Judiciário

Quarta-Feira, 17 de Março de 2010, 08h:17 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

EM LEVERGER

Mais de 1 anos depois, TSE nega liminar sobre nova eleição

Faustino Dias Neto   O Tribunal Superior Eleitoral negou pedido de liminar proposto pela Coligação "Avança Leverger", da candidata derrotada no pleito de 2008, Glorinha Garcia (PP), que pleiteava a realização de novas eleições no município. A decisão foi do ministro Arnaldo Versiani Leite Soares.

   Faustino Dias Neto (DEM), eleito nas urnas em 2008, perdeu o mandato devido a crimes eleitorais. Após ser cassado em dois processos, o democrata conseguiu uma liminar de efeito suspensivo junto ao TRE e chegou a assumir o cargo. Em 20 de fevereiro de 2009, porém, foi condenado e, mais uma vez, perdeu o posto de prefeito. Em seu lugar assumiu o seu cunhado e presidente da Câmara, vereador Harrisson Benedito (PSDB). Recentemente, Faustino conseguiu reverter uma das cassações, mas não obteve êxito em outro recurso. Por enquanto permanece afastado.

   O processo agora tramita no TSE e, paralelamente, a Coligação Avança Leverger interpôs no TRE um pedido de providências para a realização de nova eleição. O presidente Evandro Stábile, determinou que se aguardasse o julgamento do Recurso Especial pela Instância superior.

   Desde que o prefeito eleito foi cassado, a população de Santo Antônio do Leverger não sabe ao certo quando voltará às urnas para escolher outro gestor. Reeleito com 5.776, apenas 18 a mais que Glorinha, segunda colocada, Faustino teve o diploma cassado pelo então juiz da 38ª Zona Eleitoral, Lídio Modesto, que apontou compra de votos. Logo após sua cassação, Faustino chegou a falar que não tinha interesse em retornar ao cargo, alegando que não é "político profissional".

   Em seu artigo 224, o Código Eleitoral estabelece que a Justiça Eleitoral deve marcar nova eleição dentro dentro de 20 a 40 dias. Até agora, o TRE-MT só fez eleição suplementar em dois municípios: Araguainha e Novo Horizonte do Norte. O artigo 257 do Código Eleitoral prevê que "os recursos eleitorais não terão efeito suspensivo". Na prática, isso significa que apenas nos casos em que os prefeitos cassados não conseguiram obter liminares de efeito suspensivo, novas eleições devem ser realizadas.

Postar um novo comentário

Comentários (17)

  • Joana | Quinta-Feira, 25 de Março de 2010, 20h44
    0
    0

    Amorim. só se o Valdir vai em leverger e so em sua casa .Porque ninguem o vê em Leverger. E um candidato fraco, nem pra vereador consegue se eleger, procure outro.

  • adalto | Quarta-Feira, 24 de Março de 2010, 14h07
    0
    0

    oh faustino cade ele sumiu de leverger? nem quando era prefeito viamos ele em leverger...prefeito não pode ser assim...

  • marta | Terça-Feira, 23 de Março de 2010, 11h42
    0
    0

    psdb e DEm ja tiveram oportunidade de administrar leverger e não fizeram nada....disseram que a prefeitura tava quebrada e não faziam nada....nada...horas só por que esta quebrada que vão ficar conversando fiado?

  • claudia | Domingo, 21 de Março de 2010, 10h23
    0
    0

    na verdade, vamos parar de demagogia, tanto os do DEM quanto os do PSDB se ganharem vão continuar na mesmice...todos desses partidos ja estiveram na prefeitura de leverger e só quiseram pra eles...é dito e feito...o pmdb ficou melhor na fita em leverger....

  • neuza | Sábado, 20 de Março de 2010, 16h53
    0
    0

    o partido do prefeito cassado faustino deveria expulsar ele, se comprovada a corrupção eleitoral... cade o pessoal do DEM? vão ter coragem de fazer isso?

