Judiciário

Quinta-Feira, 13 de Fevereiro de 2014, 09h:28 | Atualizado: 13/02/2014, 10h:21

PF deflagra Operação Assombro e prende 2 advogados na Capital - veja

Arquivo público

newman pereira lopes.jpg

Newman Pereira Lopes, um dos advogados presos

A Polícia Federal (PF) prendeu, na manhã de hoje (13), dois advogados. Eles são acusados de  desviar recursos de instituição financeira e incorrer em crime de lavagem de dinheiro, em Cuiabá. Além dos mandados de prisão, foram cumpridos três de busca e apreensão nas residências dos suspeitos e em um edifício, onde funcionam diversas empresas, controladas por eles.

Conforme a PF, a investigação teve início em maio do ano passado. À época se descobriu que os investigados, já indiciados pela PF em 2013, e denunciados, em uma ação penal, pelo crime de gestão fraudulenta de instituição financeira, teriam desviado mais de R$ 12 milhões. Conforme a PF, foi constatado que o ex-liquidante do Instituto de Previdência Complementar do extinto BEMAT contratou uma empresa, constituída em nome de seu sócio, em um escritório de advocacia, com o escopo de desviar recursos decorrentes de crédito que a instituição tinha com o governo, reconhecido judicialmente.

Arquivo público

nelson.prawucki 2.jpg

Advogado Nelson Prawucki

O desvio foi executado mediante a estipulação de honorários em quase 60% do valor principal. Para ocultar a natureza ilícita da operação, os acusados se valeram de técnicas para a lavagem de dinheiro, como a assinatura de contrato de confidencialidade e uso de empresa “fantasma”, para o recebimento dos recursos.

A pena para o crime de desvio de recursos de instituição financeira (art. 5º da Lei 7.492/86) é de dois a seis anos de reclusão e multa. Já para o crime de lavagem de dinheiro (art. 1 da Lei 9.613/98), a pena varia entre três e dez anos de reclusão e multa. (Com assessoria)

Às 9h41 - OAB não foi notificada, reclama presidente

Conforme o presidente da OAB, Maurício Aude, a OAB não foi avisada sobre a deflagração da operação. Assim, se diz surpreso com as prisões. "Normalmente somos avisados antes para acompanhar o caso e garantir que os direitos dos advogados serão respeitados", ressaltou Aude ao RDNews. Ele adianta que vai acionar o Tribunal de Defesa das Prerrogativas dos Advogados para que acompanhe o caso. 

Às 10h06 - OAB confirma prisão de Nelson e Newman

A OAB confirma que os advogados presos são Nelson Prawucki e Newman Pereira Lopes. No anos passado, Ministério Público Federal apresentou denúncia contra os dois pelo desvio de R$ 13,5 milhões do fundo de pensão – extinto em 1998. Cerca de 450 ex-servidores do banco teriam sido lesados com a suposta fraude. "Temos a confirmação destes nomes e o Tribunal das Prerrogativas continua acompanhando o caso, afinal, vemos com estranheza o fato da OAB não ter sido comunicada". 

Conforme a denúncia do MPF, a Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc) nomeou Nelson Prawucki em 2007 como liquidante - pessoa encarregada da dissolução de uma sociedade, pagando credores, funcionários e fornecedores - do Centrus – Instituto Mato Grosso de Seguridade Social -, que era o fundo de pensão dos servidores do banco.

O liquidante, por sua vez, contratou Newman para a prestação de serviços de assessoria ao Centrus, estabelecendo o percentual de 62,5% como honorários a serem cobrados sobre o montante de R$ 85 milhões a que os segurados do fundo tinham direito de receber do Governo de Mato Grosso após a extinção do Bemat.

