Judiciário

Quinta-Feira, 20 de Maio de 2010, 08h:25 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:26

OPERAÇÃO ASAFE

Ministra revoga prisão de Ivone

Ministra Nancy Andrighi   A autônoma Ivone Siqueira, que supostamente seria lobista e que foi presa na terça (18) durante a Operação Asafe, da Polícia Federal, ganhou liberdade nesta quarta, conforme revela o jornal A Gazeta. Continuam presos os advogados Alcenor Alves de Souza, Alessandro Jacarandá, Célia Cury, esposa do desembargador aposentado Tadeu Cury, Jarbas Nascimento, que era assessor de Cury, Rodrigo Vieira, Santos de Souza Ribeiro e o empresário Cláudio Emanuel Camargo, genro do desembargador punido pelo CNJ com aposentadoria compulsória. A tendência é que todos sejam liberados neste sábado, quando vence os cinco dias da prisão temporária. Max Weizer Mendonça ainda está foragido.

   A prisão temporária de Ivone foi anulada pela ministra Nancy Andrighi, após o advogado Murilo Costa Melo ingressar com recurso pedindo a revogação da decisão. Ele protocolou pessoalmente o recurso no Superior Tribunal de Justiça, em Brasília. Durante o depoimento prestado à PF, Ivone garantiu ter apenas um envolvimento social com os magistrados investigados pelo STJ. 

   Até sábado a PF espera ouvir 56 pessoas. A princípio eram 40, mas devido ao teor dos depoimentos o número de pessoas convocadas a prestar esclarecimentos tem aumentado. Assim que as diligências forem concluídas, o delegado Carlos Eduardo Fistarol juntamente com agentes federais fará uma pré-análise dos documentos apreendidos. Nesta etapa vai identificar a procedência de uma grande quantia de dinheiro apreendida na casa de um magistrado. Oficialmente, não se sabe quanto foi encontrado, mas nos bastidores comenta-se que seria R$ 60 mil e mais US$ 5 mil.

  Nesta quarta a ministra Nancy Andrighi determinou a quebra de sigilo bancário e fiscal do presidente do TRE Evandro Stábile, da ex-juiza do TRE Maria Abadia Pereira de Souza Aguiar. Ela também quebrou o sigilo bancário do escritório de advocacia Castrillo Advogados, do advogado André Castrillo, que prestou depoimento na terça e negou, ao menos por enquanto, o pedido de afastamento de Stábile da presidência do TRE e do Pleno do Tribunal de Justiça – veja aqui.

  Deflagrada na terça, a Operação Asefa, que faz menção a um versículo bíblico do livro de Salmos, que fala sobre o julgamento dos ímpios por Deus, a operação foi realizada sob determinação do Superior Tribunal de Justiça, que investiga suposto esquema de venda de sentenças. O caso está sob segredo de Justiça e não se sabe ao certo que são os juízes e desembargadores investigados. De todo modo as residências de seis magistrados foram visitadas pelos agentes federais. Tiveram computadores, agendas e documentos apreendidos os desembargadores José Luiz de Carvalho e Stábile, os magistrados aposentados Donato Fortunato Ojeda, Tadeu Cury, além de Eduardo Jacob e Maria Abadia.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • ivan de mattos | Segunda-Feira, 31 de Maio de 2010, 21h19
    0
    0

    ASSISTI O DEPUTADO PEDRO HENRY EM UMA ENTREVISTA NO PROGRAMA DDO ENOCK, NUNCA FUI ELEITOR DO REFERIDO DEPUTADO MAIS UMA COISA TEM QUE SER DITA, QUANDO O MESMO DISSE QUE ESSAS FIGURAS DO JUDICIÁRIO, JULLIER E SUA TCHURMA GOSTAM MESMO É DE APARECER PARA A MIDIA, NÃO RESPITAM DE JEITO MANEIRA O SER HUMANO MESMO QUE TENHA CULPA NO CARTORIO

  • JD | Quinta-Feira, 20 de Maio de 2010, 09h20
    0
    0

    O judiciário de MT tornou-se uma vergonha para nós matogrossenses, é preciso fazer uma dedetização jurídica e moral neste TJ, há muita gente de bem, mas em contrapartida, ...sai de baixo...

Taisir coordena campanha de Eliene

taisir karim 400 curtinha   O ex-reitor da Unemat e uma das lideranças do PSD na região Oeste, Taisir Karim (foto), que chegou a se lançar de última hora como pré-candidato a prefeito de Cáceres, mas logo em seguida recuou, será o coordenador-geral da campanha de Eliene Liberato (PSB), atual...

Inaugurados 67 km de asfalto da 020

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro Mendes (foto) inaugurou nesta 5ª a pavimentação de 67,5 km da MT-020, entre Paranatinga e Canarana. Essa estrada faz parte do pacote de obras que foi retomado e já concluído nesta gestão. Foram investidos R$ 45 milhões do governo estadual. O...

Saggin critica "ditadura" e apoia Raye

paulo raye 400 curtinha   O empresário e advogado Sandro Saggin, que desistiu da candidatura a prefeito de Barra do Garças e agora apoia Paulo Raye (foto), do Pros, explica que em nenhum momento os diretórios estadual e nacional do Podemos, de cujo partido é filiado, encaminharam qualquer orientação aos...

Pode abandona Raye e pune Saggin

sandro saggin curtinha 400   Sandro Saggin (foto) amargou outra derrota em Barra do Garças. Inicialmente, seria candidato a prefeito pelo Podemos. Mas resolveu, por conta própria, levar o partido para uma coligação com partidos de esquerda que lançaram o ex-prefeito Paulo Raye, apoiado pelo PC do B, PT e Pros. A...

Ex-vereador recua para apoiar primo

divino 400 barra do bugres   Ex-vereador, ex-presidente da Câmara e empresário bem sucedido, Chico Guarnieri (PTB) não será candidato a prefeito de Barra do Bugres nas eleições deste ano. Guarnieri, que disputou a prefeitura em 2016, até ensaiou, mas recuou ao ver que o primo, pedetista Doutor Divino...

3 ex-prefeitos viram cabos eleitorais

percival muniz 400 curtinha   Dois candidatos de oposição em Rondonópolis têm ex-prefeitos como principais cabos eleitorais. O empresário Luiz Fernando, o Luizão (Republicanos), conta com apoio de Adilton Sachetti, que já comandou o município e perdeu na tentativa de reeleição, e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.