Judiciário

Quarta-Feira, 30 de Abril de 2014, 15h:01 | Atualizado: 30/04/2014, 22h:59

AÇÃO CIVIL

Ministério Público Federal aciona Mauro e mais 4 no caso mineradora

Rodinei Crescêncio

mauro_interna_mpf.jpg

Prefeito Mauro Mendes (PSB) é alvo de ação do MPF

O Ministério Público Federal ingressou uma ação civil pública por improbidade administrativa contra o prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (PSB), por envolvimento em um esquema irregular para a compra de uma mineradora, que teve suas jazidas de ouro em Mato Grosso avaliadas em R$ 273 milhões. Também figuram como réus do processo o juiz trabalhista José Aparecido Ferreira Torres, um empresário e a filha, um corretor de imóveis e uma empresa.

De acordo com o MPF, o leilão para a venda desnecessária de todo capital da Mineradora Salomão foi, do início ao fim, conduzido de forma irregular para beneficiar desde o juiz, que determinou a venda da mineradora para o pagamento de indenizações trabalhistas; passando pelo corretor de imóveis que não intermediou a venda, mas ganhou comissão de R$ 20 mil; até os compradores: a empresa Maney Mineradora Casa de Pedra e seus proprietários, Mauro Mendes, Valdinei Mauro de Souza e a filha dele Jéssica Cristina de Souza. Todas as cinco pessoas envolvidas e a empresa foram beneficiadas pelo esquema.

Caso a Justiça aceite a denúncia e condene o socialista, as penas previstas são a perda dos bens ou valores acrescidos ilicitamente ao patrimônio, ressarcimento integral do dano, perda da função pública, suspensão dos direitos políticos, pagamento de multa civil e proibição de contratar com o poder público ou receber benefícios ou incentivos fiscais.

Conforme a ação, as primeiras irregularidades aconteceram em agosto de 2011, quando o juiz José Aparecido Torres determinou a penhora de bens e, posteriormente, o leilão da Mineradora Salomão para levantar dinheiro para o pagamento de débitos trabalhistas no valor de R$ 550 mil a uma ex-funcionária. O edital de leilão previa que a empresa não seria vendida por menos de 70% do valor total, estimado arbitrariamente e intencionalmente pelo magistrado, no valor de R$ 4 milhões, sendo que as certidões emitidas pela Junta Comercial (Jucemat) tinham um capital avaliado em R$ 25 milhões.

As empresas Bimetal Participações Ltda e a IDEEP Desenvolvimento de Projetos Ltda deram lance, mas a mineradora foi vendida por R$ 2,8 milhões à Jéssica Cristina de Souza, que, por ser filha e herdeira de um dos sócios da mineradora, tinha preferência na compra, conforme prevê o Código de Processo Civil. A venda foi adjudicada (última etapa de um leilão, em que se declara o vencedor) para Jéssica, mediante a apresentação de documentos sem autenticação, sem assinatura dos demais sócios da empresa, que comprovariam que o pai dela havia comprado cotas da mineradora, fazendo dela a compradora preferencial.

Segundo declarações do corretor José Faria de Oliveira, ele foi chamado pelo juiz para vender a mineradora no leilão, mas depois foi avisado que os seus serviços não seriam mais necessários porque a venda estava concluída. Mesmo assim, José Faria recebeu R$ 185 mil e foi orientado pelo juiz a transferir R$95 mil para a construtora que o magistrado havia comprado dois imóveis, entregar outros R$ 70 mil em dinheiro ao pai dele e que ficasse R$ 20 mil como pagamento da comissão. (Com Assessoria)

Outro lado

O secretário de Comunicação de Cuiabá, Kleber Lima, afirmou ao Rdnews que Mauro ainda não foi citado e, por este motivo, os advogados ainda não têm conhecimento da ação. “Vamos conhecer o processo e depois nos pronunciar”, disse.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • ze dobar | Quarta-Feira, 30 de Abril de 2014, 20h29
    4
    1

    é o que eu falo, este faz parte do grupo de apoiadores de taques, alem de mauro mendes tambem esta o dono do amazonia petroleo envolvido no esquema de lavagem de dinheiro, o exelentissimo prefeito de rondonopolis percival munis, que é um falastrão, ai veem pregar moralidade. pra mim se o blairo não quer disputar o governo então vou de Ludio Cabral

  • BASSIM | Quarta-Feira, 30 de Abril de 2014, 19h20
    2
    0

    HAHAHAHAHA JULIO PINHEIRO E O NOSSO FUTURO PREFEITO,Q TRAGEDIA

  • fernando carvalho | Quarta-Feira, 30 de Abril de 2014, 18h57
    0
    0

    fernando carvalho, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • LUCAS | Quarta-Feira, 30 de Abril de 2014, 18h00
    4
    1

    Por fraude milionária, MPF denuncia Mauro Mendes e sócio à Justiça e quer perda dos direitos políticos como DEUS É MARAVILHOSO ele não falha lembre bem disso !!!!!

Luta de Misael e asfalto no Despraiado

misael galvao curtinha 400   O presidente da Câmara da Capital, Misael Galvão (foto), está comemorando uma vitória suada: a retomada das obras de pavimentação em toda extensão das ruas Afonso Pena e Oswaldo Correa, no bairro Despraiado. Ele fez várias indicações para...

Deputado reforça equipe com Nego

nego ramos 400 curtinha   Com larga experiência na política, Valdeny dos Santos Ramos, o popular Nego Ramos (foto), agora reforça a equipe do deputado Emanuelzinho, que, aos 25 anos hoje, é o terceiro federal mais jovem do país, e foi o terceiro mais votado nas urnas de 2018, em Mato Grosso, com 76.781 votos....

Irmão de prefeito não deporá à CPI

francisco faiad 400 curtinha   Por meio de seu advogado Francisco Faiad (foto), Marco Polo de Freitas Pinheiro, o Popó, dono do instituto de pesquisa Mark e irmão do prefeito Emanuel Pinheiro, comunicou oficialmente hoje à CPI do Paletó, da Câmara da Capital, que não irá prestar depoimento nesta...

Nome reserva e vulnerável para IFMT

adriano 400 curtinha   O grupo do reitor Willian de Paula deve consolidar como candidato ao comando do Instituto Federal de Mato Grosso o professor Julio Santos, diretor do Campus de Alta Floresta. A eleição acontece em novembro. Mas há um candidato reserva da cúpula situacionista. Trata-se de Adriano Breunig (foto), que...

Prefeito e sobrepreço em álcool gel

gustavo melo 400 curtinha   O prefeito de Alto Araguaia, Gustavo de Melo (foto), e sua secretária de Saúde, Manoela Nunes, têm cinco dias para apresentar defesa prévia ao TCE sobre uma denúncia de superfaturamento na compra de materiais de higienização destinados à prevenção do...

Procon decide fazer audiências virtuais

rosamaria 400 curtinha   Por causa da pandemia, que levou à suspensão dos serviços presenciais, a secretária estadual Rosamaria Ferreira (foto), de Assistência Social e Cidadania, e o adjunto de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor, Edmundo da Silva Taques, decidiram que agora o Procon-MT...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.