Judiciário

Quarta-Feira, 20 de Janeiro de 2021, 15h:18 | Atualizado: 20/01/2021, 15h:29

TRIBUNAL DO JÚRI

Membros de facção que filmaram execução são condenados a 30 anos

Dois integrantes de uma organização criminosa em Rondonópolis (a 212km de Cuiabá) foram julgados e condenados na segunda (18) pelo homicídio de Fábio Eugênio Lopes Francisco, ocorrido em 2016. O crime chocou a cidade porque os autores, três homens conforme a denúncia do Ministério Público Estadual (MPE), além de matarem a vítima, filmaram e divulgaram via aplicativo de mensagens a execução.

Reprodução

Tribunal do Júri em Rondonópolis

Membros da facção foram julgados pelo Tribunal do Júri em Rondonópolis na segunda-feira

Wellington Silva de Oliveira e Claudinei Jonas Pereira foram condenados em sessão do Tribunal do Júri pelos crimes de homicídio qualificado (motivo torpe e mediante recurso que dificultou a defesa da vítima), organização criminosa e porte ilegal de arma de fogo de uso permitido e porte ilegal de arma de fogo de uso restrito. O processo foi desmembrado em relação ao réu Samuel Firmino Rodrigues.

A pena total foi fixada em 30 anos, um mês e 115 dias-multa para Wellington de Oliveira, e 31 anos, oito meses e 148 dias-multa para Claudinei Pereira. Os condenados, que já estão presos, cumprirão a pena inicialmente em regime fechado e sem direito a recorrer da sentença em liberdade. O valor do dia-multa ficou estabelecido em 1/3 do menor salário mínimo vigente à época dos fatos.

De acordo com a denúncia, Wellington Silva de Oliveira (“Lelé”), Claudinei Jonas Pereira (“Boca”) e Samuel Firmino Rodrigues (“Cheirinho”) mataram Fábio Eugênio Lopes Francisco na noite de 12 de agosto de 2016, no bairro Jardim Ipanema, em Rondonópolis, a mando da facção criminosa denominada Comando Vermelho.

Momentos antes do crime, os três se reuniram na casa da mãe de Samuel, no bairro Ana Carla, onde tomaram cerveja, cheiraram cocaína e tiraram fotos exibindo um revólver calibre 38 e uma pistola ponto 40. Posteriormente, os denunciados foram ao encontro da vítima em duas motocicletas, surpreendendo-a com disparos de arma de fogo. Os primeiros tiros acertaram as pernas de Fábio Eugênio, depois descarregaram a arma contra o rosto dele, a curta distância. A ação criminosa foi gravada em vídeo e divulgada pelos próprios agentes.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

EP na batalha por vacinas e insumos

emanuel pinheiro 400 O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (foto) entrega nesta segunda (8) PL para a aquisição de vacinas para combate à Covid-19, medicamentos, insumos e equipamentos. O documento foi elaborado pela Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) e será votado na Câmara. Esse é mais um movimento...

Fúrio volta à carga contra secretário

celio furio 400 curtinha Depois de se enganar ao abrir investigação contra o secretário de Saúde Gilberto Figueiredo e ter de pedir desculpas, o promotor Célio Fúrio (foto) voltou à carga. Fúrio entrou na Justiça para que Gilberto seja condenado à perda da função...

TJ e posse em cartórios após 7 anos

maria helena _ curtinha O Tribunal de Justiça, sob Maria Helena (foto), marcou para 31 de março a posse coletiva dos aprovados no concurso para os cartórios extrajudiciais de Mato Grosso. O certame vem se arrastando desde 2013 e foi interrompido diversas vezes por causa de recursos judiciais de concorrentes inconformados com os...

Setores vivem tensão e são castigados

Gilberto Figueiredo Artigo O governo acerta ao estender o horários de funcionamento dos supermercados. Afinal, desde que o decreto entrou em vigor, as filas se multiplicaram pela Capital, aumentando o risco de transmissão do novo coronavírus. Há a expectativa de que novas medidas possam ser tomadas diante do evidente colapso da...

Limpeza e obras no entorno da Arena 

Beto 2x1 400 curtinha   Apesar da Arena Pantanal ser um cartão postal do Estado, o entorno do estádio vive situação crítica com lixo nas ruas, episódios de esgoto à céu aberto e matagal. O secretário estadual de Esporte e Cultura, Beto 2 a 1 (foto), em visita ao Rdnews, assegura que os...

VI de R$ 18 mil garantida na Câmara

juca 400 curtinha A verba indenizatória de R$ 18 mil para os vereadores da Câmara de Cuiabá está garantida, pelo menos por enquanto. Depois de diversas ações judiciais, derrubando a alta indenização por gastos do mandato, os vereadores implantaram o benefício novamente em dezembro. O...