Judiciário

Quarta-Feira, 13 de Novembro de 2019, 11h:49 | Atualizado: 13/11/2019, 18h:52

GRAMPOLÂNDIA

MPE recorre de sentença que reconheceu delação unilateral de Gerson e Zaqueu

Rodinei Crescêncio

Ex-comandante Zaqueu Barbosa

Ex-comandante da PM, coronel Zaqueu Barbosa foi condenado a 8 anos e perda da patente

O Ministério Público Estadual (MPE) entrou com apelação contra a sentença que reconheceu a colaboração premiada unilateral ao coronel Zaqueu Barbosa, que teve a pena reduzida em 2/3, e ao cabo Gerson Luiz Ferreira Correa Júnior, que foi contemplado com o perdão judicial, em ação da Grampolândia Pantaneira. O recurso foi encaminhado na terça (12) e o MPE pediu vistas dos processo para apresentação das razões recursais.

Zaqueu foi condenado a oito anos de prisão por chefiar a operação militar dos grampos telefônicos contra pessoas de interesse do ex-governador Pedro Taques (PSDB) e do ex-chefe da Casa Civil Paulo Taques. O ex-comandante-geral da PM e o cabo, além do coronel Evandro Lesco, tentaram fechar delação premiada com o MPE, que negou chancelar os acordos. Único condenado, Zaqueu recorre em liberdade.

Na sentença, o juiz Marcos Faleiros, da 11ª Vara Criminal da Justiça Militar, reconheceu a contribuição dos três para desvender o esquema de escutas ilegais em Mato Grosso. Ele foi seguido pelos outros quatro juízes-militares que compunham o Conselho Especial de Justiça. 

O promotor de Justiça Allan Sidney do Ó Souza pediu providências necessárias para o cumprimento da deliberação do conselho quanto à instauração de inquérito policial militar visando a elucidação da ocorrência dos crimes de interceptação telefônica e de organização criminosa, supostamente perpetrados por policiais militares, entre eles os coronéis Zaqueu Barbosa, Evandro Alexandre Ferraz Lesco e o cabo Gerson Luiz Ferreira Correa Júnior.

O membro do MPE explica que a sentença, objeto do recurso, é resultado da ação penal em que os referidos militares foram denunciados pelos crimes de ação militar ilícita, falsificação de documento, falsidade ideológica e prevaricação, todos previstos na Legislação Militar. Já os crimes de grampo e organização criminosa, que serão investigados em outro inquérito, estão previstos, respectivamente, no artigo 10 da Lei 9.296/96 e artigo 2 da Lei 12.850/13.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

Cidinho é o que mais agrega ao Senado

cidinho 400 curtinha   Depois de Blairo Maggi, o nome do empresário e ex-senador Cidinho Santos (foto) seria hoje o que mais agregaria a classe política e o agronegócio em torno de uma candidatura ao Senado numa eventual eleição suplementar. Conta com simpatia do senador Jayme Campos e do governador Mauro Mendes,...

Prova da lisura de membros do Gaeco

paulo prado 400 curtinha   O resultado da auditoria do TCE-MT sobre a prestação de contas do Gaeco das verbas secretas, entre 2012 e 2017, assegurando a sua legalidade, resgata a credibilidade, lisura e reputação ilibada dos membros que atuaram na época nesse braço investigativo do MPE, como o procurador e...

Posse 2 dias antes do possível retorno

maluf 400 curtinha   Guilherme Maluf (foto), que nem esquentou direito a cadeira de conselheiro, vai tomar posse na presidência do TCE-MT dois dias antes do STJ julgar um recurso que tende a suspender as medidas cautelares e definir pelo retorno ao Pleno dos cinco conselheiros afastados há dois anos. A solenidade acontece no...

Alerta sobre hanseníase nos presídios

alexandre bustamante curtinha 400   Duas secretarias do TCE ingressaram com representação contra duas secretarias de Estado. As de Controle Externo de Educação e Segurança Pública e de Saúde e Meio Ambiente acionaram no próprio Tribunal as pastas de Segurança Pública,...

Reunião pra complô desmoraliza Abílio

abilio 400 curtinha   A considerar as imagens de circuito interno de vídeo do hospital privado São Benedito, exibidas nesta quinta, durante sessão na Câmara de Cuiabá, a situação de Abílio Brunini (foto) se complica mais ainda. Investigado pela Comissão de Ética por reincidentes...

Contra mudar multas do Fundecontas

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro (foto) vetou a inclusão de um dispositivo no artigo 2º da lei de 2005 que criou o Fundo de Reaparelhamento e Modernização do TCE. Essa alteração foi aprovada pela Assembleia na sessão de 29 de outubro e, na prática, iria retirar e dar outro...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.