Judiciário

Terça-Feira, 21 de Janeiro de 2020, 08h:28 | Atualizado: 21/01/2020, 10h:29

QUADRO NEGRO

MPE denuncia Piran, Silval e mais seis por desvio de R$ 8 mi na compra de softwares

Rdnews/Montagem

Valdir Piran e Silval Barbosa

O empresário Valdir Piran (que chegou a ser preso na operação) e o ex-governador Silval Barbosa, delator do crime

O Ministério Público Estadual (MPE) denunciou oito pessoas por envolvimento em um esquema de cobrança de propina em dois contratos firmados entre o Centro de Processamento de Dados do Estado (Cepromat), atual Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI), e a empresa Avançar Tecnologia em Software. No total, R$ 7,9 milhões teriam sido desviados dos cofres públicos.

Foram denunciados: empresário e dono de factoring Valdir Piran, o ex-governador Silval Barbosa, o representante da Avançar Weydson Soares Fonteles, o ex-secretário Pedro Nadaf, o ex-secretário adjunto Francisvaldo Pereira de Assunção, o ex-presidente do Cepromat Djalma Souza Soares, o fiscal de contratos Edevamilton de Lima Oliveira e o ex-vereador e ex-presidente do Cepromat Wilson Celso Teixeira, o “Dentinho”.

A denúncia foi oferecida em 10 de janeiro e é assinada pelo promotor de Justiça Sergio Silva da Costa. O caso é investigado na Operação Quadro Negro.

Ao todo, R$ 7,1 milhões foram pagos pelo Cepromat e outros R$ 807 mil foram pagos pela secretaria estadual Educação à empresa.

Parte dos valores pagos ilegalmente teriam sido utilizados para saldar uma dívida de Silval e Nadaf com Piran que totalizava R$ 40 milhões à época. A informação foi confirmada pelo ex-governador e pelo ex-secretário em colaboração premiada fechada com o Ministério Público. Weydson Fonteles teria sido a “ponte”, segundo o MPE, entre Piran e os então agentes públicos no pagamento da propina.

Os contratos previam fornecimento de softwares educacionais, incluindo customização de mídia de instalação, capacitação de professores, manutenção e acompanhamento técnico pedagógico a ser realizado pela empresa. Os serviços teriam sido prestados de forma parcial e em alguns casos, os softwares nunca foram instalados nos computadores das escolas.

A Controladoria Geral do Estado (CGE) fez auditoria nos contratos. Entre os problemas identificados, os auditores encontraram, por exemplo, aulas interativas em que as mídias estavam sem branco, sem nenhum conteúdo. Entre os que tinham conteúdos, o material estava ou desatualizado, citando trechos sobre a “Copa do Mundo da África do Sul”, ou citavam fatos de outras localidades, como o município de Cotia (SP). A Empresa Brasileira de Tecnologia Educacional (Embrated) também teria sido subcontratada de maneira irregular.

Piran e Weydson foram denunciados por peculato, corrupção ativa, lavagem de dinheiro e fraude à execução do contrato.  Silval e Nadaf foram denunciados por peculato, lavagem de dinheiro e fraude. Dentinho deve responder por peculato, concussão, lavagem de dinheiro e fraude. Já Djalma e Edevamilton são acusados de peculato e fraude. O MPE pediu que os valores supostamente desviados sejam devolvidos pelos denunciados, com correção monetária.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • rogiu | Terça-Feira, 21 de Janeiro de 2020, 12h33
    1
    0

    e da gestão municipal do Galindo??? kkkkkkkkkkkkkk põe essa ai tb senhores

DEM-Cuiabá projeta até 4 vereadores

beto 400 curtinha   O presinte da Provisória do DEM da Capital e secretário estadual de Governo, Alberto Machado, o Beto 2 a 1 (foto), está animado com as chapas do partido construídas para o embate eleitoral. Já conta com 38 pré-candidatos a vereador e avalia que todos são competitivos. Uma das...

Chapa de Pivetta faltando um nome

adilton sachetti curtinha 400   O empresário Otaviano Pivetta continua avaliando um nome para composição de sua chapa ao Senado na suplementar de 26 de abril para a vaga da cassada Selma Arruda. A primeira-suplência deve ficar mesmo com o ex-prefeito rondonopolitano e ex-deputado federal Adilton Sachetti (foto), do PRB....

Senado, disputa interna e PT rachado

verinha_curtinha   O PT, que recebe hoje as inscrições de pré-candidatos ao Senado, deve ter apenas um nome na disputa interna, o do deputado e presidente estadual da sigla Valdir Barranco. A ex-vereadora Enelinda, com dificuldade, corre contra o tempo para se viabilizar. Enquanto isso, membros de outras correntes menos...

Falta na votação da emenda impositiva

jose medeiros 400 curtinha   O deputado José Medeiros (foto), vice-líder do Governo Bolsonaro na Câmara e pré-candidato a senador na suplementar de 26 de abril, explica que não procede a informação de que teria votado favorável à PEC 34/19, que assegura o orçamento impositivo de...

Feliz da vida na base e com emendas

wilson santos 400 curtinha   Wilson Santos (foto) já chegou com moral no Governo Mauro Mendes. Depois de um ano fazendo oposição ao Palácio Paiaguás, o deputado tucano se tornou governista de carteirinha. E começa a colher os dividendos. Uma de suas emendas de R$ 300 mil para ajudar na...

Voto a favor e agora contra Congresso

O pitbull do governo Bolsonaro, deputado federal José Medeiros (foto), está pegando carona num protesto, marcado para 15 de março, onde não deveria porque os seus atos não correspondem ao discurso, ao menos segundo sustentam seus adversários políticos. Contam que Medeiros foi um dos parlamentares que aprovaram o orçamento impositivo de R$ 30 bilhões, vetado pelo presidente. Eis que agora, ele próprio, defende a...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.