Judiciário

Segunda-Feira, 28 de Setembro de 2020, 14h:50 | Atualizado: 28/09/2020, 18h:01

DIPLOMA QUESTIONADO

Médica relata agressões e ameaças em presídio, e defesa pede cela especial

A defesa da médica Yana Fois Alvarenga Coelho pediu a transferência dela para uma cela especial em razão de supostas agressões e ameaças sofridas no presídio Ana Maria do Couto May. Yana foi condenada, em abril, por exercício ilegal da medicina em Colniza, mas a defesa apresentou documentos que comprovariam que o diploma dela foi validado pela Universidade Iguaçu (RJ).

Arquivo Pessoal

Yana Alvarenga, acusada de atuar com falsa m�dica

Yana Fois Alvarenga relata ter sido agredida

A médica é uma das acusadas de planejar o assassinato do ex-prefeito de Colniza Esvandir Antonio Mendes, em dezembro de 2017. Desde a época da morte de Esvandir ela está presa na unidade em Cuiabá.

A defesa cita que as agressões e ameaças aconteceram “coincidentemente na véspera das reeleições”. A situação teria acontecido na noite de 21 de setembro. Apesar da necessidade de atendimento urgente, a defesa teria conseguido agendar visita apenas para quarta (30).

“Por ter ciência que Sra Yana sabe muito acerca de informações preciosas de inúmeros políticos de evidência no Mato Grosso e temendo pelo risco de morte da Sra. Yana solicitar o imediato envio desta para a cela Especial”, diz trecho da petição.

A defesa cita que a médica foi condenada mesmo com o diploma universitário válido. Questiona a competência da Justiça Estadual para julgar esse tipo de caso, que deveria estar sob responsabilidade da Justiça Federal.

“A reeducanda Yana vêm passando por inúmeros erros judiciários, começou com o Procedimento Preparatório Investigativo nº 20170003627 realizado pelo Ministério Público de Colniza que ocultaram provas de sua inocência, desrespeitando a Resolução 174/2017 do Conselho Nacional do Ministério Público”, afirma.

No documento, a defesa lembra que entrou com embargos de declaração em 30 de abril contra omissão na sentença que a condenou por exercício ilegal da profissão, fazendo constar no processo uma comunicação da universidade informando que o diploma foi reconhecido após reavaliação de pendências acadêmicas por uma banca avaliadora. O ofício da UNIG foi encaminhado ao Ministério Público Estadual (MPE) em janeiro de 2018.

 "A prisão especial é válida tão somente para a prisão provisória, como no caso em tela, não houve decisão transitado em julgado", diz a petição.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • marcia | Terça-Feira, 29 de Setembro de 2020, 13h03
    1
    0

    BRUNO ..... melhor comentário kkkkk

  • Bruno | Terça-Feira, 29 de Setembro de 2020, 11h15
    3
    0

    Simples, escreva CELA ESPECIAL na cela onde a mesma se encontra.

  • Elaine Carol | Terça-Feira, 29 de Setembro de 2020, 10h20
    5
    0

    Essa história que está sendo ameaçada. É história pra boi dormir. Tá querendo tratamento especial. A família do ex prefeito sofre até hoje por essa morte. Tem que deixar a pão e água...

  • marcia | Segunda-Feira, 28 de Setembro de 2020, 19h01
    13
    0

    se não tivesse feito errada podia estar em casa como todo mundo, ne?

  • Dra Alice Albuquerque | Segunda-Feira, 28 de Setembro de 2020, 15h33
    3
    0

    Dra Alice Albuquerque , Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

Luizão e 10 promessas em cartório

luizao 400   O empresário Luizão (foto), candidato a prefeito de Rondonópolis pelo Republicanos, registrou em cartório 10 comprimissos de gestão, garantindo, em caso de eleito, executá-los logo no primeiro mês de mandato. O primeiro deles é de zerar a fila de consultas, exames e cirurgias. E...

Ex-secretários de França sem mácula

roberto franca 400 curtinha   A assessoria jurídica da coligação de Roberto França (foto), que concorre à Prefeitura de Cuiabá pelo Patriota, classifica de mentirosa e irresponsável a notícia de que ex-secretários de França, da época em que comandou a Capital, de 1997 a...

Líderes de Lucas e apoios ao Senado

otaviano pivetta curtinha 400   As principais lideranças políticas da "República" de Lucas do Rio Verde estão divididas nos apoios sobre candidaturas ao Senado. O vice-governador Otaviano Pivetta (foto), recém-desfiliado do PDT, faz campanha pela coronel Rúbia Fernanda (Patriota), propagada como a candidata...

Reeleição difícil em Barra do Bugres

raimundo nonato 400   Aos 81 anos, o piauiense de Campo Maior, Raimundo Nonato (foto), busca renovar o mandato de prefeito de Barra do Bugres pelo DEM. Embora considerado carismático e populista, pioneiro no município e ajudado pela força da máquina pública, Nonato, que já foi prefeito nos anos 82 e 90,...

4 com as maiores chances ao Senado

carlos favaro 400 curtinha   Todos os principais candidatos ao Senado, na suplementar de 15 de novembro, para eleger quem ocupará a cadeira da cassada Selma Arruda, estão trabalhando com tracking eleitoral, metodologia que consiste, basicamente, em realizar pesquisas de intenção de voto por telefone de forma...

Polarização entre Gustavo e os Maia

gustavo mello 400 curtinha   Em Alto Araguaia, três disputam a prefeitura, mas a briga eleitoral está mesmo polarizada entre o prefeito Gustavo Melo (foto), do PSB, e Martha Maia (PP), irmã do ex-prefeito por quatro vezes Maia Neto. Júnior da Farmácia (PSL) corre por fora, mas sem chance de êxito nas urnas....