Judiciário

Terça-Feira, 18 de Fevereiro de 2020, 12h:20 | Atualizado: 18/02/2020, 12h:30

COMISSÃO DE ÉTICA

Justiça nega anular sessão que aprovou parecer pela cassação contra Abílio - veja

Rodinei Crescêncio

abilio_junior

Vereador PSC Abílio Júnior corre o risco de ser cassado na Câmara de Cuiabá, pode decoro parlamentar

O juiz Murilo Couto Mesquita, da 2ª Vara Especializada da Fazenda Pública de Cuiabá, indeferiu mandado de segurança interposto pela defesa do vereador Abílio Júnior (PSC).  O parlamentar  buscava anular a sessão da Comissão de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara de Cuiabá que aprovou por unanimidade parecer recomendando sua cassação por quebra de decoro.

A defesa de Abílio alegou cerceamento da defesa. No entanto, o magistrado o considerou parte ilegítima para pleitear a anulação da sessão, justamente por ser processado pela Comissão de Ética, e indeferiu a anulação da sessão.

Abílio sofreu a derrota judicial justamente no dia em que seus apoiadores promoveram manifestação contra a cassação do mandato, que deve ser votada em plenário após o carnaval. Entre os presentes, estavam os deputados estaduais Elizeu Nascimento (DC) e Ulysses Moraes (PSL). Também havia manifestantes favoráveis a perda do mandato.

O presidente da Comissão de Ética, Toninho de Souza, que chegou a ser ameaçado de morte por telefone e nas redes sociais por conta do parecer contra Abílio, comemorou a decisão judicial. Na tribuna, ainda alfinetou o advogado do colega ameaçado de cassação.

“Abílio já perdeu a primeira ação na Justiça contra o trabalho da Comissão de Ética. A primeira derrota não foi nem aqui na Câmara Municipal foi lá na Justiça onde ele queria parar o trabalho da Comissão de Ética”,  disse.“E o Carlos Rafael (advogado de Abílio),  por exemplo, eu vi um vídeo dele hoje, ele está aqui,  me desculpe Carlos Rafael, mas é piada. Falar de combate a corrupção, que em nome da família tinha que vir  para combater a corrupção. Este rapaz saiu do Procon enxotado,  pois foi acusado pela prática de corrupção e propina. O processo está dentro do Ministério Público Estadual”, concluiu Toninho na sessão ordinária desta terça (18).

 

PageFlips: Sentença Abílio Jr

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Senadora, ataques e defesa de Galvan

selma arruda 400 curtinha   Selma Arruda, senadora cassada por crimes eleitorais, um deles caixa 2, escreveu artigo entitulado "MP x Aprosoja. Afinal, quem tem razão", especialmente para defender o aliado político Antonio Galvan, presidente da Aprosoja. Ao concordar com plantio de soja dentro de período proibido pela...

Deputado, carona e ainda se gabando

paulo araujo 400 curtinha   Considerado de baixo clero na Assembleia, o deputado Paulo Araújo (foto) agiu de carona e num oportunismo condenável acerca do decreto do governador Mauro Mendes da última quinta, quando resolveu relaxar as medidas restritivas em meio à pandemia do coronavírus e liberou o funcionamento...

Políticos querem suspender eleição

Cresce o movimento entre políticos para adiar as eleições municipais de outubro. O argumento utilizado é o impacto que o coronavírus terá na economia, saúde e vida das pessoas. Isso porque, neste ano, uma vacina não deve ficar disponível ao mercado e os prejuízos causados pela Covid-19 ainda estão só começando. Entre os políticos de MT que defendem adiar o pleito para 2022, quando a...

Ex-vereador, demagogia e contradição

everton pop 400   O ex-vereador por Cuiabá e apresentador de um programa popular de TV que leva o seu nome, Everton Pop (foto), gravou um vídeo em que critica o fato da Mesa Diretora da Câmara da Capital pagar os servidores todo dia 20, antecipando o salário em 10 dias do fechamento do mês. Pop só não...

Jayme é contra decreto do governador

jayme campos 400 curtinha   O senador Jayme Campos (foto), que já foi governador e prefeito, engrossa a lista dos que defendem isolamento social mais rigoroso neste momento. A postura vai na contramão do correligionário Mauro Mendes. O governador editou decreto que prevê a abertura de shoppings e comércio, desde...

EP e 2 medidas junto à Águas Cuiabá

emanuel pinheiro 400 curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro (foto) impôs duas medidas à concessionária Águas de Cuiabá. A empresa está proibida de cortar a água de inadimplentes e não terá direito a um aumento de 6%, aprovado pela Arsec. As medidas, segundo o prefeito, são...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.