregues pelos demais membros da família do ex-governador na delação. A esposa de Silval, Roseli Barbosa, entregou um terreno e um apartamento somados em R$ 2,4 milhões, Toninho Barbosa, irmão do ex-governador, entregou uma fazenda e um terreno avaliados em R$ 3,4 milhões, e Rodrigo Barbosa, filho do ex-MDB, entregou R$ 3,5 milhões divididos em um terreno, um apartamento, uma casa e a fiança de R$ 528 mil paga para soltura na segunda fase da Operação Sodoma.

Os demais bens oferecidos pela família Barbosa serão levados a leilão à medida que as pendências a eles relacionadas forem regularizadas.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • mario | Sexta-Feira, 23 de Agosto de 2019, 14h42
    0
    0

    eu ja estou vacinado de silval, e blairo maggi, junto com lula dilma , nesses não voto mais, blairo e silval, estam nem ai pra nós, votaram nele com mentiras, brincaram com o estado.--blairo pegou o estado certinho redondo, ai ficou na sombra de dante , e o silval quebrou o estado.

  • paulo roberto | Sexta-Feira, 23 de Agosto de 2019, 09h42
    3
    0

    Leilão de tranqueira, garanto que esses bens do meliante Silval não vale um pequí roído......

Partidos acirram disputa a vice de Léo

leonardo 400 curtinha   Em Primavera do Leste, o prefeito emedebista Léo Bortolin (foto), um dos mais bem avaliados gestores mato-grossenses, convive com uma disputa acirrada de pretendentes ao cargo de vice-prefeito de sua chapa. A corrida por novo mandato está tão confortável que Léo praticamente não tem...

MDB e PRB devem se juntar em ROO

luizao 400 curtinha   Ao menos dois blocos de oposição em Rondonópolis estão levando a sério a observação do ex-governador e ex-senador Blairo Maggi, para quem Zé do Pátio ganharia a reeleição numa boa se o município tiver várias candidaturas. Ou seja, quanto...

Parlamentares numa disputa cômoda

thiago silva 400 curtinha   Parlamentares que estão se aventurando na disputa a prefeito nada têm a perder. Não precisam nem se afastar dos mandatos para concorrer ao pleito. Em caso de derrota nas urnas de novembro, continuam com suas cadeiras garantidas até 2022 (situação de estadual e federal) e...

Sob recall e apoiamento de Bolsonaro

roberto franca 400 curtinha   Mesmo isolado e sem grupo político da época em que foi prefeito por duas vezes, Roberto França (foto), filiado ao nanico Patriota, não desiste da pré-candidatura em Cuiabá. E há um motivo forte que o deixa empolgado. Seu nome vem se consolidando como o segundo nas...

Prejuízos para Acorizal de R$ 753 mil

clodoaldo monteiro 400 curtinha acorizal   O conselheiro interino Moisés Maciel concedeu medida cautelar proposta pela secretaria de Controle Externo de Contratações Públicas do TCE, suspendendo de imediato um termo de parceria, em vigor desde 2017, entre a prefeitura de Acorizal e a Oscip Iso Brasil. Foi descoberto...

"Eu não devo um centavo para Júlio"

sergio rezende 680   O empresário e ex-vereador de Chapada dos Guimarães, Sergio Rezende (foto), que foi "enquadrado" pelo cacique político do DEM, Júlio Campos, reagiu, mas sem as críticas duas de antes contra o ex-governador. Irritado pelos ataques feitos por Rezende em um grupo de WhatsApp, Julio gravou um...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.