Judiciário

Sexta-Feira, 29 de Janeiro de 2010, 16h:57 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

Judiciário

Magistrado perde recurso; CNJ define posse na próxima semana

   Menos de 24 horas depois de ingressar com recurso no STF, o juiz Fernando Miranda Rocha sofre nova derrota jurídica. Eleito desembargador do Tribunal de Justiça, o magistrado teve a posse suspensa por determinação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Ele recorreu no STF com um mandado de segurança, mas o vice-presidente do Supremo, ministro César Peluso, negou o pedido de liminar.

   Enquanto isso, o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Mariano Travassos, não poderá realizar sessão para a escolha do novo desembargador até que a defesa de Fernando Miranda esgote todas as possibilidades de recurso.

   Na próxima semana, o advogado do juiz, Alexandre Slhessarenko, vai apresentar a defesa do magistrado no CNJ. Trata-se de uma determinação do conselheiro-relator do processo administrativo no órgão, Felipe Locke Cavalcanti. Nesta quarta (27), ele acatou o pedido do desembargador Manoel Ornellas e expediu liminar em que suspende a posse de Fernando Miranda sob alegação de que o magistrado é investigado na Corregedoria do TJ.

   Na decisão, o relator também proíbe que a cadeira do desembargador Díocles de Figueiredo, aposentado em setembro passado, seja ocupada até que todos os recursos do juiz Fernando sejam apreciados.

   A suspensão da posse foi solicitada Ornellas por supostas falhas administrativas na sessão em que Fernando Miranda foi eleito, por 18 votos a dois. Apenas o desembargador Teomar de Oliveira Correia e o próprio Ornellas não votaram em Fernando.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Nelson Bonfim | Segunda-Feira, 01 de Fevereiro de 2010, 13h21
    0
    0

    Por que não escolhem um de ficha limpa. ORA, É PROMOÇÃO É DESTAQUE É QUALIDADE, É EXEMPLO A SER SEGUIDO PELOS DEMAIS. Se promove um, todo enrrolado que exemplo serve para outros JUIZES. Estou começando a acreditar na Justiça.

  • Edson silva | Sábado, 30 de Janeiro de 2010, 09h25
    0
    0

    Graças a DEUS as coisas estão mudando.

Desembargadores recebem 6 auxílios

maria helena povoas 400   O Tribunal de Justiça de MT, presidido pela desembargadora Maria Helena Póvoas (foto), paga uma série de direitos e vantagens que "engordam" substancialmente o subsídio de seus magistrados. O salário de desembargador é de R$ 35,4 mil. Entre os chamados penduricalhos pagos pelo...

Hospital cobra R$ 2,4 mi da prefeitura

luiz carlos pereira 400 tce   O Instituto de Saúde Santa Rosa recorreu ao TCE, na esperança de encontrar respaldo para receber R$ 2,4 milhões da secretaria de Saúde da Capital. Argumenta que a prefeitura, com quem mantém contrato desde 2019, está inadimplente, pois não teria pago integralmente os...

Definido novo presidente do Sanear

hermes avila 400   O prefeito Zé do Pátio nomeou à presidência do Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear) o engenheiro Hermes Ávila de Castro (foto), que tende a se efetivar no cargo. Hermes ocupa a cadeira que, desde janeiro de 2017, pertencia à Terezinha Silva de Souza,...

Afilhado de Bezerra nomeado adjunto

clovis cardoso 400   O MDB, sob o cacique político Carlos Bezerra, "emplacou" mais um filiado histórico em cargo relevante na gestão Mauro Mendes. O advogado e ex-superintendente regional do Incra-MT, Clovis Figueiredo Cardoso (foto), foi indicado e já nomeado para o cargo de secretário-adjunto de Agricultura...

MPE suspende censo previdenciário

jose antonio borges 400 curtinha   O procurador-geral de Justiça, promotor José Antonio Borges (foto), suspendeu o censo previdenciário cadastral dos membros e servidores inativos e pensionistas do MPE. O recadastramento deveria ter iniciado no último dia 11 para ser concluído no final de fevereiro. Borges tomou...

Juca e os 7 secretários da Câmara

andre pozetti 400 curtinha   O presidente Juca do Guaraná definiu sete dos nove secretários que vão ajudá-lo a administrar a Câmara de Cuiabá. O secretário de Administração é Bolanger José de Almeida. O coronel PM da reserva Edson Leite conduz o Patrimônio e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.