Judiciário

Terça-Feira, 10 de Setembro de 2019, 13h:23 | Atualizado: 10/09/2019, 15h:55

ACUSAÇÃO DO MPE

Negado bloqueio de R$ 77 mi de Silval e Nininho por suposta propina em contrato

Rodinei Crescêncio

Nininho e Silval Barbosa

Nininho e Silval Barbosa, que são acusados pelo MPE de integrar esquema de fraude em MT

A juíza Célia Regina Vidotti, da Vara Especializada em Ação Civil Pública e Ação Popular, negou o bloqueio de R$ 77 milhões das contas do ex-governador Silval Barbosa, do deputado Ondanir Bortolini, o Nininho (PSD), dos ex-secretários de Estado Arnaldo Alves e Cinésio Nunes, dos empresários Elói Brunetta e Jurandir Vieira, além das empresas Morro da Mesa Concessionária S/A e Construtora Tripolo Ltda.

O Ministério Público Estadual (MPE) move ação para recuperar recursos supostamente desviados por meio do pagamento de propina para concessão de trecho de 122 quilômetros da MT-130 entre Primavera do Leste e Rondonópolis à Morro da Mesa. Ao propor a ação, o MPE pediu o bloqueio para garantir o ressarcimento dos danos aos cofres públicos.

“No caso em comento, verifico que apesar do representante do Ministério Público ter consignado na inicial, detalhadamente, os atos ímprobos, 'em tese' praticados pelos requeridos, que sem dúvida, são graves, constato que o pedido de indisponibilidade de bens recai sobre um vultoso valor, para que haja o efetivo ressarcimento do alegado dano ao erário estadual e a imposição da multa decorrente da responsabilização por ato de improbidade administrativa, bem como para a indenização do dano moral coletivo. É certo ainda, que a medida de indisponibilidade de bens, na forma da Lei de Improbidade é medida excepcional, de modo que o seu cabimento, na extensão pretendida pelo requerente, deve ser analisada com rigor, sob pena de impor aos requeridos constrição excessiva”, ponderou Célia Vidotti.

Em delação premiada, Silval relata que recebeu R$ 7 milhões de Nininho para favorecer a Morro da Mesa na concessão do trecho. A propina teria sido negociada com o deputado e o empresário Elói Brunetta e teria envolvido 22 cheques, de R$320 mil cada, emitidos pela Tripolo. As duas empresas são ligadas à família de Nininho.

O dinheiro seria recuperado pela suposta organização criminosa por meio do recolhimento de pedágio no trecho da rodovia, que segue sob operação da Morro da Mesa.

A magistrada abriu prazo para que os acusados façam defesa preliminar, com a possibilidade de contrapor os fatos apresentados pelo MPE. “Ainda, haja vista que há um considerável lapso temporal decorrido desde os fatos, a medida constritiva pode ser melhor e seguramente analisada, após a notificação prévia dos requeridos”, destacou a juíza.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

EP cita 4 pela força do MDB em Cuiabá

rafael bastos 400 curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro disse neste sábado, no encontro do MDB, que acabou atraindo a presença de representantes de outros 12 partidos, que a agremiação emedebista foi construída e ganhou força e espaço na Capital graças aos filiados históricos Rafael...

Júlio, do DEM, vê boa gestão de EP

julio campos 400 curtinha   Júlio Campos (foto), uma das lideranças históricas do DEM, foi "apertado" nesta sexta, em entrevista a Antero de Barros, na rádio Capital FM, especialmente sobre o fato do ex-governador e ex-senador demonstrar simpatia e apoiar a gestão do prefeito Emanuel, enquanto outros do partido...

Empresário ensaia de novo em ROO

 luizao_curtinha400   Em Rondonópolis, o empresário Luiz Fernando de Carvalho, o Luizão, dono da Agro Ferragens Luizão, ensaia mais uma vez disputar a prefeitura. Como a sua pré-candidatura não é considerada novidade, ele é visto como uma espécie de "cavalo paraguaio", que tem arrancada...

2 governistas prontos para a briga

chico2000_curtinha400   O prefeito Emanuel tem 2 aliados de primeira hora na Câmara que não resistem a uma provocação. Tratam-se de Renivaldo Nascimento (PSDB) e Chico 2000 (foto), do PL. Sabendo do estopim curto, os vereadores de oposição, especialmente Diego e Abílio, não perdem a chance de...

Niuan agora sob rédeas do Podemos

niuan ribeiro curtinha 400   O vice-prefeito Niuan Ribeiro, agora no Podemos, se torna obrigado, conforme exigência estatutária, a contribuir com 5% dos R$ 15 mil que recebe mensalmente . Ou seja, vai ter que repassar R$ 750 para o seu novo partido. Considerado um partido com novas concepções, regras e exigências, o...

Efeito-senado e briga no ninho tucano

carlos-avalone_curtinha400   O deputado estadual Carlos Avalone não tem certeza de que o acordo pré-estabelecido para ele se tornar presidente do PSDB-MT, a partir de fevereiro, ou seja, daqui 5 meses, será cumprido. Pela costura entre a cúpula tucana, Paulo Borges renunciaria à presidência, abrindo assim...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Mauro Mendes?

excelente

bom

regular

ruim

péssimo

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.