Judiciário

Quarta-Feira, 16 de Junho de 2010, 11h:22 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

TRIBUNAL DE JUSTIÇA

Lessa vai mostrar lista oficial de pagamentos em ação popular

Lessa promete apresentar lista de pagamentos em ação popular

  O ex-presidente do Tribunal de Justiça, desembargador aposentado Paulo Lessa, voltou a afirmar que a lista de pagamentos de créditos, que foi divulgada por Mariano Travassos, foi criminosamente manipulada. Lessa garante que vai apresentar a documentação verdadeira sobre os reais valores efetivamente pagos numa ação popular movida contra ele e outros, pelo advogado Marcos Souza Barros. “Em breve a sociedade saberá, de forma concreta, quais os pagamentos realizados e, dessa forma, quem fala a verdade e quem a distorce”, afirmou Lessa.

  As declarações dele são um contraponto à denúncia feita por Marcos, contra ele e o desembargador Orlando Perri. Na ação, o advogado, que é irmão do juiz Marcelo Souza de Marros, um dos 10 magistrados punidos com a aposentadoria compulsória pelo CNJ no início do ano, acusa Lessa e Perri de, enquanto presidente e corregedor-geral (2007/2009), terem efetuado pagamentos ilegais a magistrados e servidores do Judiciário. Ele pede, inclusive, que os bens dos dois sejam bloqueados. Alega que somente a esposa de Lessa, Déa Maria de Barros e Lessa, hoje aposentada, recebeu R$ 2 milhões. O filho do casal, Fabio Heleno Lessa, por sua vez, embolsou outros R$ 124,8 mil.

   “Todos os mais de cinco mil servidores foram beneficiados na minha gestão, durante a implantação do SDCR. Além disso, um considerável e expressivo número de funcionários recebeu seus créditos", enfatiza o magistrado, que se diz absolutamente tranquilo e sereno.

  A polêmica em torno do pagamento dos débitos se arrasta há anos e é uma das principais reivindicações dos mais de cinco mil servidores do Poder Judiciário que estão em greve. Segundo o presidente do TJ, José Silvério Gomes, para quitar os débitos são necessários pelo menos R$ 200 milhões. A "queda-de-braço" é grande e os servidores já solicitaram até a intervenção do CNJ no departamento financeiro e pessoal do Tribunal, que vive uma crise sem precedentes desde que Travassos e outros 9 juízes e desembargadores foram aposentados pelo CNJ sob acusação de desvio de recursos públicos e de nepotismo. Outros magistrados também são acusados de participar de um esquema de venda de sentenças investigado pelo Superior Tribunal de Justiça.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • jiancarlo | Quarta-Feira, 16 de Junho de 2010, 16h52
    0
    0

    Dr.Paulo lessa foi o melhor presidente que o tribunal ja teve, deu moralidade ao que estava desmoralizado. Deu animo aos funcionarios Publicos - parte integrante da tutela jurisdicional. Contribuiu sobremaneira com o esatdo democratico de direito. depurou as verdades e mentiras que assolava o tribunal de justiça. sem duvida fará mta falta na judicatura do estado. parabéns Desembargador Paulo Lessa.

  • jiancarlo | Quarta-Feira, 16 de Junho de 2010, 15h38
    0
    0

    o Dr. Paulo Lessa sem duvida foi o melhor presidente do tribunal de justiça, dando credibilidade a uma istituição que estava desmoralizada. De uma injeção de animo aos servidores publicos, que são uma peça fundamental na prestação jurisdicional. Consegiu depurar a verdade da mentira que se alojava no tribunal. Sem duvida o Desembragador Paulo Lessa é parte ímpar na construção do estado de democratico de direito, exisntente em nosso país que recentemente completou 20 anos, merecendo da mesma forma que a carta cidadã, os parabéns pela sua existencia na judicatura do estado.

  • Tulio Almeida | Quarta-Feira, 16 de Junho de 2010, 15h19
    0
    0

    Parabens a brilhante carreira que o Digno Des. Paulo teve, seu espólio sera lembrado por decadas, sempre sereno e tranquilo, fez o que deveria ter feito como correto em sua administração diante do TJ/MT, espero que verdade venha mesmo a tona, pois seus inimigos, nao descansam, por serem estes ïnjustiçados", Deus te abençoe Paulo Lessa.

  • Frederico Leoncio | Quarta-Feira, 16 de Junho de 2010, 15h11
    0
    0

    Parabens ao desembargador Paulo Lessa. O grande comandante da moralizaçao do Poder Judiciario mato-grossense. O Estado deve muito a esse nobre magistrado, que começou o processo de depuraçao e separaçao do jogo do trigo na nossa Justiça. Parabens!

  • osvaldo lima santiago | Quarta-Feira, 16 de Junho de 2010, 11h49
    0
    0

    osvaldo lima santiago, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

Prefeito de Sapezal e aditivo com 15%

valdecir casagrande 400 curtinha sapezal prefeito   O prefeito de Sapezal, Valcir Casagrande (foto), autorizou o quarto aditivo de um contrato sem licitação, firmado em 2019 entre o município e a Casa de Saúde Santa Marcelina. Chamam atenção o valor e o aumento. A continuidade do atendimento aos...

Partidos acirram disputa a vice de Léo

leonardo 400 curtinha   Em Primavera do Leste, o prefeito emedebista Léo Bortolin (foto), um dos mais bem avaliados gestores mato-grossenses, convive com uma disputa acirrada de pretendentes ao cargo de vice-prefeito de sua chapa. A corrida por novo mandato está tão confortável que Léo praticamente não tem...

MDB e PRB devem se juntar em ROO

luizao 400 curtinha   Ao menos dois blocos de oposição em Rondonópolis estão levando a sério a observação do ex-governador e ex-senador Blairo Maggi, para quem Zé do Pátio ganharia a reeleição numa boa se o município tiver várias candidaturas. Ou seja, quanto...

Parlamentares numa disputa cômoda

thiago silva 400 curtinha   Parlamentares que estão se aventurando na disputa a prefeito nada têm a perder. Não precisam nem se afastar dos mandatos para concorrer ao pleito. Em caso de derrota nas urnas de novembro, continuam com suas cadeiras garantidas até 2022 (situação de estadual e federal) e...

Sob recall e apoiamento de Bolsonaro

roberto franca 400 curtinha   Mesmo isolado e sem grupo político da época em que foi prefeito por duas vezes, Roberto França (foto), filiado ao nanico Patriota, não desiste da pré-candidatura em Cuiabá. E há um motivo forte que o deixa empolgado. Seu nome vem se consolidando como o segundo nas...

Prejuízos para Acorizal de R$ 753 mil

clodoaldo monteiro 400 curtinha acorizal   O conselheiro interino Moisés Maciel concedeu medida cautelar proposta pela secretaria de Controle Externo de Contratações Públicas do TCE, suspendendo de imediato um termo de parceria, em vigor desde 2017, entre a prefeitura de Acorizal e a Oscip Iso Brasil. Foi descoberto...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.