Judiciário

Quinta-Feira, 25 de Março de 2010, 20h:55 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

JUDICIÁRIO

Perri considera Rocha íntegro; magistrado se mostra tranquilo

Carlos Alberto Alves da Rocha  O desembargador Carlos Alberto Alves da Rocha se diz tranquilo em relação à denúncia anônima que chegou ao Superior Tribunal de Justiça por meio do Ministério Público. Uma carta anônima acusa o então juiz, eleito desembargador em fevereiro de 2008, de participação no esquema de “doação” irregular de verbas indenizatórias a maçons prejudicados pela quebra financeira de cooperativa de crédito Sicoob Pantanal.

   A investigação estava correndo paralelamente à apuração do suposto desvio de R$ 1,4 milhão do Tribunal de Justiça, que já resultou na aposentadoria compulsória de 10 magistrados pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Os dois processos foram juntados, mas, como a ação de Perri não cita o nome do desembargador, Rocha foi excluído do julgamento do CNJ.

   Em entrevista ao RDNews, ele afirmou que nunca participou de qualquer esquema. “Não tive participação em nada. Estou tranquilo”, disse em tom taxativo. O desembargador ponderou não ter sido notificado e que só ficou sabendo da acusação pela imprensa. “Fui surpreendido. Meu nome foi simplesmente ventilado”.

   O ex-corregedor-geral do TJ, desembargador Orlando Perri, confirmou que Rocha realmente não foi citado em processo algum. Também disse ter uma boa imagem do colega. “Até onde o conheço, é uma pessoa íntegra. Não sei da onde tiraram isso”, disse Perri. “Tenho notícias de que a tal carta anônima não é fundamentada. É uma informação avulsa de quem tinha ânsia em evidenciar o esquema e citou qualquer nome”.

   O processo corre sob sigilo de Justiça e está nas mãos do ministro João Otávio de Noronha, relator do inquérito no STJ.

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • Heloizio Oliveira | Domingo, 28 de Março de 2010, 20h48
    0
    0

    O que for verdade com certeza a virá a tona e a justiça será feita, mas não cabe a qualquer pessoa fazer juízo de valor em razão do que as pessoas tem ou deixam de ter, apenas cabe a nós acompanhar e fazer valer as leis em nosso ordenamento jurídico. Nao cabe aqui e nem em algum lugar se fazer acusões sem provas a magistrados, conheço o |Dr. Carlos| é pessoa íntegra da melhor qualidade, e não teria esta postura, foge da sua excência.

  • Pedro de Almeida Vargas | Sábado, 27 de Março de 2010, 11h00
    0
    0

    Pedro de Almeida Vargas, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • José Nascimento Fraldas | Sexta-Feira, 26 de Março de 2010, 20h10
    0
    0

    Julgar à favor da Adm em certos casos é sinal de corrupção agora? kkkk queria saber como os Ministros do STF são conhecidos nos "bastidores" de Brasília! kkk Também trabalho no TJMT e nunca ouvi falar nesse apelido do Des. Carlos Alberto não. E sim, foi graças a ele mesmo que vencemos na questão da URV(contrariando o "apelido" inventado abaixo). Não sei não mas essa pessoa aí em baixo está inventando algo.

  • Jonas Rodrigues | Sexta-Feira, 26 de Março de 2010, 20h03
    0
    0

    Todos que vivem no meio do judiciário sabem que o Desembargador Carlos Alberto é um juíz íntegro e de moral, vivo no meio do TJMT e nunca ouvi uma palavra de alguém dizendo que o mesmo é Desembargador da ADM. Se fosse assim ele não teria julgado à favor da nossa URV! Se nào estão lembrados foi o voto dele que garantiu esse direito à nós. Pelo que eu saiba a mansão do Desembargador não significa nada suspeito, uma vez que tenho conhecimento que ele demorou de 7 a 8 anos para construi-la, não foi uma casa pronta em meses! Acho que o pessoal deveria se informar antes de escrever algum comentário!

  • Andriigo | Sexta-Feira, 26 de Março de 2010, 18h21
    0
    0

    Andriigo, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Pedro Vargas | Sexta-Feira, 26 de Março de 2010, 13h50
    0
    0

    O magistrado pode ser honesto, mas a sua mansão do Esperança pode mostrar alguma coisa suspeita. Porque será que nos bastidores do TJ ele é conhecido como desembargador da ADM?

  • ROBERTODASILVA | Sexta-Feira, 26 de Março de 2010, 08h27
    0
    0

    QUANTO MAL CARATISMO DOS NOSSOS MAGISTRADOS DEVERIAM I PARA CELA

  • Juliana | Sexta-Feira, 26 de Março de 2010, 08h02
    0
    0

    Juliana, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

MM e deputados derrotados do MDB

carlos bezerra 400 curtinha   Por coincidência, deputados do MDB que tiveram seus candidatos derrotados nas urnas estão de afagos com o governador Mauro. E até convidaram-no para deixar o DEM e migrar para o MDB, numa articulação do cacicão do partido, o federal Carlos Bezerra (foto), que puxou a corda da...

Os Maia fincam força no Legislativo

silvio maia 400   O ex-prefeito por quatro vezes de Alto Araguaia, Maia Neto, perdeu nas urnas na majoritária, mas ganhou na proporcional. De um lado, a irmã Martha Maia, seu braço-direito durante todos os mandatos, foi derrotada à prefeita por Gustavo Melo, que se reelegeu. Por outro, Maia Neto viu dois dos seus...

Reeleito, Gustavo derruba o clã Maia

gustavo melo 400   O jovem prefeito de Alto Araguaia, Gustavo de Melo (foto), de 36 anos, manteve mesmo o "apertado" favoritismo, conforme mostrou na reta final a pesquisa do instituto Analisando, e derrotou o clã Maia. Venceu por 962 votos de diferença. Filiado ao PSB, Gustavo chegou a 4.805, enquanto Martha Maia (PP) registrou 3.840...

Nivelando para cima o debate em VG

emanuelzinho 400   Em discurso na Câmara Federal, Emanuelzinho (foto), 3º colocado a prefeito de Várzea Grande, disse ter ajudado a nivelar, por cima, o debate eleitoral, com grandeza e altivez e se mostra entusiasmado. Destaca que "política se faz com seriedade, transparência e com o coração sintonizado...

Mais jovem prefeito sucede familiares

Rog�rio Meira_400 jangada   O mais jovem entre os prefeitos eleitos e/ou reeleitos de MT, Rogério Meira (foto), tem um histórico de vida pública, mesmo tendo apenas 24 anos. Atualmente, ele exerce mandato de vereador por Jangada e foi eleito prefeito da cidade ao obter 1.699 votos, 9 a mais que o...

Base forte de EP para Mesa Diretora

juca do guaran� curtinha 400   A base do prefeito Emanuel Pinheiro para o segundo mandato, embora com quatro virtuais candidatos à presidência da Mesa Diretora, está construindo o discurso de que não pode rachar sob o risco de entregar o comando do Legislativo para a oposição....