Judiciário

Quarta-Feira, 15 de Maio de 2019, 08h:47 | Atualizado: 15/05/2019, 09h:44

SERIAL KILLER

Justiça mantém preso acusado de matar 2 ex-parceiras e enterrá-las perto de casa

adilson pinto

Adilson é acusado de matar 2 ex-mulheres

O juiz Mário Roberto Kono de Oliveira decretou, na tarde de terça (14), a prisão do operador técnico de refrigeração Adilson Pinto da Fonseca, 48 anos, acusado de assassinar e enterrar os corpos da ex-companheira, Benildes Batista de Almeida, 39, e da namorada, Talissa de Oliveira Ormond, 22. O crime aconteceu em 2013, no bairro Nova Conquista, em Cuiabá.

As ossadas das vítimas, que passarão por procedimento de identificação, foram encontradas nesta semana, após investigações da Polícia Civil.  Os restos mortais estavam em uma área localizada em frente à casa de Adilson, que confessou o crime. Ele foi preso na última segunda (13).

O delegado Fausto José Freitas da Silva, da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), responsável pelas apurações dos crimes, pediu que a prisão do homem fosse mantida pela Justiça.

Em audiência de custódia, na tarde de terça, a defesa dele solicitou a substituição da prisão por liberdade provisória. Já o Ministério Público Estadual (MPE) se manifestou a favor da manutenção da prisão do homem.

Ao analisar o caso, o juiz apontou que há claros indícios de que Adilson cometeu os crimes, além de o próprio homem ter confessado os homicídios e as ocultações de cadáveres. Ele pontuou que pelo fato de o crime ter sido cometido há quase seis anos, não havia prisão em flagrante. Porém, ainda assim, diante do contexto, é possível determinar a prisão preventiva do homem.

ossada

Polícia e perícia buscaram por 48h pelos corpos, em um terreno baldio, próximo à casa onde o acusado morava, e encontrou os restos mortais das mulheres

“O fato dos delitos terem acontecidos no ano de 2013 e só agora descobertos, principalmente pelos cometimentos dos crimes de ocultação de cadáveres já é de se presumir a necessidade de se garantir a aplicação da lei penal, medo este sofrido por Adilson até a data de hoje e que provavelmente assim continua”, assinalou.

“Neste passo, entendo ser necessário o atendimento do pedido pela imperiosa aplicação da lei penal e para a perfeita instrução do processo. Por tais razões, acolho o pedido e decreto a prisão preventiva de Adilson Pinto da Fonseca, devendo o mesmo aguardar preso o seu julgamento ou até que o juiz titular para qual o feito for distribuído possa tomar outra decisão”, decretou.

Os crimes

Conforme as investigações, o acusado matou Benildes enquanto os três filhos deles dormiam, um dia antes de a mulher retornar à Espanha, onde morava. “Ele matou a mulher e sumiu com o corpo na mesma noite. Ele a jogou no fundo de um buraco com água, onde a enterrou depois de uma semana”, explicou o delegado.

Segundo o responsável pelas investigações, o homem dizia aos filhos que a mulher embarcou para a Espanha. “Ele ficou esse tempo todo enrolando a família. Ele dizia que ela ligava para ele”.

Em relação a Talissa, segundo a Polícia, o desaparecimento dela foi comunicado em oito julho de 2013, cerca de quatro dias depois de sumir. A mãe da moça contou que ela tinha saído para trabalhar em uma empresa de telefonia e não mais deu notícias.

Na empresa, conforme a polícia, a chefe da vítima informou à mãe que naquele dia ela tinha trabalhado o dia todo e, quando saiu, havia um rapaz moreno em uma motocicleta à espera dela. Mas ninguém a viu sair com ele. No dia seguinte, a vítima teria ligado na empresa pedindo socorro. Depois não deu mais notícias.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

DEM foca projeto pra eleger vereador

beto 2 a 1 400 curtinha   O secretário de Governo do Estado, Alberto Machado, o Beto 2 a 1 (foto), fez uma leitura racional sobre o que representa o DEM na Capital. Novo presidente do diretório municipal, ele está ser articulando para formar uma chapa forte de candidatos a vereador, inclusive tenta atrair lideranças de...

Morre o diretor do SAAE de Chapada

arison albernaz 400 curtinha chapada   Morreu nesta segunda, em acidente automobilístico, o diretor-geral do Sistema de Água e Esgosto de Chapada dos Guimarães (SAAE), Aryson Augusto Adriano Albernaz (foto), de 27 anos. Ele dirigia o veículo Golf, de cor prata, pela recém-asfaltada MT-020, que liga o...

Fabio diz vencer "homem do paletó"

fabio garcia 400 curtinha   Na reunião do DEM na 5ª, no gabinete do presidente da AL, Eduardo Botelho, com presença de oito integrantes da cúpula (Jayme, Júlio, Botelho, Fabinho, João Celestino, Beto, Cesar Miranda e Domingos Sávio), Fábio Garcia (foto), que provocou a maior crise ao mudar...

Morre presidente do Grupo Barralcool

petroni barralcool curtinha 400   Morreu neste sábado, em Cuiabá, aos 88 anos, o diretor-presidente do Grupo Barralcool, João Nicolau Petroni (foto). Ele foi um dos pioneiros no setor sucroenergético do Estado e o primeiro presidente do Sindicado das Indústrias Sucroalcooleiras de MT (Sindalcool). Era...

Abracrim cita arbitrariedade na SESP

michelle marrie abracrim curtinha 400   Michelle Marrie (foto), presidente da Associação Brasileira dos Advogados Criminalistas do Estado, contesta a nota em Curtinhas entitulada "Secretário, Abracrim e saia-justa", sobre o fato de uma advogada ter se infiltrado na coletiva à imprensa concedida pelo...

Governo monitora crise na segurança

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro monitora de perto a crise instaurada no setor de segurança devido à operação desencadeada na Penitenciária Central do Estado, em Cuiabá, para acabar com regalias de presos "da pesada", que comandam o crime organizado de dentro das celas. Houve...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Mauro Mendes?

excelente

bom

regular

ruim

péssimo

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.