Judiciário

Quinta-Feira, 02 de Julho de 2020, 19h:39 | Atualizado: 03/07/2020, 07h:58

LEI MARIA DA PENHA

MPE denuncia presidente licenciado da OAB por suposta agressão a ex-mulher

Rodinei Crescêncio

Leonardo Campos

Presidente licenciado da OAB, em entrevista ao Rdnews em 2018; advogado foi denunciado por vias de fato e enquadrado na Lei Maria da Penha

O Ministério Público Estadual (MPE) ofereceu denúncia criminal contra o presidente licenciado da OAB-MT, Leonardo Campos, por agressão a ex-mulher Luciana Póvoas. O caso ocorreu no apartamento onde moravam no bairro Goiabeiras, em Cuiabá, em 28 de maio. 

De acordo com o MPE, Leonardo foi denunciado por "vias de fato" e enquadrado na Lei Maria da Penha (Lei 11.340/2006) deve apresentar uma resposta escrita. Luciana e o filho do casal foram arrolados como testemunhas. Ainda conforme a denúncia, a advogada teria renuciado ao direito de queixa-crime por injúria contro o marido, mas voltou atrás, alegando que assinou os documentos sob efeito de medicamentos. 

Na denúncia, o MPE ressalta que a advogada já havia sido agredida em outras ocasiões, tanto de forma física quanto psicológica, e que as mesmas teriam sido a causa do divórcio. O órgão ainda apurou que Luciana foi obrigada a vestir roupas de mangas longas e vestidos compridos após cada agressão de Leonardo. 

"O que fazia com finalidade de esconder as lesões, contudo, Luciana nunca havia denunciado o implicado [Leonardo] pelo fato de depender financeiramente dele, bem como em razão do desejo de manter o padrão de vida do filho de ambos", diz trecho da danúncia. 

Ainda de acordo com o MPE, no dia da agressão, Luciana estaria preocupada com o paradeiro do ex-marido, enviando mensagens por WhatsApp e telefonando, já que ele demorou para voltar para casa. Já no fim da noite, por volta das 22h30, ele teria chegado em casa em vísivel estado de embriaguez. 

Luciana pediu explicações e acabou sendo empurrada por Leonardo. Ela se defendeu com um tapa nas costas dele, que passou a filmar e chamar a mulher de "louca, descompensada e desequilibrada". Em áudio enviado para a imprensa, Leonardo negou as agressões. 

Ele chegou a solicitar medidas protetivas contra a ex-mulher, para que o caso fosse “apurado de forma imparcial e com a devida segurança”. Em seguida, foi liberado. Em 1º de junho, Leonardo comunicou, por meio das redes sociais que protocolou o próprio pedido de afastamento da presidência da OAB-MT durante 30 dias. A advogada Gisela Cardoso assumiu o cargo desde então.

A denúncia ofertada em 29 de junho, é assinada pela promotora Laís Glauce Antonio dos Santos, do Núcleo das Promotorias de Justiça Especializadas no Enfrentamento da Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher da Capital.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

MDB fechado com Pivetta à senatória

joao jose 400 curtinha   O médico e deputado estadual João José (foto), do MDB, disse nesta segunda, em entrevista às jornalistas Lídice Lannes e Andhressa Barboza, em live do RDTV, tv web do portal Rdnews, que o seu partido está fechado no apoio à candidatura de Otaviano Pivetta ao Senado, na...

Pátio punido por não licitar transporte

ze do patio 400 curtinha   O prefeito de Rondonópolis Zé do Pátio (foto) vai concluir o mandato sem conseguir realizar a licitação do transporte coletivo urbano de passageiros, vencido desde março de 2014. Por essa irregularidade na concessão, já que a Cidade de Pedra, empresa que explora o...

Anelise só vai com respaldo de MM

anelise silva 400 curtinha   Filiada ao DEM, Anelise Silva (foto) deve desistir da disputa à Prefeitura de Cáceres, a não ser que o governador Mauro Mendes, com quem ela pretende conversar nos próximos dias, declare apoio irrestrito a sua candidatura. Nos bastidores, Mauro não dá sinais de que...

Deputados "adotam" pré-candidatos

franklin 400 curtinha   Deputados estaduais se transformaram em padrinhos políticos de quatro pré-candidatos a prefeito de Santo Antonio de Leverger. Considerado o nome mais forte eleitoralmente, o ex-vereador por três mandatos e derrotado ao Executivo em 2016, Franklin Silva (foto), do PSDB e sobrinho do ex-prefeito Edu, entrou...

Candidato da Reitoria sob desgaste

julio cesar 400 curtinha   O professor Júlio Cesar (foto), um dos dois candidatos a reitor, tem apoio carimbado do grupo que comanda a instituição há cerca de 20 anos - desde a Escola Técnica, passando pelo CEFET, até o IFMT. Mas, nas viagens e reuniões em busca de voto, e numa tentativa de evitar o...

Túlio, inabilidade política e frustração

tulio fontes 400 curtinha   Túlio Fontes (foto), que ainda faz mistério sobre disputa à sucessão em Cáceres, ficará mesmo fora do embate das urnas. Ex-prefeito e derrotado duas vezes para deputado estadual, ele não moveu uma palha para fortalecer o seu nanico PV. Conclusão: o partido só...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.