Judiciário

Quarta-Feira, 03 de Março de 2010, 12h:00 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

TRIBUNAL DE JUSTIÇA

Novo presidente evita críticas e prega austeridade e diálogo

Novo presidente do Tribunal de Justiça, desembargador José Silvério Gomes   O novo presidente do Tribunal de Justiça, desembargador José Silvério Gomes, promete comandar a instituição com austeridade e de forma igualitária, para assim tentar recuperar a imagem desgastada do Judiciário diante da sociedade. Ressaltou, durante coletiva a imprensa, que presidir o TJ será o maior desafio de sua vida e frisou que não fará pagamentos de benefícios do modo como foi feito anteriormente. Apesar de rechaçar o modo como os pagamentos a magistrados foram feitos ele evitou tecer críticas ao ex-presidente Mariano Travassos, condenado à aposentadoria compulsória no último dia 23 pelo CNJ, ao lado de outros 9 magistrados, por desvio de dinheiro.Para o desembargador, cabe ao CNJ e STF fazer esse tipo de julgamento. “Na minha gestão não tem esse tipo de pagamento. Eles serão igualitários”, assegurou Silvério.

  O ex-presidente do Tribunal de Justiça, José Ferreira Leite, os desembargadores José Tadeu Cury e desembargador Mariano Travassos, além dos juízes Marcelo Souza de Barros, Irênio Lima Fernandes, Antônio Horácio da Silva Neto, ex-presidente da Associação de Magistrados do Estado (Amam-MT), Marcos Aurélio dos Reis Ferreira, filho de Ferreira Leite, Juanita Cruz Clait Duarte (filha do ex-presidente do TJ desembargador Wandir Clait Duarte - já falecido), Maria Cristina de Oliveira Simões e Graciema Caravellas foram acusados de participar de um esquema que desviou cerca de R$ 1,5 miçhões do TJ para a maçonaria. “A ranhura realmente é grande, mas o TJ sai unido e vamos trabalhar para erguer o tribunal”, ressaltou o presidente, que não quis tecer comentários sobre a condenação dos magistrados. Se limitou a dizer que a decisão é do CNJ e que foi cumprida.

  Ele lembra que os magistrados podem recorrer e que se o STF acatar o pedido o ex-presidente Mariano Travassos retornará para o cargo. Perguntado se acredita que o retorno do magistrado causaria novo desgaste, ele descorda e afirma que os desembargadores estão unidos e que não existem mais “blocos” dentro do Pleno. Mesmo assim, nos bastidores foi exatamente um destes blocos que o elegeu: o chamado "blocão", grupo de desembargadores ligados ao ex-presidente Paulo Lessa e ao ex-corregedor Orlando Perri, autor das denúncias que culminaram na aposentadoria dos 3 desembargadores e sete juízes. “Isso é uma página virada, não existem mais grupos, mas sim uma relação institucional”, pondera o novo presidente. Silvério fica no cargo de presidente do TJ até março de 2011, quando toma posse a nova diretoria do TJ eleita em outubro deste ano.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Hermes Renato Souza | Quarta-Feira, 03 de Março de 2010, 14h40
    0
    0

    E a maçonaria retoma o controle do judiciário... o Silvério é maçon,´porém não da mesma loja do ferreira...

  • Cezar | Quarta-Feira, 03 de Março de 2010, 13h14
    0
    0

    SE OS APOSENTADOS VOLTAREM A ATIVA, A JUSTIÇA ACABOU EM NOSSO PAÍS.

PT, ensaio e chapa branca em Tangará

welton tangar� 400 curtinha   O PT, que já teve os vice-prefeitos José Jaconias e Zé Pequeno, estuda nem disputar a eleição majoritária em Tangará da Serra. Chegou a ensaiar uma pré-candidatura, mas parou no meio do caminho. Internamente, o partido discute lançar o...

Racha no DEM; "pepino" com Fabio

fabio garcia 400 curtinha   O presidente estadual do DEM, ex-deputado Fábio Garcia (foto), não só se encontra numa saia-justa, como tem a árdua missão de atuar como bombeiro para apagar incêndio provocado pelos irmãos Júlio e Jayme Campos, que, sem consultar o partido e nem o governador Mauro...

Álbum de casamento para 300 casais

marcia_curtinha_ok   A primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro (foto), que desde 2017 lidera alguns projetos sociais de forma voluntária, fez questão de, mesmo com a pandemia da Covid-19, promover, na última segunda, entrega simbólica de álbuns de casamento para 10 casais, que foram escolhidos...

Fora de vez da disputa para senador

cidinho santos 400 curtinha   O empresário e ex-senador Cidinho Santos (foto), recém-filiado ao DEM, desistiu de vez da ideia de entrar de última hora na corrida ao Senado, na suplementar que será realizada em novembro deste ano. E por algumas razões. Primeira, como sócio do frigorífico União...

TCE suspende licitação de R$ 12 mi

air praiero 400 curtinha   Uma concorrência pública, com valor estimado de R$ 12,5 milhões, tocada pela secretaria de Habitação e Regularização Fundiária de Cuiabá, sob o defensor público licenciado Air Praeiro Alves (foto), foi suspensa cautelarmente pelo TCE por causa de...

6 estão no páreo em Tangará; 2 fortes

vander masson 400 curtinha   Tudo indica que os tangaraenses terão nas urnas 6 candidatos majoritários nas eleições de novembro. O cenário está se desenhando com os seguintes "prefeitáveis": Chico Clemente (PSD), Gunther Duarte (PSL), Vander Masson (foto), do PSDB, Claudinho Frare (Republicanos),...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.