  • José Dias Ramos | Sexta-Feira, 19 de Março de 2010, 07h37
    0
    0

    Está na hora de nós levergenses unirmos toda a sociedade organizada e instituir o projeto voto útil, que é nada mais do que votarmos em um candidato de nossa cidade para deputado estadual, essa campanha deveria começar imediatamente, e fazermos um abaixo assinado, solicitando que o sr. Juércio saia candidato a deputado, pois ora ele está em um partido que é o psb, e o Sr. Juércio tem condições de fazer dobradinha com Mauro Mendes ao governo e Percival muniz Senador em vários municipios do nosso querido estado, Está na hora de termos um deputado, a descisão está em nossas mãos.

  • mario | Quinta-Feira, 18 de Março de 2010, 14h45
    0
    0

    dr. waldir é uma boa opção...que seje ele o candidato da glorinha, votarei nele, por que esse pessoal do fasutino só quiseram pra eles, na frente é uma coisa por detras é outra...lembro de um churasco la na agrovilla, ai conheci quem é esse presidente interino da camara...isaias

  • nelson | Quinta-Feira, 18 de Março de 2010, 11h43
    0
    0

    aproveitando a materia gostaria de dar uma irmormação ás pessoa de leverger, cuidado com o que dizem nas ruas, nas conversas de esquina, pois tem pessoas em leverger que escutam a conversa e dedura, as vezes esses dedo duros pega a conversa no ar e sai falando para todos digo para todos. qualquer tipo de conversa, olhos abertos.

  • jose gonçalves de arruda | Quinta-Feira, 18 de Março de 2010, 11h38
    0
    0

    valdir,foi um peso para a coligação Avança Leverger,processos mais de 20,sem o voto ,o PMDB nao elegeu vereadorno total somente 300 votos;pessimo vice,mas glorinha e seu grupo politico aguentaram,va logo,deixe o lugar para politicos de carater..nos vamos encontrar.

  • alessandra | Quarta-Feira, 17 de Março de 2010, 20h03
    0
    0

    rdnews até que vale voces bloquearem comentarios mandosos, por que todos vão pensar mesmo que tem gente insatisfeita com relação a algo ...

Poconé tem hoje vários "prefeitáveis"

euclides santos 400 curtinha   O ex-vereador e ex-prefeito de dois mandatos de Poconé, Euclides Santos (foto), que era do MDB e agora está no PSDB, vem se movimentando nos bastidores para concorrer novamente à sucessão municipal. Seria um dos nomes de oposição ao prefeito Tatá Amaral, que vai tentar...

Apostas do PTB para vereador em VG

silvio fidelis 400 curtinha   Detentor da segunda maior bancada na Câmara de Várzea Grande, com cinco assentos, atrás somente do DEM da prefeita Lucimar, que conta com sete vereadores, o PTB aposta na hipótese de ao menos manter as cinco vagas. E todos os seus vereadores vão à reeleição, sendo...

Despesas e o uso eleitoreiro de CPI

marcelo bussiki 400 curtinha   Buscando visibilidade pela reeleição em ano eleitoral, alguns vereadores da Capital, vergonhosamente, usaram e abusaram de dinheiro público para promoção pessoal na esteira da CPI do Paletó. A tendência é do relatório paralelo que pede afastamento do...

Sorriso incentiva 40 projetos culturais

ari lafin 400 curtinha   A seis meses de concluir o mandato, o prefeito de Sorriso, Ari Lafin (foto), estabeleceu, dentro do Plano Municipal de Cultura, o "PROMIC - Festival da Cultura 2020" para contemplar 40 projetos cujos valores somam R$ 340 mil, envolvendo artes visuais, artes cênicas, cultura popular, música, audiovisual,...

Quase R$ 2 mi para o Lucas Protegida

binotti 400 curtinha   A Prefeitura de Lucas do Rio Verde, sob Luiz Binotti (foto), contratou, por R$ 1,9 milhão, um consórcio formado pela Rocha Comércio de Equipamentos, que ficará com a maior "fatia" de R$ 1,4 milhão, e a Airplates Tecnologia da Comunicação, com R$ 521,7 mil, para desevolver o...

Silêncio sobre operação e elo com MBL

ulysses moraes 400 curtinha   O deputado de primeiro mandato Ulysses Moraes (foto), que deixou o DC e se filiou ao PSL, coordenador em Mato Grosso do Movimento Brasil Livre (MBL) e chamado por muitos de paladino da moralidade, mesmo sendo bastante ativo nas redes sociais, não usou a internet para comentar a operação da...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.