MPF aciona 2 advogados por desvio de R$ 13,5 mi do Bemat 

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • José Carlos | Sexta-Feira, 14 de Fevereiro de 2014, 16h52
    0
    1

    Só pra constar. Olhem o comentário que postei no Olhar Direto e que não publicaram, no caso dos advogados presos e que eles não mostraram a cara: "Interessante o Olhar Direito e Olhar Jurídico... Em outros casos de bandidos de menor escalão ou até mesmo de autoridades, médicos, engenheiros etc. colocam nome e sobrenome dos envolvidos e colocam a foto pra todo mundo ver. Porque proteger advogado bandido???? Espero que publiquem o comentário (já copiei a página e vou divulgar em outro site caso não publiquem)"

  • José Carlos | Sexta-Feira, 14 de Fevereiro de 2014, 16h49
    1
    0

    Parabéns ao RDNEWS pela coragem e isenção ao publicar a foto dos doutores presos. Diferentemente de outros sites que publicaram fotos com "borrões" para proteger a imagem dos presos. Seria válido se isso ocorresse também nos casos de ladrões de galinha ou até de outras autoridades, médicos, engenheiros etc. Parabéns.

  • marta | Quinta-Feira, 13 de Fevereiro de 2014, 15h23
    2
    0

    em um pais de primeiro mundo, esses advogados, tinham que ficar na mesma cela depresos comuns.....esses ai são figuroes, tem mais 10 advogados para defende-los......perrogativa....hum...os advogados estão errados e tem perrogativas.....

  • joaoderondonopolis | Quinta-Feira, 13 de Fevereiro de 2014, 11h40
    2
    0

    Depois duma desta, vou acompanhar para ver se a OABMT vai disponibilizar advogados para defendê-los. É um absurdo. Advogados nesta situação ainda tem direitos? Cadeia neles.

Partidos com 2 ou mais pré ao Senado

margareth buzetti 400 curtinha   Dirigentes partidários estão passando apurado, nesta fase de pré-campanha, para conduzir o processo de escolha de candidatura ao Senado para a vaga de Selma Arruda, cassada por crimes eleitorais. Mesmo sabendo que as chances são remotíssimas de êxito nas urnas, alguns...

Muitos cuiabanos votam em Chapada

thelma de oliveira 400 curtinha   A ex-deputada federal Thelma de Oliveira (PSDB), que em 2016 transferiu o domicílio eleitoral de Cuiabá para Chapada dos Guimaráes, já está trabalhando nos bastidores o projeto de reeleição. E, agindo nos bastidores e de forma estratégica, ela conseguiu um...

Câmara cassará 4º eleito em 11 anos

ricardo saad 400   O emblemático e inconsequente Abílio Júnior (PSC) caminha para entrar para os anais da Câmara de Cuiabá como o quarto vereador a ter o mandato cassado nos últimos 11 anos. Parecer da Comissão de Ética, sob relatoria de Ricardo Saad (foto), é pela perda da cadeira...

Apto, ex-prefeito vai disputar Chapada

gilberto mello 400 curtinha   O ex-prefeito de Chapada dos Guimarães, Gilberto de Mello (foto), contesta registro no Curtinhas, citando que ele estaria inelegível por responder a alguns processos e ter amargado condenações pela Justiça - saiba mais aqui. Filiado ao PL e disposto a ir à...

PT-Cuiabá sugere disputa ao Senado

bob pt 400 curtinha   Em resolução do diretório de Cuiabá, aprovada nesta quinta após discussões ampliadas, o PT municipal, presidido por Bob Almeida (foto), decidiu recomendar à Executiva Estadual o projeto de candidatura própria ao Senado. O documento dispara críticas tanto ao Governo...

Prefeituras agora pagam 27% de TIP

neurilan fraga 400 curtinha   A reforma tributária do governo estadual, aprovada pelos deputados, incluiu 27% de taxa de iluminação pública. Antes eram isentos. Com a cobrança do tributo, a conta de energia das prefeituras vai às alturas. A fatura de Cuiabá vencida em 28 de dezembro, por exemplo, foi...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O governador Mauro Mendes acaba de encerrar o 1º dos quatro anos de mandato. Na sua opinião, como está indo a administração?

ótima

boa

regular

ruim

péssima

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.